sábado, 21 de abril de 2012

Empresa envolvida em escândalos no Espírito Santo presta serviços ao município de Campos





O jornalista Sérgio Mendes publicou AQUI em seu blog uma matéria extraída do site da Prefeitura de Campos onde a Prefeita Rosinha comenta os futuros serviços da empresa de Paisagismo EMEC cujo proprietário Fábio Saad Junger foi preso no município de Presidente Kennedy (ES) na Operação Lee Osvald. 





Fábio Saad Junger

No Estado do Espírito Santo Fábio que gerencia a EMEC, que é também prestadora de serviços em nosso município seria o responsável pelas tratativas com o poder público. A sua empresa concorreu em um pregão público para reparos de engenharia e paisagismo em praças, parques e jardins, no valor de R$ 4,5 milhões, mas foi beneficiada com sucessivos aditivos conforme informações AQUI

A guisa de ilustração vejam AQUI as fotos da prestação de serviços da EMEC em nossa cidade, mais precisamente ao lado do Hospital Ferreira Machado extraíidas do site da própria empresa. 






Leiam o 1º Termo aditivo feito entre a Prefeitura de Campos e a EMEC 



EXTRATO DE 1º TERMO ADITIVO
Secretaria Municipal de Serviços Públicos
NÚMERO: 176/2011
PROCESSO n.º 2011.026.000018-6-PR

Pregão nº 019/11


CONTRATADA: EMEC - OBRAS E SERVIÇOS LTDA
OBJETO: Contratação empresa para manutenção de parques, jardins e afins.

ALTERAÇÃO DO ÓRGÃO GESTOR DA SECRETARIA MUNICIPAL DE SERVIÇOS PÚBLICOS PARA RESPONSABILIDADE DA SECRETARIA MUNICIPAL DE OBRAS E URBANISMO.

DATA DA ASSINATURA DO CONTRATO: 07 de dezembro de 2011

Campos dos Goytacazes, 09 de fevereiro de 2012
(Publicado por omissão)
Id: 1260630



Fonte AQUI





Trata-se de uma situação no mínimo constrangedora, afinal desde junho de 2011 aproximadamente, temos em nosso município, recebendo dos cofres públicos uma empresa que em outro ente federativo está envolvida em um escândalo sem precedentes, logo uma posição da Prefeita Rosinha Garotinho seria importante, para que não haja qualquer especulação acerca da lisura do contrato celebrado com a EMEC, bem como dos serviços prestados em nossas praças e jardins. 


Quanto mais informações a chefe de nosso município prestar, mais confiança ela terá de seus munícipes.

Cláudio Andrade

Delta abandona consórcio e sai da reforma do Maracanã




Alvo da CPI do Congresso e investida pela Polícia Federal sob suspeita de financiar parte do esquema criminoso do bicheiro Carlinhos Cachoeira, a Delta Construções vai sair do Consórcio Maracanã 2014, que reforma o estádio para a Copa do Mundo. 

A decisão foi da Andrade Gutierrez e da Odebrecht, integrantes do Consórcio. Elas devem comprar os 30% da Delta, que deixou de fazer repasses para a obra na última semana. O governo do Rio ainda não foi informado oficialmente da decisão. As informações são do jornal O Globo.


As principais notícias de hoje pelo Brasil



- Globo: Acuada por CPI, Delta sai da reforma do Maracanã

- Folha: Novo presidente do STF intervém para conter crise

- Estadão: Maracanã: Delta deve deixar obra

- Correio: A capital das 18.993 noites

- Estado de Minas: Fim do aluguel agrava falta de garagem em BH

- Zero Hora: Redução do juro acelera debate sobre regras da poupança

Leia os destaques de capa de alguns dos principais jornais do país.

sexta-feira, 20 de abril de 2012

Secretaria municipal em chamas



Zízimo foi informado que um vereador da base de apoio ao governo de Pindorândia vai ter uma conversa séria com o deputado Federal do seu coração. O nobre edil se encontra irritado, pois o novo ocupante de visada secretaria municipal exonerou seu apadrinhado. 

Vamos aguardar, pois tem gente nervosa.

Julgamentos manipulados no STF?


“Peluso inúmeras vezes manipulou ou tentou manipular resultados de julgamentos, criando falsas questões processuais..."


Nesta sexta-feira, o ministro do STF Joaquim Barbosa atacou Cézar Peluso em entrevista ao jornal O Globo, publicada nesta sexta-feira (20). Peluso foi acusado pelo colega de manipular o resultado dos julgamentos de acordo com seus interesses. Barbosa assumiu ontem a vice-presidência do STF ao lado de Ayres Britto, que também tomou posse na presidência da Corte na última quinta-feira.

Ao jornal, Barbosa afirmou que “Peluso inúmeras vezes manipulou ou tentou manipular resultados de julgamentos, criando falsas questões processuais simplesmente para tumultuar e não proclamar o resultado que era contrário ao seu pensamento. Lembre-se do impasse nos primeiros julgamentos da Ficha Limpa, que levou o tribunal a horas de discussões inúteis”.

Barbosa também partiu para ataques pessoais contra Peluso. Chamou o ministro de caipira, tirânico, conservador, desleal etc.

Dias antes de deixar a presidência do STF, Peluso fez críticas a Barbosa em entrevista à revista eletrônica Consultor Jurídico. Disse que ele tem um “temperamento difícil”, é “inseguro”e que teria medo de ser qualificado como alguém “que foi para o Supremo não pelos méritos, mas pela cor”. “Dá a impressão que de que tudo aquilo que é absolutamente normal em relação a outras pessoas, para ele, parece ser uma tentativa de agressão. E aí ele reage violentamente”, afirmou na ocasião.

