sábado, 11 de agosto de 2012

Seleção feminina de vôlei é bicampeã olímpica


Se houvesse nocaute no vôlei, a final olímpica de Londres teria durado apenas 21 minutos. Foi o tempo que as americanas gastaram para carimbar nas brasileiras um primeiro set avassalador, com incríveis 15 pontos de diferença. Mas a disputa não era de boxe e, além do mais, as meninas que vestiam amarelo neste sábado conhecem muito bem a receita para ficar de pé antes que a contagem chegue a dez. 

O contragolpe foi imediato na segunda parcial, e, dali para a frente, a torcida que lotou a Arena em Londres viu um Brasil gigante. Valente. Campeão. Bicampeão olímpico. 

A vitória na final por 3 a 1 (11/25, 25/17, 25/20, 25/17) mostra que os Estados Unidos não são imbatíveis. Que Hooker não é inalcançável. Que as meninas não têm medo de bicho-papão. E que José Roberto Guimarães é o único dos 200 milhões de brasileiros capaz de encher o peito e dizer que tem três ouros em Olimpíadas. 

Para um grupo tão acostumado a viradas heroicas, nada mais adequado do que festejar a conquista trocando o tradicional peixinho por cambalhotas em série no chão da quadra, diante de um ginásio lotado e eufórico.

As informações são do Portal G1.

Sociedade Civil se reúne para avaliar plano de governo da Coligação 'Juntos por Campos'



O plano de governo à prefeitura de Campos da Coligação Juntos por Campos, que tem o candidato Makhoul Moussalem, do PT, como candidato a prefeito e Andral Tavares, do PV, como vice, foi amplamente discutido hoje (11/08) por 35 representantes da sociedade civil organizada, no seminário realizado na Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL), de Campos. 

Por mais de 10 horas, o plano foi lido, discutido e, ainda, recebeu sugestões para uma Campos melhor, conforme destacam os candidatos. Antes das mesas redondas serem abertas,os presentes tiveramacesso a um raio- x da real situação de Campos e região, quando foram apontados pontos considerados críticos e que precisam de mudanças. O panorama foi apresentado pelo professor José Luiz Viana, o engenheiro de trânsito Sérgio Romero e o pesquisador Luiz Rego. 

_ Esse plano de governo não é de agora. Começou a ser pensando em 2004, revisto em 2006 e agora em 12 e, ainda, continuará sendo revisado ao longo dos anos. Esse seminário é muito importante, porque sem planejamento nada se faz e, para isso, estamos contando com as melhores cabeças da região – disse Makhoul. 

Sobre os desafios para uma administração melhor, o candidato a prefeito disse que não existe uma área precisando de atenção mais do que outra. “É preciso pensar em desenvolvimento sustentável no todo, fincado em todos os alicerces de uma administração pública e nesse ponto destaco educação, planejamento, acessibilidade, saúde, entre as principais”, ressalta. Ele ainda acrescenta que toda a complexidade desse futuro que se desenha para Campos e região, com os grandes investimentos e muito a se fazer para município suportar todas essas mudanças, não o assunta. “Sei que tem muito a ser feito em áreas como infraestrutura, segurança, qualificação de mão de obra, mas nada disse me assusta, são desafios, com os quais já estou acostumado na minha profissão de neurocirurgião, que sempre vivi no limite entre a vida e a morte. Além de tudo, contarei com pessoas capazes de ajudar a encontrar soluções,municiar de conhecimento e capacidade administrativa”. 

Para o candidato a vice na Coligação, Andral Tavares, foi uma grata surpresa a quantidade de ‘sins’ recebidos desses membros da sociedade civil organizada para participar do seminário. “Nós estamos nos pautando por uma consciência política, de que Campos merece mais, que pode muito mais e que vai ter muito mais, sempre buscando a união com o governo estadual e federal”, resumiu. 

Promotores de Campos apresentam motivos para o registro de Rosinha ser indeferido



O Ministério Público Eleitoral (MPE) interpôs recurso contra decisão que deferiu o pedido de registro de candidatura da ex-Governadora Rosângela Rosinha Garotinho Barros Assed Matheus e de Francisco Arthur de Souza Oliveira aos cargos de Prefeita e Vice-Prefeito de Campos dos Goytacazes. A candidatura de Alexandre Marcos Mocaiber Cardoso ao cargo de Vereador da cidade também está sendo questionada pelo MP junto ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RJ).

A medida foi tomada porque os Promotores Eleitorais autores dos recursos entenderam que há desrespeito à legislação eleitoral. Os candidatos já haviam sido condenados, em eleições anteriores, por abuso de poder político e econômico.

De acordo com o Promotor de Justiça José Luiz Pimentel Batista, titular da 75ª Promotoria Eleitoral, o eventual deferimento do registro das candidaturas de Rosinha Garotinho e Francisco Arthur desconsidera o artigo 26-C da Lei Complementar 64/90, recentemente incluído por ocasião da Lei da Ficha Limpa (Lei Complementar 135/2010). 

Segundo Pimentel, para que a candidatura dos recorridos fosse deferida, eles deveriam ter formulado um requerimento de aditamento ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para que fossem suspensos, especificamente, os efeitos de decisão que os tornava inelegíveis. Isso porque eles foram condenados, em 2010, pelo TRE-RJ por abuso de poder econômico.

Já o Promotor Victor Santos Queiroz, titular da 76ª Promotoria Eleitoral - subscritor do recurso de impugnação da candidatura de Mocaiber - explicou que o candidato a vereador já havia sido condenado pelo TRE-RJ por abuso de poder político e econômico. 

Além disso, de acordo com o recurso, Mocaiber sofreu várias condenações pelo Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro por irregularidades quando ocupou cargo de Prefeito de Campos.

Fonte: site do Ministério Público Eleitoral e blog Geral

Pedido de doação de sangue urgente




Houve uma complicação no quadro do Lula Ferreira e ele necessita de doadores de qualquer tipo de sangue. 

As doações devem ser feitas no HOSPITAL FERREIRA MACHADO em nome de Aldenir Ferreira. 
 

Erick Schunk com intensa pauta de campanha



O candidato do PSOL à Prefeitura de Campos, Erik Schunk, esteve ontem panfletando suas propostas de governo nas imediações da antiga rodoviária Roberto Silveira. 

Na parte da noite esteve acompanhado do candidato a vice-prefeito, professor Amaro Sérgio e candidatos a vereador pelos partidos que compõem a FUPO (Frente de Unidade Popular): PSOL, PCB e PSTU.

No sábado, o candidato do PSOL se reúne com os candidatos do partido, às 9h, e logo após participa de ato público, a partir das 10h, no Calçadão.

Fonte: blog do candidato

Rosinha no Terminal Rodoviário Luiz Carlos Prestes


A prefeita Rosinha Garotinho e o vice-prefeito Dr. Chicão percorreram o Terminal Rodoviário Luiz Carlos Prestes, no Centro, na tarde desta sexta-feira (10 de agosto). Eles conversaram com as pessoas no ponto e dentro do ônibus e também com ambulantes, apresentando suas propostas de governo.

As informações são da Assecom da candidata.

Candidato Makhoul Moussalem divulga agenda de Sábado



Agenda de Sábado dia 11/08

Manhã:
08:00Hs Seminário na CDL.

Tarde:
15:00Hs reunião no parque Guarus na rua José Carlos Pereira Pinto.
17:00Hs reunião com candidato do PCdoB no parque Novo Jockey.

Noite:
18:00Hs reunião em Goytacazes com o candidato a Vice Prefeito Andral.
19:00Hs reunião com candidato do PSD em Canaã.
20:00Hs reunião com candidato do PSD em Travessão.

sexta-feira, 10 de agosto de 2012

Inscrição para processo seletivo no curso de música tem início dia 20‏ em SJB




A Prefeitura de São João da Barra, por meio da Secretaria de Educação e Cultura, abrirá inscrição para o processo seletivo do Curso de Música nas modalidades teclado e piano. Os interessados deverão se dirigir, no período de 20 a 24 de agosto, das 9h às 17h, ao Palácio Cultural Carlos Martins, localizado na Rua dos Passos, na sede do município. 

Segundo o secretário municipal de Educação e Cultura, Antônio Neves, qualquer pessoa do município que esteja estudando e que tenha a idade mínima de oito anos pode se inscrever para concorrer a uma das 36 vagas que serão oferecidas. 

De acordo com o coordenador de música do Palácio Cultural Carlos Martins, Luiz Cláudio da Cunha Júnior, que ministrará às aulas na Sala de Música Ubaldo Sena, no próprio Palácio Cultural, as vagas serão distribuídas em três turnos: manhã 10 vagas para teclado e duas para piano (infantil), à tarde 10 para teclado e duas piano (infanto-juvenil) e a noite 10 teclado e duas piano (adulto). 

“Nosso objetivo é proporcionar a formação pela e para a arte, estimulando o desenvolvimento técnico e artístico”, comentou Luiz Cláudio, informando que a intenção é ampliar o curso para outros instrumentos visando à formação de uma orquestra no município. 

Para o coordenador, essa proposta de trabalho cria oportunidades para no futuro a Prefeitura formalizar convênio em parceria com o Ministério da Educação e Cultura no intuito de implantar no município uma escola de formação técnica em música.