O presidente da OAB, Ophir Cavalcante, também considerou lamentável a troca de acusações entre os ministros do STF. “Esse tipo de discussão pública contribui apenas para a queda de credibilidade do Poder Judiciário”. As informações são do Portal IG.

Doação de sangue urgente



Como alguns sabem - em função do meu quase 'diário bom dia' - meu pai teve um mal-estar súbito esta semana e, após socorro e exames cardíacos, constatou-se a necessidade, urgente, de implantação de válvula aórtica (a natural desgastou), sob risco de óbito repentino após qualquer esforço.

Ficou hospitalizado por uns dias desta semana para exames e avaliações para a cirurgia que está marcada para dia 30/04/12, no Hospital Álvaro Alvim. Esta, por ser uma cirurgia de risco, só é realizada após o hemocentro confirmar o estoque de sangue para qualquer possível emergência.

Assim sendo, passo para solicitar a caridade da doação. Se você possui - ou conhece alguém que possua - tipo/fator RH sanguineo A positivo (preferencialmente, pois é idêntico ao dele) ou O positivo e queira doar, por favor, procure o Hemocentro de Campos (Hospital Ferreira Machado - entrada portão pela Rua Rocha Leão) entre os dias 28 e 30 (sexta a domingo) e diga que deseja doar sangue para ANTÔNIO FRANCISCO DE SOUZA, internado no HOSPITAL ÁLVARO ALVIM para uma cirurgia cardíaca.

Os que puderem ajudar, repassando a solicitação e/ou com pensamento positivo e desejo de que tudo corra bem: a ajuda será extremamente bem vinda.


Ficaremos, todos da família, imensamente gratos a cada um de vocês.


Obrigada!
Beijo meu.
Aucilene Freitas

Queda de monomotor mata deputado estadual



Um monomotor C 206 caiu, nesta sexta-feira (20), em Macapá, no Amapá, causando a morte do deputado estadual Dalto Martins, que pilotava a aeronave, e de outra pessoa que estava a bordo, confirmou a Força Aérea Brasileira (FAB).

Segundo a FAB, a aeronave partiu às 5h48 do aeroporto internacional do Amapá com destino a Santarém, no Pará. Às 5h52, o piloto comunicou que "estava com problema". Após cair, a aeronave pegou fogo e ficou totalmente destruída, matando os dois tripulantes, informa.

O deputado estadual Dalto Martins, do PMDB, pilotava o avião, informa a assessoria do parlamentar. O nome do outro tripulante não foi divulgado. As informações são do Portal G1.

Estado de saúde de Pedro é estável após cirurgia



Pedro Leonardo, que sofreu um acidente de carro na manhã desta sexta-feira, dia 20, passou por um procedimento cirúrgico para estancar uma hemorragia no baço e não para a retirada do órgão, conforme noticiado pela imprensa.

O escritório que cuida da carreira da dupla Pedro & Thiago contou que ele não sofreu nenhuma fratura e que deverá ser transferido ainda hoje para o Hospital Instituto Ortopédico de Goiânia.

Ainda de acordo com a produtora, seu estado de saúde é considerado estável.

O acidente

Pedro Leonardo sofreu um acidente de carro na manhã desta sexta-feira, dia 20, em Itumbiara, Goiás.

O cantor deu entrada no hospital municipal da cidade por volta das 8h35, onde passou por uma cirurgia de emergência.

O sertanejo tinha acabado de realizar um show em Uberlândia, Minas Gerais, quando se dirigia sozinho para sua casa em Goiânia. As informações são da Band br

Sessões da Câmara de Campos com novo horário




RESOLUÇÃO NÚMERO 8.296 DE 18 DE ABRIL DE 2012.
Dá nova redação ao “caput” do Art. 126 da Resolução
nº 8.062/2008.
FAÇO SABER QUE A CÂMARA MUNICIPAL DE CAMPOS DOS GOYTACAZES, ESTADO DO RIO DE JANEIRO, APROVOU E EU PROMULGO A SEGUINTE RESOLUÇÃO:
Art. 1° - O “caput” do Art. 126 da Resolução nº 8.062 de 04 de dezembro de 2008, passa a vigorar com a seguinte redação:
“Art. 126 - As Sessões Ordinárias serão realizadas as terças e quartas-feiras, com duração de 02 (duas) horas, das 9 (nove) às 11(onze) horas, podendo ser prorrogadas”.
Art. 2° - Esta Resolução entra em vigor em na data de sua publicação.
Câmara Municipal de Campos dos Goytacazes, 18 de abril
de 2012.
NELSON NAHIM MATHEUS DE OLIVEIRA
- Presidente -
Id: 1294781

Morro do Coco: show de Fábio Melo custou R$ 87.000.00 mil aos cofres públicos de Campos




Processo Administrativo nº 2012.019.000213-5
Objeto: Inexigibilidade de Licitação
Elementos Característicos: Contratação de profissional de qualquer setor artístico.
Partes: Fundação Cultural Jornalista Oswaldo Lima e Talentos
Produções Artísticas e Comercio Ltda.
Referente: Contratação do padre Fábio de Melo para apresentação de show musical na localidade de Morro do Coco.
Preço: 87.000,00
Data: 12/04/2012
Patrícia Cordeiro Alves
Presidente da Fundação Cultural Jornalista Oswaldo Lima
Id: 1295231

Show do Alexandre Pires custou R$ 124.000.00 mil aos cofres públicos de Campos




Processo Administrativo nº 2012.019.000197-6
Objeto: Inexigibilidade de Licitação
Elementos Característicos: Contratação de profissional de
qualquer setor artístico.