Prefeitura de São João da Barra
Secretaria de Comunicação Social
Fabricio Berto

Roberto Henriques envia ofício cobrando compromissos firmados com a Autopista Fluminense




Em 17 de maio do corrente ano foi realizada a pedido do Deputado Roberto Henriques Audiência Pública conjunta das Comissões de Transportes e de Assuntos Municipais da Assembléia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (ALERJ) para acompanhar o contrato de concessão da BR-101 Norte, as obras de duplicação e melhoramentos da mesma. 

Na oportunidade o Deputado Roberto Henriques cobrou maior celeridade das obras e teve como resposta através do Dr. José Alberto Beranger Gallo, superintendente da OHL – Autopista Fluminense, que a justificativa por ele a ser apresentada seria o atraso nas liberações das licenças ambientais por parte do Ministério do Meio Ambiente e seus órgãos colegiados. 

Passados 90 dias da realização da aludida Audiência Pública, o Deputado Roberto Henriques encaminhou no dia de hoje ofício à Autopista Fluminense com novo pedido de informações e cobrou, mais uma vez, maior brevidade e rapidez na conclusão da totalidade da duplicação da BR- 101.

Registro de Rosinha é contestado pelo MP eleitoral mediante recurso



"O Ministério Público Eleitoral (MPE) interpôs recurso contra decisão que deferiu o pedido de registro de candidatura da ex-Governadora Rosângela Rosinha Garotinho Barros Assed Matheus e de Francisco Arthur de Souza Oliveira aos cargos de Prefeita e Vice-Prefeito de Campos dos Goytacazes. 

A candidatura de Alexandre Marcos Mocaiber Cardoso ao cargo de Vereador da cidade também está sendo questionada pelo MP junto ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RJ)

As informações são do blog 'Na curva do Rio' da jornalista Susy Monteiro e podem ser conferidas AQUI

Caso 'Machão': apresentador Carlos Cunha se defende


"...mais canalha e pilantra é quem apoia os canalhas e os pilantras"

“É lamentável que um portal que se diz ser de São João da Barra se preste a abrir espaço para um pobre infeliz como esse “Machão”. Digo infeliz, porque vem sendo usado por esse desgoverno que se instalou em São João da Barra e aceita um acerto para voltar atrás, por qualquer vinte mil reais. Digo infeliz, porque perdeu os mesmos vinte mil reais, n’uma só noite em uma mesa de jogo. Claro que não estou chateado com ele, pois ele é instrumento dessa quadrilha que se instalou em São João da Barra, que grava os amigos, que manda bater até matar, que permite que empreiteiros façam as planilhas de obras da prefeitura, que superfatura obras e compra barro em lugar de saibro e por aí vai. Machão é um pobre infeliz. Um laçador que quando me procurou o fez dentro da grande alma que existe numa pessoa que, embora sofra de um certo desequilíbrio, tem um grande coração e o fez por carinho a um grande amigo seu, o filho do ex-vereador Lauro Lisboa, que estava preso por estar transportando em seu caminhão, pedras roubadas em obras de Campos, por ter sido contratado e abandonado por um empreiteiro de nome Nédio (grande conhecido de São João da Barra). 

Quando falo isso, o digo por ter que ser coerente nos meus posicionamentos e tudo que ele me pediu, foi que amparasse o seu amigo, que estava preso com seu caminhão na 134ª Delegacia Legal em Campos. Os fatos estão registrados na 134ª DL de Campos e foi amplamente divulgado. 

Devo dizer que Machão em momento algum me pediu qualquer apoio financeiro. Chegou a me dizer que ganhava um dinheirinho da prefeitura e que com a denúncia iria perder, mas não me condicionou nenhum tipo de apoio financeiro. Ao me pedir apoio ao seu amigo, filho do ex-vereador Lauro Lisboa, eu disse, dentro do Jornal O Diário, onde o recebi sem saber quem era e o que queria, que iria providenciar um apoio jurídico ao seu amigo e pedi ao meu amigo pessoal, Dr. Maurício Costa, que me ajudasse dando apoio jurídico ao preso, e assim foi feito, com Dr. Maurício colocando o escritório dele à disposição minha para acompanhar o caso. 

Não preciso estar me justificando aqui nesse portal, pois tenho tranquilidade nos meus atos e jamais iria propor canalhices como as que são praticadas atualmente em São João da Barra, pela corja que lamentavelmente dirige o município. 

Minha tranquilidade é que tenho a certeza que esse bando está caíndo de podre e que não precisa de ajuda para tombar. Como já disse num comentário nesse portal (referente a republicação aqui de uma matéria do Blog de um “adivogado” que não deu certo na profissão), mais canalha e pilantra é quem apoia os canalhas e os pilantras, mas como nunca é tarde para se regenerar, eu sugiro ao portal que reveja seus conceitos e aproveite a oportunidade para pular desse barco que já está fazendo água e para afundar é uma questão de tempo”, declarou Carlos Cunha.