Partes: Fundação Cultural Jornalista Oswaldo Lima e Clarim
Empreendimentos Culturais Ltda.
Referente: Contratação do cantor Alexandre Pires para apresentação de show musical no Cepop.
Preço: 124.000,00
Data: 31/03/2012

Desfile da União da Ilha vai custar R$ 70.300.00 mil aos cofres públicos de Campos




Processo Administrativo nº 2012.019.000194-4
Objeto: Inexigibilidade de Licitação
Elementos Característicos: Contratação de profissional de qualquer setor artístico.
Partes: Fundação Cultural Jornalista Oswaldo Lima e Grêmio
Recreativo Escola de Samba União da Ilha do Governador.
Referente: Contratação do G.R. Escola de Samba União da
Ilha do Governador para o desfile no Cepop.
Preço: 70.300,00
Data: 31/03/2012
Processo Administrativo nº 2012.019.000197-6
Objeto: Inexigibilidade de Licitação
Elementos Característicos: Contratação de profissional de qualquer setor artístico.

Show do Parangolé custou R$ 110.000.00 mil aos cofres públicos de Campos



Processo Administrativo nº 2012.019.000195-1
Objeto: Inexigibilidade de Licitação
Elementos Característicos: Contratação de profissional de qualquer setor artístico.
Partes: Fundação Cultural Jornalista Oswaldo Lima e Wm produções Artísticas e Entretenimentos Ltda Me.
Referente: Contratação da banda Parangolé para apresentação
de show musical no Cepop.
Preço: 110.000,00
Data: 30/03/2012

Show de 'Fernandinho' custou R$ 50.000.00 mil aos cofres públicos de Campos




Processo Administrativo nº 2012.019.000196-9
Objeto: Inexigibilidade de Licitação
Elementos Característicos: Contratação de profissional de
qualquer setor artístico.
Partes: Fundação Cultural Jornalista Oswaldo Lima e Faz
Chover Produções Artísticas e Musicais Ltda.
Referente: Contratação do cantor Fernandinho para apresentação
de show musical no Cepop.
Preço: 50.000,00
Data: 29/03/2012

Show de Gustavo Lima custou R$ 125.000.00 mil aos cofres públicos de Campos




Processo Administrativo nº 2012.019.000105-6
Objeto: Inexigibilidade de Licitação
Elementos Característicos: Contratação de profissional de qualquer setor artístico.
Partes: Fundação Cultural Jornalista Oswaldo Lima e Revelação
Produções Artísticas Ltda.
Referente: Contratação do cantor Gustavo Lima para apresentação
de show musical em Farol de São Thomé.
Preço: 125.000,00
Data: 11/02/2012

Fábio Jr e Fiuk custaram R$ 165.000.00 mil aos cofres públicos de Campos




Processo Administrativo nº 2012.019.000744-0
Objeto: Inexigibilidade de Licitação
Elementos Característicos: Contratação de profissional de qualquer setor artístico.
Partes: Fundação Cultural Jornalista Oswaldo Lima e MC3
Promoções e Produções Artísticas Ltda.
Referente: Contratação dos cantores Fabio Jr e Fiuk para
apresentação de show musical em Farol de São Thomé.
Preço: 165.000,00
Data: 07/01/2012

Vice-governador Pezão fala dos contratos da Delta


"A Delta é uma empresa muito agressiva, pratica preços menores..."


O vice-governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão (PMDB), disse na quinta-feira em Brasília que os contratos do governo estadual com a Delta "obedeceram a todos os editais" e fez elogios à empresa. De acordo com ele, não é apenas a Delta que tem recebido mais recursos do Estado; o Rio teria aumentado seus investimentos e todas as principais empreiteiras foram beneficiadas. 

"A Delta é uma beneficiada disso. A Delta é uma empresa muito agressiva, pratica preços menores, tem uma estrutura menor e é uma empresa agressiva, por isso ela tem mais contratos". 

No Rio, a Casa Civil anunciou auditoria nos contratos da empresa, embora não saiba informar quantos são. O grupo de investigação é formado por quatro pessoas: um representante da Casa Civil, um da Procuradoria Geral do Estado, um da Secretaria de Planejamento e um da Auditoria Geral do Estado. As informações são do JB on line.

Globo News noticia consumo de drogas no Parque Alberto Sampaio em Campos dos Goytacazes




A Globo News noticiou agora pela manhã, em seu jornal das 07h30min uma matéria acerca do Parque Alberto Sampaio em Campos dos Goytacazes. Segundo as informações, o local está sendo usado para o consumo de drogas e, a princípio nem a polícia militar nem mesmo a guarda civil municipal estão atuando com eficácia no combate.

Segundo a matéria, após a divulgação de imagens de pessoas cheirando cola, fumando crack e maconha, a policia militar fez uma operação no local onde nenhum entorpecente foi apreendido, mas diversos documentos e cartões de banco fruto de roubos, foram encontrados.