Matéria do Portal OZK

Reputação: a pedra de toque do poder


Jornal Terceira Via
http://www.jornalterceiravia.com.br/coluna/politica_em_destaque



"Com a moral e a ética, ela forma um tripé indispensável para a construção do homem"

A sociedade brasileira acompanha um dos mais importantes julgamentos da história recente do país. Trata-se da Ação Penal 470, popularmente conhecida como “Mensalão”. Nela, está sendo apurada a responsabilidade criminal de diversos homens públicos, como ex-ministros, deputados, dirigentes de empresas e de instituições financeiras.

O artigo não tem o objetivo de discorrer acerca desse tema, até porque o julgamento ainda se encontra em andamento. Todavia, podemos retirar uma vertente para debate de extrema importância: a reputação.

Não basta uma única atitude honesta! É necessária uma série de condutas consideradas honestas.

A classe política brasileira, ao meu sentir, encontra-se em uma fase moral conturbada, onde a sua reputação jamais fora tão contestada.

Não restam dúvidas de que qualquer cidadão, ao ingressar em uma carreira política, está sujeito a ser réu em ações judiciais. Dependendo da ocupação, a própria exposição que o cargo lhe confere e as atribuições inerentes ao posto já são suficientes para que inúmeras demandas sejam propostas contra si.

A reputação de um homem público é sempre cambaleante. Muitos deles não se importam com as consequências de seus atos públicos e privados. Quando despertam para isso, estão maculados pela sociedade e pela mídia.

O ataque à reputação de um homem público é uma arma poderosa, principalmente se o acusador tiver menos poder do que ele. Neste contexto, o detentor de mandato tem muito mais a perder. Devido a isso, estar amparado em bases morais sólidas faz com que os ataques sejam ineficazes e não ensejem repercussão. 

Imperioso lembrar que a reputação é construída desde o seio familiar. Com a moral e a ética, a reputação forma um tripé indispensável para a construção do homem. Quando se faz idônea, facilita o ingresso do homem em qualquer carreira, inclusive na política.

Por outro lado, há aqueles que abandonam os preceitos básicos (ética, moral e reputação) e usam suas competências funcionais de forma irresponsável. São detentores de cargos públicos que assumem postos de chefia com o intuito único de locupletarem. Esses agentes não têm zelo pela imagem tampouco pelas funções a si conferidas. Acreditam na repulsa que parcela considerável da sociedade tem pela política e se escoram nesta premissa para serem esquecidos após o enriquecimento ilícito.

Uma sólida reputação aumenta o campo de ação. Apesar dos inúmeros casos de corrupção vivenciados dia a dia por meio da mídia, são as pessoas públicas, honestas e com reputação ilibada que devemos buscar para nos representar.

Infelizmente, muitas pessoas julgam pelas aparências. Fazem ecoar aos quatro cantos a máxima: “o que não se vê não conta”. Contudo, o que se faz de ilícito, às escondidas, mais cedo ou mais tarde vem à tona e apresenta ao público a verdadeira face de um homem (público ou não).

Existe um ditado popular que retrata o tema Reputação, qual seja: “o poderoso leão brinca com o camundongo que cruza o seu caminho” (qualquer outra atitude prejudicaria sua temível reputação).Vale lembrar Friedrich Nietzsche: “É mais fácil aguentar uma consciência suja do que uma reputação ruim”.

Por fim, indispensável deixar consignado que, na iminência de uma eleição municipal, o eleitor não se deve levar pelo calor das emoções. Deve ter em mente que, passado esse ‘calor’, vêm as dificuldades de um cidadão que, dia a dia, ‘mata um leão para sobreviver’. Fica a lembrança.

Cláudio Andrade

quinta-feira, 9 de agosto de 2012

Carlos Cunha acusado de armar ilícito penal contra a Prefeita Carla Machado




O cidadão conhecido como “Machão” fez uma denúncia muito séria contra o apresentador do Programa Entrevista Coletiva, da Rádio Diário FM Carlos Cunha. Segundo o denunciante, Cunha pagava dois mil reais por mês a ele para que o mesmo prestasse falso testemunho contra a Prefeita de São João da Barra Carla Machado. O dinheiro era recebido dentro da própria emissora. 

O vídeo é forte e os fatos precisam de uma posição urgente do senhor Carlos Cunha, afinal imputar falsos ilícitos penais a uma chefe de executivo mediante pagamento em espécie é uma vergonha.

Os vídeos estão disponíveis no facebook da Prefeita Carla Machado e podem ser assistidos AQUI 

O blog abre espaço para que o senhor Carlos Cunha possa apresentar a sua versão dos fatos caso entenda pertinente.

Do Portal OZK

Palavras do 'Machão' reproduzidas pelo Portal OZK

"Em uma gravação, Leidivi aparece dizendo que recebeu uma proposta do locutor Carlos Cunha, da Rádio Diário FM, para usar um fato contra a prefeita de forma política. Ele acrescenta que esteve na casa do advogado Dr. Maurício Costa, combinaram o que seria dito, que as pedras encontradas com ele e um outro amigo, no carro da Prefeitura de São João da Barra, era da Prefeitura de Campos e que estavam sendo roubadas. “Mas isso não condiz com a verdade”, disse Leidivi. 

Segundo Leidivi, a proposta era no valor de R$ 2.000,00 por mês. Quem fazia o acerto era o próprio locutor Carlos Cunha, mas “recebi por apenas 3 meses, depois ele esqueceu”, disse Machão.

Leidivi assumiu que aceitou a proposta de Carlos Cunha pois estava com dificuldades para pagar a pensão para os filhos".


Fonte OZK

Marido de Ana Maria Braga tem prisão decretada



Marcelo Frisoni, marido da apresentadora Ana Maria Braga, teve sua prisão decretada por algumas horas após não pagar a pensão de seus dois filhos.

Segundo o jornal Folha de S. Paulo, o candidato a vereador por São Paulo não teria pago integralmente o valor acertado. Ele teria descontado 20% da quantia durante os meses de outubro do ano passado e maio deste ano, tempo que os meninos passaram em sua casa.

Patrícia Palma, a mãe dos garotos, contestou a atitude na Justiça, que decretou a prisão de Marcelo. Assim que a decisão saiu, a diferença foi paga imediatamente.

Rosinha e o seu 'Pink car' no Parque Aurora




A prefeita Rosinha Garotinho e o vice-prefeito Dr. Chicão percorreram as ruas do Parque Aurora, ao lado de militantes e partidários da coligação “Campos de Todos Nós”, na tarde de ontem, quarta-feira (08/08). 
 
As informações são da Assessoria da candidata.  

Coligação "Juntos por Campos" fará grande caminhada no dia 13

 
 
Dia 13: Grande caminhada no Centro

Tudo pronto para uma grande caminhada no Centro de Campos. No dia 13, às 15h, o candidato a prefeito Makhoul Moussallem, seu vice na chapa, Andral Tavares, os presidentes dos partidos e os 180 candidatos ao Legislativo pela coligação majoritária “Juntos Por Campos” (PT, PV, PCdoB, PSC, PMN, PMDB, PSD e PSL), estarão mostrando que a oposição está unida e próxima da população.

“A expectativas para o evento grande. Estamos muito animados em colocarmos, literalmente, a campanha nas ruas, mostrando a integração dos candidatos, a vontade de mudança e, acima de tudo, que a união faz a força”, destaca o coordenador de eventos da coligação, Rodrigo Perez. “Nesse evento ainda teremos a presença dos deputados estaduais Roberto Henriques e João Peixoto, nossos companheiros, na luta”, completou.

O presidente do diretório municipal do PT, Eduardo Peixoto, também destaca a importância do evento no momento atual da campanha eleitoral. Segundo ele, o clima eleitoral em Campos está atípico. “Tenho participado de caminhadas e percebido que a população está um tanto inerte em relação à campanha eleitoral. Considero o corpo a corpo fundamental nessa campanha atípica, que nem os que se dizem favoritos estão aparecendo, devido às incertezas jurídicas”, disse.

Para Eduardo esse clima de incerteza, por outro lado, não atrapalha a campanha de Makhoul para prefeito de Campos: “É uma candidatura viável, com real possibilidade de disputar essa eleição de igual para igual, com esse grupo da situação cheio de incertezas e um projeto de continuísmo. “Nosso projeto mostra que se pode fazer mais. Campos pode mais, tem condição e recursos para isso. Estamos pautados pela união, trabalhando por uma gestão alinhada com os governos do Estado e Federal, importante para qualquer administração que quer ir além”.
 
As informações são da Assecom da coligação

Rosinha nomeia novo subsecretário de Agricultura e Pesca de Campos

Portaria N°1478/2012
 
A PREFEITA DO MUNICÍPIO DE CAMPOS DOS GOYTACAZES, NO USO DE SUAS ATRIBUIÇÕES LEGAIS, RESOLVE, designar, com base no Decreto n° 028/09, Leandro Ramos Barreto, para exercer na Secretaria Municipal de Agricultura e Pesca, o cargo em comissão de Subsecretário, Símbolo DAS- 02, com vigência a contar da data de publicação.
 
PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPOS DOS GOYTACAZES, 13 DE JULHO DE 2012.
Rosinha Garotinho
- Prefeita-

As principais notícias de hoje pelo Brasil



- Globo: A hora do mensalão – Defesa do Banco Rural culpa executivo morto
- Folha: Onda de greves se alastra e desafia governo Dilma
- Estadão: Pressão de servidores faz governo negociar reajuste
- Correio: Servidores e governo medem força. O país paga
- Valor: Dilma endurece com grevistas
- Estado de Minas: Universidades federais – Cotas da discórdia
- Jornal do Commercio: A guerra em Suape
- Zero Hora: Aposentadoria prevista

Leia os destaques de capa de alguns dos principais jornais do país.

quarta-feira, 8 de agosto de 2012

Polícia Federal investiga crime eleitoral em São Francisco de Itabapoana



A Justiça Eleitoral, em São Francisco de Itabapoana, realizou uma operação na tarde de quarta-feira (8 de agosto) e apreendeu uma unidade móvel de consulta médica e odontológico. Quatro pessoas foram detidas. O serviço médico, segundo a Justiça Eleitoral, beneficiaria o candidato a vereador na cidade, Dr. Germano, além do atual prefeito e candidato à reeleição, Frederico Barbosa Lemos. 

Foram detidos os enfermeiros Víviam Lombardi Ferreira, Gustavo Córdova Guerra e Alcilane Pereira Crespo Machado, além do médico André Correa Delgado, filho do médico e candidato a vereador, Dr. Germano.

O fato aconteceu na localidade de Amontado, zona rural do município. Uma denúncia sobre o fato chegou a Justiça Eleitoral e os fiscais que já estavam em operação pela cidade foram ao local, na tarde de quarta-feira (8 de agosto).

As informações são do Jornal Terceira Via e podem ser conferidas AQUI

Morre Alcides Venâncio


A Folha da Manhã on line noticiou que o produtor rural Alcides Guimarães Venâncio morreu hoje, aos noventa e sete anos. 

Ele foi fundador do hospital Plantadores de Cana e estava internado há um mês no Pronto Cardio vítima de uma pneumonia. Na tarde de hoje, por volta de 16h30, Alcides sofreu uma parada cardíaca e não resistiu. 

O enterro será amanhã, às 14h, no cemitério do Caju.

AIME contra Rosinha no gabinete da Ministra Luciana Lóssio




Todos os processos pertinentes a AIME - Ação de Impugnação de Mandato Eleitoral, hoje às 14.13h até a AC 423810 que, por estar sobrestada teve o seu sobrestamento cancelado foram direcionados para o Gabinete da Ministra Luciana Lóssio hoje às 13.49h e agora às   14.36h devolvidos à Secretaria Geral da Presidência do TSE (SPR) à exceção dos autos da Reclamação.
 
As informações são do blgo Pensamentos Subjetivos e pode ser conferida AQUI 

Brasil leva bronze no vôlei de praia


Rosinha valoriza os amigos e Arnaldo desvaloriza seus imóveis




A Prefeita Rosinha Garotinho é uma pessoa comprovadamente caridosa. Esse é o único adjetivo que eu posso encontrar ao constatar que diante de uma declaração de bens de R$ 618.787,42 mil feitas junto ao TRE, à nobre ex-governadora tenha justificado o empréstimo de R$ 460.009,91 mil a uma única pessoa de nome Carla Barros Gazal Rangel.

Caros leitores, a senhora Rosângela Matheus emprestou aproximadamente 74% de tudo que possui. Ao meu sentir, trata-se de uma dos maiores atos de solidariedade que tenho conhecimento.

O candidato do PDT Arnaldo Vianna não demonstrou caridade alguma em sua declaração, mas deve estar enfrentando olhares atravessados de alguns proprietários do Edifício Medical Center, afinal nos numerários apresentados ao TRE, o ex-prefeito de Campos informou que possui uma sala ou conjunto no referido prédio avaliado em R$ 30.000.00 (trinta mil reais). Trata-se da maior desvalorização imobiliária que eu tenho conhecimento em nossa cidade.
As duas declarações podem ser conferidas AQUI  e AQUI

O nível de escolaridade e os candidatos pés de barro

Jornal Terceira Via
 
http://jornalterceiravia.com.br/coluna/politica_em_destaque
http://jornalterceiravia.com.br/

"Há eleições possíveis de serem vencidas; e outras impossíveis, mas quem manda é o eleitor "
 
A assessoria de comunicação do Tribunal Regional Eleitoral do Estado do Rio de Janeiro revelou, na semana passada, uma série de dados referente aos eleitores. A título de ilustração, o Rio de Janeiro é o terceiro maior colégio eleitoral do país, com 11.893.309 eleitores - menor somente que os dos estados de São Paulo e Minas Gerais, respectivamente, primeiro e segundo maiores.