A Prefeitura de Campos está fechando a praça para uma futura obra.     

quinta-feira, 19 de abril de 2012

Presidente da OAB federal considera o Congresso um pântano



O financiamento privado de campanhas políticas é a "origem de todos os grandes escândalos, que permite o 'caixa dois', ou, em outras palavras, a relação promíscua entre o interesse privado e a coisa pública". A afirmação foi feita nesta quinta-feira (19/4), pelo presidente da OAB, Ophir Cavalcante Junior, em seu discurso na posse do ministro Ayres Britto na Presidência do Supremo Tribunal Federal.
Cavalcante defendeu a reforma política e disse que "o Congresso Nacional tornou-se um pântano, onde muito se discute, mas nada é feito de concreto para melhorar o ambiente, que continua sendo o de um pântano". As informações são do Conjur.

Delta foi uma das construtoras da ponte "Rosinha" em Campos dos Goytacazes


Foto: O Diário
Inauguração da ponte
Cabral e Rosinha juntos

Uma obra na cidade de Campos dos Goytacazes é a maior prova que a Construtora Delta já havia fincado suas estacas no berço político do ex-governador Garotinho e, justamente, durante o governo de sua esposa, a Prefeita Rosinha Garotinho, antes de mesmo de Sérgio Cabral chegar ao Palácio Guanabara. 

A Construtora Delta, em parceria com a Oriente Construção Civil, e sob o codinome Consórcio Paraíba do Sul, construiu a chamada ponte Rosinha, que na verdade se chama, conforme publicação no Diário Oficial do Estado, Leonel de Moura Brizola, no centro da cidade de Campos. 

A obra foi inaugurada por Sérgio Cabral e Rosinha juntos

A matéria pode ser conferida AQUI no blog do Pedlowski

UBS de Poço Gordo com valor estimado de R$ 1.187.287.23 milhões




AVISO DE LICITAÇÃO

A Comissão Permanente de Licitação da Secretaria Municipal de Saúde, com sede na Rua Coronel Ponciano de Azeredo Furtado, n° 47 - Parque Santo Amaro, Campos dos Goytacazes, RJ, telefone nº (22)
2733-6991, torna público e comunica aos interessados que fará realizar a licitação na modalidade Tomada de Preços nº 001/2012, discriminada abaixo:
Objeto: Execução de obra para Construção da UBS Poço Gordo.
Valor Estimado: R$ 1.187.287,23 (um milhão, cento e oitenta e sete mil, duzentos e oitenta e sete reais e vinte e três centavos).
Data e horário para a entrega dos documentos e Proposta Comercial:
15 de maio de 2012 às 10h (dez horas).
O Edital e seus anexos poderão ser retirados nesta cidade, no Setor de Licitações da SMS localizado na Rua Coronel Ponciano de Azeredo Furtado, nº. 47, Parque Santo Amaro - Campos dos Goytacazes
- RJ, no horário de 9h às 12h30min e das 14h às 17h, de 2ª a 6ª feira, exceto feriados do Município de Campos dos Goytacazes, Estaduais e Nacionais, mediante requerimento em papel timbrado da
empresa e a entrega de 04 (quatro) resmas de papel A4.
Campos dos Goytacazes, 18 de abril de 2012.
José Dalton de Souza Pinto Filho
Presidente da CPL Saúde
Id: 1294476

Prefeitura de Campos publica dois termos aditivos da Odebrecht sem apresentação de valores





EXTRATO DE 4º TERMO ADITIVO
Secretaria Municipal de Obras e Urbanismo 
CONTRATO Nº: 306/09
PROCESSO n.º 2009.034.000031-P-PR
Concorrência pública nº 004/09
CONTRATADA: ODEBRECHT SERVIÇOS DE ENGENHARIA E CONSTRUÇÃO S.A
OBJETO: Obra de construção de 5.100 (cinco mil e cem) unidades habitacionais unifamiliares e a urbanização de seus respectivos loteamentos, especificamente redes de drenagem pluvial, água e esgoto, pavimentação de vias e calçadas.
PRAZO DO CONTRATO: 120(cento e vinte) dias
DATA DE ASSINATURA DO CONTRATO: 25/11/2011
Campos dos Goytacazes, 18 de abril de 2012.
(Publicado por omissão)

EXTRATO DE 7º TERMO ADITIVO
Secretaria Municipal de Obras e Urbanismo
CONTRATO Nº: 306/09
PROCESSO n.º 2009.034.000031-P-PR
Concorrência pública nº 004/09
CONTRATADA: ODEBRECHT SERVIÇOS DE ENGENHARIA E CONSTRUÇÃO S.A
OBJETO : Obra de construção de 5.100 (cinco mil e cem) unidades habitacionais unifamiliares e a urbanização de seus respectivos loteamentos, especificamente redes de drenagem pluvial, água e esgoto, pavimentação de vias e calçadas.

PRAZO DO CONTRATO: 120(cento e vinte) dias.
Campos dos Goytacazes, 10 de abril de 2012.

Dono da Delta noticia que a empresa era a maior do Rio com César Maia e Garotinho




"Nós eramos a maior empreiteira do Rio antes do governo Cabral, com Cesar Maia e Garotinho". 


"Eu era chamado o rei do Rio"



- A amizade com Sérgio Cabral? 



Não é justo falarem isso, não é decente. Eu cresci muito mais no governo do Rio antes de ele assumir. Em 2001, 80% da carteira da Delta era do Estado do Rio.
Conheci Sergio Cabral há dez anos, por meio das nossas esposas. Eu admiro ele como governante, amigo, pai, filho, irmão. É um puta sujeito. 