Em nosso Estado, eleitores com ensino fundamental completo somam 10,38%. Com ensino médio incompleto estão 21,23% e completo, correspondem a 16,65%. Poucos eleitores alcançam a formação de nível superior e destes, 3,8% não concluíram a graduação. Apenas 5,7% dos cidadãos têm 3º grau completo. Analfabetos correspondem a 2,2%, ou seja, 272.145 pessoas.

Considero os dados acima preocupantes, pois confirmam que é alto o índice de eleitores com pouca escolaridade (aqueles com ensino fundamental, médio e analfabetos). Tais dados refletem que há um verdadeiro manancial de votos à disposição dos candidatos que se pautam nos discursos focados no assistencialismo. São candidatos que têm, em sua formação, o interesse de manter a desinformação do eleitor como estratégia para seus objetivos.

Não resta dúvida de que quanto menos instrução tiver o eleitor, mais fácil será obter votos sem um projeto sólido e eficaz. Alguns candidatos se aproveitam dessa “ingenuidade” dos eleitores para a captação de votos via “lavagem cerebral”.

Não há uma preocupação em qualificar o público votante. A assessoria do candidato prepara a ação política sobre a ‘ferida’ - apresentando o candidato como o salvador da pátria.

Aflorar as mazelas existentes em uma comunidade sem contemplar os eleitores com alternativas reais para que eles deixem aquela situação - muitas vezes precária - é uma atitude vil e oportunista.

Não se pode esquecer que quanto mais alto o nível de escolaridade de um eleitor, maior será o discernimento em escolher seus representantes. Alguns poderão criticar essa posição, argumentando que, nem sempre, os melhores candidatos são eleitos pelos mais esclarecidos. Verdade! Contudo, não se deve ignorar que a chance de identificar um oportunista de plantão é, sem dúvida, maior nos grupos onde há eleitores com mais discernimento e informação.

Pelo mesmo raciocínio, vale salientar outro ponto relevante: para muitos políticos, trabalhar o voto daqueles que têm estabilidade no emprego enseja temor e complexidade, gerando certa insegurança. Como exemplo, cito a relação entre político e concursado.

Parcela considerável de prefeitos não é favorável à realização de concursos públicos. Trabalhar o voto dos já concursados é a coisa mais complexa para os detentores de mandato. Se a relação entre as partes não for amena, considerável parcela de votos pode ser perdida.

O Brasil tem ainda redutos eleitorais onde a troca do voto por bens essenciais é a premissa que impera. Devido ao baixo nível de escolaridade, grande parcela daqueles que não conseguem o mínimo para viver sucumbem às manipulações políticas dos que os ‘escravizam’ e controlam seu voto - em vez de proporcionarem uma estrutura mínima de sobrevivência.

Onde a educação engloba maior contingente eleitoral, a disputa pelo voto requer uma pauta de convencimento mais intensa, uma vez que os eleitores, fincados em uma escolaridade superior, identificam mais facilmente os postulantes com pés de barro.

Por fim, devo enfatizar que a conclusão de todo o exposto neste artigo nos leva à certeza de que quanto maior o nível de instrução do votante, mais seletiva é a escolha dos seus representantes. É preciso, a qualquer custo, valorizarmos nosso voto. O aumento da escolaridade é o caminho a seguir.

Para isso, uma política baseada na manutenção de uma base educacional e seu aprimoramento, pautado, inclusive, em qualificação profissional. É algo imperioso! Afinal, há eleições possíveis de serem vencidas; e outras impossíveis, mas quem manda é o eleitor.
 
Cláudio Andrade

As principais notícias de hoje pelo Brasil



- Globo: Petrobras no prejuízo – Preço da gasolina vai aumentar ainda este ano
- Folha: Senado institui cotas para 50% das vagas nas federais
- Estadão: ‘Quem aposta no desgaste se decepcionará’, diz Planalto
- Valor: IPOs pós-crise dão maior retorno aos investidores
- Estado de Minas: Caladão milionário
- Zero Hora: Interior na mira de explosões em bancos

Leia os destaques de capa de alguns dos principais jornais do país.

terça-feira, 7 de agosto de 2012

Assistam a briga de Galvão Bueno e Maurício Prado na Sportv

Prefeitura de Campos faz 3º termo aditivo no valor de R$ 360.768.60 mil com aluguel de veículos