No acidente de helicóptero em que morreram as pessoas que eu mais amo [sua mulher e filho, em 2011], eu estava com ele [Cavendish e Cabral iam a uma festa na Bahia]. Tá bom. Mas não comecei a estar com ele depois de ser governador. Nós eramos a maior empreiteira do Rio antes do governo Cabral, com Cesar Maia e Garotinho. Eu era chamado o rei do Rio. Hoje a maior é a Odebrecht. 



Fernando Cavendish

A matéria pode ser lida na íntegra  AQUI no blog do Jornalista Josias de Souza


Atualização às 16:37


O deputado Garotinho apresenta a sua defesa AQUI

quarta-feira, 18 de abril de 2012

Novo cronograma do concurso para a Prefeitura de Campos


clique aqui para ampliar
Fonte: Fernando Leite/Dignidade Campos

Ricardo Lewandowski renuncia ao cargo de ministro do TSE



O ministro Ricardo Lewandowski enviou nesta quarta-feira (18) ao presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Cezar Peluso, ofício em que comunica sua renúncia ao cargo de ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Apesar de passar a Presidência da Corte para a ministra Cármen Lúcia Antunes Rocha na noite de hoje, seu mandato como ministro se estenderia até maio do próximo ano.

“Tenho a honra de comunicar a Vossa Excelência que renuncio, a partir de amanhã, ao meu mandato de ministro do Tribunal Superior Eleitoral, que se estenderia, considerado o segundo biênio para o qual fui eleito, até 5 de maio de 2013. Aproveito o ensejo para renovar a Vossa Excelência os meus protestos de elevada estima e distinta consideração”, destacou o ministro Lewandowski no documento.

Ele assumiu cadeira de ministro substituto no TSE em 2006 e foi eleito ministro efetivo em 2009. No dia 23 de abril de 2010 Lewandowski assumiu a Presidência da Corte Eleitoral.

As informações são da Agência de notícias da Justiça.

Nomeação de Álvaro Oliveira, anunciada pelo blog há 15 dias é publicada hoje




No dia de hoje a Prefeita Rosinha Garotinho nomeou o servidor público estadual Álvaro de Oliveira, primo de Garotinho e ex-secretário de governo para ao cargo de Diretor da EMUT no lugar de Paulo Mosso. 


A referida nomeação já havia sido anunciada por nós no dia 03 (três) de Abril conforme postagem que pode ser conferida  AQUI

Por fim, vale dizer que a troca de comando na EMUT nada tem haver com a crise nos transportes públicos de nosso município.


Portaria N°1149/2012


A PREFEITA DO MUNICÍPIO DE CAMPOS DOS GOYTACAZES, NO USO DE SUAS ATRIBUIÇÕES LEGAIS, RESOLVE, nomear, com base no Decreto n° 028/09, Álvaro Henrique de Souza Oliveira, para exercer na Empresa Municipal de Transportes - EMUT, o cargo em comissão de Diretor Presidente, Símbolo DAS-01, com vigência a contar da data de publicação.


PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPOS DOS GOYTACAZES, 13 de abril de 2012.
Rosinha Garotinho
- Prefeita-


A nova chefe de Gabinete de Rosinha é Patrícia Alves Barreto Monteiro da Silva

Advogado campista demonstra espírito cívico e Garotinho, que não guarda rancor

 



Hoje, como faço todos os dias, li o blog do Garotinho e nele pude conferir AQUI uma matéria em que o nobre deputado noticia uma ação civil pública proposta por um advogado campista em causa própria tendo no pólo passivo a Empresa Delta e outras. Trata-se da mesma empresa que Garotinho ataca tentando, ao meu sentir mirar em seu maior opositor político, o governador Sérgio Cabral Filho. 

Observando bem os personagens da ação, pude observar que o advogado se chama Jamilton Damasceno, o mesmo que durante um bom tempo foi adversário ferrenho da Prefeita Rosinha Garotinho, propondo contra ela diversas ações judiciais na Comarca de Campos dos Goytacazes. 

A guisa de ilustração Jamilton Moraes Damasceno é autor de 155 Mandados de Segurança, 200 pedidos de informações e cinco ações populares, todos os atos relacionados ao governo Cabral conforme podemos conferir em matéria AQUI

A grande coincidência é que aquele que era um grande algoz de Rosinha agora é de Cabral. Jamilton, inclusive, tinha um blog, não sei se o mesmo ainda está no ar, onde as ações contra a prefeita de Campos eram divulgadas ‘passo a passo’. 
Em uma das ações de número nº 0014933-19.2009.8.19.0014 que tramita pela Terceira Vara Cível e foi distribuído em 20/05/2009, o magistrado Elias Pedro Sader Neto, deferiu o pedido de liminar do Dr Jamilton Damasceno, suspendendo a contratação das ambulâncias pela Prefeitura de Campos até posterior decisão daquele Juízo. 


A PMCG recorreu da decisão do Juiz, foi para o Tribunal e o Desembargador Antônio Eduardo F. Duarte suspendeu os efeitos da liminar concedida pelo Juiz de 1º Grau. Essa ação, vale ressaltar continua em andamento com ultimo processamento datado do dia 27(vinte e sete) de Março de 2012 

Pelo jeito o nobre causídico Jamilton Damasceno possui um espírito cívico digno de homenagens e o deputado Garotinho é um homem que não guarda rancor de ninguém. 

Vida que segue.

Deputado Roberto Henriques festeja a publicação do projeto que visa anistiar os militares

   
"É hora de pacificação e entendimetos em prol da família militar..."

Foi publicado no Diário Oficial da Assembléia Legislativa no dia de ontem (17/04) o Projeto de Lei nº 1453/2011 a ser votado pelo Legislativo Fluminense que concederá anistia aos militares do Estado do Rio de Janeiro que participaram do movimento reinvindicatório entre Janeiro e Março de 2012. “ Como um dos autores deste Projeto de Lei, fico feliz pois esta publicação de hoje é mais um passo na direção da Anistia Administrativa dos Militares. Este projeto é coletivo. 

De autoria de Deputado da base e da oposição, todos estão de parabéns. Tenho certeza que o Plenário irá apoiá-lo e o Governador Sérgio Cabral sancioná-lo. É hora de pacificação e entendimetos em prol da família militar, governo e o povo do Estado do Rio de Janeiro. De parabéns estão todos da Assembléia que mais uma vez, sob a Presidência do Deputado Paulo Melo, funciona como poder moderador das conciliações”, finalizou o Deputado Roberto Henriques.

As informações são da Assecom do parlamentar.

Quem ligou para Rosinha?



O vereador Jorge Magal, líder do governo noticiou ontem na sessão da Câmara dos Vereadores de Campos que a Prefeita Rosinha Garotinho resolveu pedir a suspensão do concurso público de Campos, pois recebeu uma ligação de uma candidata que lhe informou que estavam ocorrendo vários problemas durante a aplicação da prova. 

Bem, quero acreditar nessa história, mas alguns questionamentos se tornam relevantes para que eu não me considere um perfeito idiota. 

1) Qualquer cidadão campista possui o telefone particular de Rosinha? 

2) A noticiante possui grau de parentesco com a Prefeita? 

3) A ligação foi feita para telefone celular ou residencial? 

4) A prefeita atende ligação anônima ou está ocultando o nome da candidata? 

Por favor, essas informações seriam de grande valia para que eu não comece depois de velho acreditar também em duendes

Bairro da Penha: moradora reclama que obras do 'bairro legal' estão paradas há 15 dias




Bom dia Cláudio Andrade,

Meu nome é Sthella sou moradora do bairro da Penha no End: Travessa Quintanilha, n° 36. Aqui no bairro está tendo essa obra do bairro legal, minha rua é uma travessa sem saída, não temos calçada e a rua é bem pequena. 

A empresa Carioca iniciou a obra na rua quebrando tudo e já está completando 15 dias que a obra está parada. A rua está um nojo, porque além da grande quantidade de areia tem algumas fossas que estão sendo jogadas na rua mesmo por onde passamos. E até agora ninguém veio falar nada com os moradores, nenhuma satisfação foi dada. 

Peço-lhe que nos ajude e venha ver pessoalmente nossa situação; eu mesmo tenho um bebê de dois meses em casa e uma idosa de 85 anos que está presa em casa porque não consegue andar na rua. 

Por favor, nos ajude.


Sthella França

Aberrações do Concurso para a Prefeitura de Campos

clique para ampliar

Fonte: blogestouprocurandooquefazer


Um concurso em que um candidato tem a sua inscrição aceita sem que nela conste o seu sobrenome?


Diante de mais uma aberração referente a esse concurso realizado pela CEPUERJ com aval da Prefeitura de Campos a comissão temporária requerida pelo vereador Rogério Matoso e execrada pela base do governo Rosinha precisa ter, no mínimo o apoio de toda a sociedade, pois se trata de questões surreais.   

Cláudio Andrade

Motivos de ordem pessoal ou precaução?




O blog foi informado de que o nobre agente José Alves não aceitou o convite para ir para a controladoria do município. Depois dessa notícia, surge a dúvida: questões de foro íntimo ou precaução?

terça-feira, 17 de abril de 2012

Promoção pessoal ou estardalhaço?



"Acredito que o estardalhaço em torno do assunto é muito maior que o que ele realmente merece"


Não há promoção


Em função dos problemas que resultaram na suspensão do concurso de Campos, no último domingo (15), compreendo todo o sentimento de frustração gerado não apenas nos candidatos, mas na população em geral, incluindo a própria Prefeitura que se empenhou para que todo o processo fosse correto e não obteve o êxito esperado. Todos os esclarecimentos já foram prestados neste sentido.

Quanto às críticas acerca dos nomes da Prefeita Rosinha e do Vice-prefeito, Dr. Chicão, nos cadernos de provas, concordo com a estranheza que causou, pois também foi surpresa para nós. Tanto que a Prefeita já determinou à Secretaria de Planejamento que oficie a Cepuerj para que o fato não se repita.

Ocorre que, desconhecíamos, mas esse é um procedimento de praxe da empresa em todas as provas que aplica, inclusive ao lado direito dos cadernos, constam também os nomes do reitor e vice-reitor da universidade. Não existe, neste contexto, nenhum ato de promoção pessoal, visto que não foi a Prefeita Rosinha Garotinho quem colocou seu nome nas provas tão pouco sabia a respeito da prática.

Vale ainda destacar a inexistência de promoção pessoal, haja vista que ela é realmente a Prefeita de Campos, não havendo, portanto, necessidade desse tipo de divulgação.

Acredito que o estardalhaço em torno do assunto é muito maior que o que ele realmente merece. Em todo caso, todos são livres para pensar e agir da forma mais conveniente.

Francisco Pessanha
Procurador Geral do Município

Fonte: estouprocurandoquefazer
Blog do Procurador

Concurso de Campos: os ecos da Câmara


Jorge Magal

“O pedido de Rogério Matoso é chantagem política” 

"Rosinha cancelou o concurso depois que recebeu ligação de uma candidata"

“A oposição se morde de inveja”


Marcos Bacellar 

"Se você for a farmácia da prefeitura e não encontrar remédio para dor de cabeça, peça o genérico Tabajara CEPOP". 


“Ana Lúcia Boynard fez treta no concurso da FENORTE e aprovou sua sobrinha” 

“ Rosinha conseguiu seis mil cargos tendo um concurso em andamento”


Bispo Vieira Reis 

“O concurso de Campos é igual a um Buffet” 

“A Câmara Virou delegacia”



Ilsan Vianna 

“o governo de Rosinha é carreirista”


Abdu Nemme 

“se não houver concurso eu não me candidato novamente a vereador” 

“eu vou colocar um CEPOP em vocês”




Odisséia Carvalho 

“Quem escolheu os fiscais foram pessoas de Campos” 

“ não ter concurso só interessa a base do governo e a Prefeita Rosinha”


Rogério Matoso

"precisamos de uma comissão provisória para apurar as falhas no concurso"

Justiça extingue pena de Salvatore Cacciola



A Justiça do Rio concedeu indulto e extinguiu a pena do ex-banqueiro Salvatore Alberto Cacciola, que era cumprida em regime semiaberto desde 2011, segundo o Tribunal de Justiça do Rio. A determinação é da juíza Roberta Barrouin Carvalho de Souza, da Vara de Execuções Penais (VEP) do TJ.

De acordo com a decisão, Cacciola já cumpriu as exigências estabelecidas pela lei: "ele tem mais de 60 anos, cumpriu 1/3 da pena e não cometeu falta grave nos últimos doze meses anteriores à concessão do benefício". O ex-banqueiro foi condenado a 13 anos de reclusão por crimes contra o sistema financeiro, segundo o TJ.

Segundo a juíza, que também extinguiu a punibilidade do fato criminoso, "embora o benefício seja ato privativo do presidente da República, de acordo com o art. 84, XII, da CRFB, os juízes devem fazer o exame dos requisitos objetivos e subjetivos previstos no decreto e, estando de acordo com a legislação, outro caminho não há a não ser conceder o indulto".

Cacciola foi condenado em 2005 a 13 anos de prisão por crime contra o sistema financeiro relacionado à operação de socorro irregular do Banco Central ao seu banco, o Marka, que teria causado um prejuízo de R$ 1,5 bilhão aos cofres públicos. As informações são do Estadão.

Mudanças na Controladoria e no Meio Ambiente da Prefeitura de Campos




O blog foi informado de que o agente público José Alves, neto do ex-prefeito de Campos José Alves de Azevedo poderá assumir a Controladoria Geral do município e Suledil Bernardino continuará no governo para realizar a articulação política do governo.

No meio ambiente, a entrada do ex-deputado Wilson Cabral é dada como bem provável. Inclusive, fontes informam que o deputado Garotinho autorizou a nomeação para essa semana.

Vamos aguardar a confirmação dos dados. 

Colunista noticia que interesse eleitoral, fez PR vetar Garotinho na CPI do "cachoeira"



"O PR decidiu vetar o ex-governador Anthony Garotinho (RJ) na CPI do Cachoeira. O partido teme que Garotinho participe da comissão com o objetivo único de atingir o governador do Rio, Sérgio Cabral".

Jornalista Cláudio Humberto
O Dia

A informação pode ser conferida AQUI

O deputado Garotinho coloca na conta de Sérgio Cabral AQUI 

Empresa de fachada de Carlinhos Cachoeira comprou terras no DF



Financiada principalmente por repasses feitos pela Delta Construções que somam R$ 39 milhões, uma das três empresas de fachada controladas pelo grupo liderado pelo bicheiro Carlinhos Cachoeira, a Alberto & Pantoja Construções, utilizou parte dos recursos para comprar uma fazenda de 4.093 hectares em Brasília. 

A fazenda Gama custou R$ 2 milhões e estava em situação irregular. O negócio, em dezembro de 2010, chamou a atenção porque, segundo a Polícia Federal, “tratava-se de contrato de risco, uma vez que não existia registro da área nos cartórios do Distrito Federal e a propriedade da área também era questionada pela Companhia Imobiliária de Brasília (Terracap)”.

A Alberto & Pantoja Construções e a Brava, outra empresa do grupo de Cachoeira citada no inquérito, têm o mesmo endereço em Brasília - onde funciona uma oficina mecânica. No relatório da Operação Monte Carlo, a PF diz que a Fazenda Gama foi paga pela empresa Alberto & Pantoja, que recebeu milhões da Delta entre 2010 e 2011.

As informações são do Globo on line.

Caso haja sessão, porque Rosinha não comparece a Câmara?





Os últimos acontecimentos ocorridos em nosso município deixaram a sociedade carente de explicações. Mesmo diante da manifestação da agente pública Ana Lúcia Boynard entendo que se faz pertinente a presença da Prefeita Rosinha Garotinho na sessão de hoje, na Casa do Povo. 

Até o presente momento, a atual chefe do executivo municipal não teceu uma palavra sequer, acerca da questão. Como não considero as declarações do seu marido como oficiais continuo sem ler ou ouvir nada dito ou escrito pela ex-governadora do Estado do Rio de Janeiro. 

A liminar obtida pela Consulplan, à dispensa de licitação na contratação da CEPUERJ e as declarações equivocadas de Garotinho acerca da operação do Ministério Público necessitam de uma posição firme da Prefeita. 

A sessão de hoje seria uma boa oportunidade para que todos os eleitores, sejam eles situacionistas ou oposicionistas possam saber da posição da chefe maior do município. 

Cláudio Andrade

Campos dos Goytacazes: praça do Pq. Alvorada, sem reforma, vira ponto de drogas



















A praça do Parque Alvorada continua sem reforma e população carece de uma área de lazer segura. No mês passado o site CAMPOS NOTÍCIA publicou uma matéria mostrando a mesma situação. Segundo moradores, o local que deveria servir de passatempo para crianças, adultos e idosos, abriga muitas vezes usuários de droga.

De acordo com a dona de casa Lucinda Souza, 35 anos, a praça está abandonada há muito tempo e a construção de uma creche escola na mesma área também está parada. “É um absurdo essa situação. Somos obrigados a ficar sem ter para onde curtir o fim da tarde, conversar e levar as crianças para brincar. Essa praça já deveria ter reformada há tempos e o mesmo deveria acontecer com a creche”, disse.

O aposentado Francisco da Silva, 75 anos, contou que raramente vê alguém brincando na área. “É até perigoso ficar na praça com os brinquedos enferrujados, a quadra e bancos quebrados. Não dá para viver só de promessas”, afirmou.

A equipe do site CAMPOS NOTÍCIA entrou em contato com a Prefeitura, mas a mesma não respondeu a solicitação enviada, por e-mail, até a postagem desta matéria.

Rodoviários em greve no município de Campos



O Presidente do Sindicato dos Rodoviários, Roberto Virgílio, noticiou ao Portal Ururau que a categoria reivindica a equiparação do piso salarial com os trabalhadores do setor no município do Rio de Janeiro. Lá, segundo ele, o salário dos motoristas e cobradores é de R$ 1.618,06, ao passo que no município de Campos, os rodoviários recebem R$ 1.283,40. Além disso, desejam também plano de saúde, cesta básica e uniforme.

segunda-feira, 16 de abril de 2012

Concurso de Campos: Consulplan havia obtido liminar para não ser afastada do certame licitatório




Processo nº 0054461-89.2011.8.19.0014
1ª Vara Cível de Campos dos Goytacazes

Autos podem ser acessados AQUI

Afinal, não é razoável, nem atende aos interesses da administração pública, excluir-se uma licitante do certame, por sinal a que supostamente apresentou o melhor preço, por conta de ausência de uma informação que pode ser facilmente obtida na rede mundial de computadores. De outro giro, e no que toca à questão do parque gráfico, observo que, em sede de recurso administrativo, a ora impetrante procurou demonstrar que atendia aos reclamos do edital, o que não ficara suficientemente claro em momento anterior por erro material, o que, a princípio, seria suficiente para reverter a sua inabilitação, considerando-se que, em linhas gerais, o requisito acabou por ser demonstrado. O terceiro fundamento da inabilitação merece investigação mais aprofundada; não me parece tão óbvia a ilegalidade de uma norma cujo escopo seja o de permitir a contratação, pela administração, de uma empresa que tenha amplas condições de honrar o compromisso assumido, ainda mais em se tratando, como no caso vertente, de organização de concurso público. Isto não obstante, observo do documento de fls. 270 que a decisão administrativa do recurso interposto pela ora impetrante não restou fundamentada a este respeito; a anulação do concurso do TRE/RS, para que fosse usada como causa de inabilitação, deveria, ao menos em tese, ter sido provocada exclusivamente pela impetrante, não tendo o Secretário de Administração dedicado qualquer explicação a respeito do fato em sua decisão de fls. 271. Assim, se o indeferimento do recurso administrativo não recebeu fundamentação neste ponto em particular, a impossibilidade de prosseguimento no certame, por tal motivo, ofende o direito da impetrante de conhecer e combater as causas de seu afastamento da concorrência. Relativamente ao risco de dano irreparável ou de difícil reparação, há que se ponderar que há uma possibilidade de que outra empresa venha a sagrar-se vencedora do certame, como bem demonstra o documento de fls. 268, o que tornaria mais dificultosa a atuação da impetrante ante o envolvimento de direitos de terceiros no conflito de interesses instaurado em face da municipalidade. Como bem salientou o Ministério Público, não há porque interromper-se o procedimento licitatório, com evidente prejuízo do interesse público, se outras medidas menos gravosas, e com igual eficácia, podem ser adotadas pelo Juízo

Em face do exposto, defiro parcialmente a medida liminar para reconhecer à impetrante o direito de participar, sem a pecha de inabilitada, da sessão de reapresentação de documentos a ser realizada em 29 de setembro de 2001 (ou em outra data que a municipalidade indicar), mas apenas no que tange aos itens 9.4, 9.11 e 9.12 do edital de licitação e desde que apresentados ao Sr. Pregoeiro todos os documentos que acompanham a exordial da presente ação, sendo certo que a administração ficará livre para avaliar o preenchimento de outros requisitos editalícios. Intimem-se as autoridades coatoras dos termos da decisão concessiva da liminar, as quais devem ser notificadas para que, no prazo de dez dias, prestem as informações que julgarem necessárias. Cientifique-se o Município de Campos dos Goytacazes, pessoa jurídica à qual se encontram vinculadas as autoridades apontadas como coatoras, o que deve ser feito através de seu órgão de representação judicial, enviando-lhe cópia da inicial sem documento, para que, querendo, ingresse no feito. Intime-se o impetrante dos termos desta decisão”.


Matérias também no blog estouprocurandooquefazer e no face do vereador Rogério Matoso