EXTRATO DE 3º TERMO ADITIVO
NÚMERO: 542/2010.
PROCESSO n.º 2010.012.000342-8-PR
Pregão nº 056/2010.
CONTRATADA: FERREIRA NUNES CONSTRUÇÕES E SERVIÇOS LTDA-ME.
OBJETO: Prestação de serviço de aluguel de veículos para transporte de alunos de diversas localidades da região sul para as Escolas Municipais.
VALOR GLOBAL: R$ 360.768,60 (trezentos e sessenta mil,setecentos e sessenta e oito reais e sessenta centavos). *
PRAZO DO CONTRATO: 06(seis) meses.
DATA DE ASSINATURA DO CONTRATO: 18 de maio de 2012
Campos dos Goytacazes, 31 de julho de 2012
(Publicado por omissão)
Id: 1354098

Educação de Campos compra R$ 517.675.50 mil em Tvs, aparelhos de som, DVds e lavadouras de roupa



EXTRATO DE CONTRATO
CONTRATO: 306/2012
PROCESSO n.º 2011.012.003526-7-PR
Pregão nº 059/2011
CONTRATADA: RD EMPREENDIMENTOS COMERCIAIS LTDA
OBJETO: Registro de preços para futura e eventual aquisição de material permanente (aparelho de som, DVD player, lavadora de roupa, televisor 42” LCD, etc), para atender a rede municipal de ensino nas
Escolas, Creches e Secretaria Municipal de Educação.
VALOR GLOBAL: R$ 61.965,00 (sessenta e um mil, novecentos e sessenta e cinco reais *).
FORMA DE PAGAMENTO: Imediato
PRAZO DO CONTRATO: Imediato
Campos dos Goytacazes, 02 de julho de 2012.
Secretaria Municipal de Educação
 -------------------------------------------------------------------
EXTRATO DE CONTRATO
CONTRATO: 307/2012
PROCESSO n.º 2011.012.003526-7-PR
Pregão nº 059/2011
CONTRATADA: M.A.L.E. COMERCIO E REPRESENTAÇÕES LTDA
OBJETO: Registro de preços para futura e eventual aquisição de material permanente (aparelho de som, DVD player, lavadora de roupa, televisor 42” LCD, etc), para atender a rede municipal de ensino nas
Escolas, Creches e Secretaria Municipal de Educação.
VALOR GLOBAL: R$ 29.100,00 (vinte e nove mil e cem reais *).
FORMA DE PAGAMENTO: Imediato
PRAZO DO CONTRATO: Imediato
Campos dos Goytacazes, 02 de julho de 2012.
Secretaria Municipal de Educação


------------------------------------------------------

EXTRATO DE CONTRATO
CONTRATO: 308/2012
PROCESSO n.º 2011.012.003526-7-PR
Pregão nº 059/2011
CONTRATADA: TECLADO DE CAMPOS DISTRIBUIDORA DE MAQUINAS
LTDA
OBJETO: Registro de preços para futura e eventual aquisição de material permanente (aparelho de som, DVD player, lavadora de roupa, televisor 42” LCD, etc), para atender a rede municipal de ensino nas Escolas, Creches e Secretaria Municipal de Educação.
VALOR GLOBAL: R$ 151.532,50 (cento e cinquenta e um mil, quinhentos e trinta e dois reais e cinquenta centavos *).
FORMA DE PAGAMENTO: Imediato
PRAZO DO CONTRATO: Imediato
Campos dos Goytacazes, 02 de julho de 2012.
Secretaria Municipal de Educação 

----------------------------------------------------------
Secretaria Municipal de Educação
EXTRATO DE CONTRATO
CONTRATO: 302/2012
PROCESSO n.º 2011.012.003526-7-PR
Pregão nº 059/2011
CONTRATADA: SERO EMPREENDIMENTOS E SERVIÇOS LTDA
OBJETO: Registro de preços para futura e eventual aquisição de material
permanente (aparelho de som, DVD player, lavadora de roupa,
televisor 42” LCD, etc), para atender a rede municipal de ensino nas
Escolas, Creches e Secretaria Municipal de Educação.
VALOR GLOBAL: R$ 63.000,00 (sessenta e três mil reais *).
FORMA DE PAGAMENTO: Imediato
PRAZO DO CONTRATO: Imediato
Campos dos Goytacazes, 02 de julho de 2012.
Secretaria Municipal de Educação
------------------------------------------------------------------


EXTRATO DE CONTRATO
CONTRATO: 303/2012
PROCESSO n.º 2011.012.003526-7-PR
Pregão nº 059/2011
CONTRATADA: J.R.A DIAS & AZEREDO LTDA
OBJETO: Registro de preços para futura e eventual aquisição de material permanente (aparelho de som, DVD player, lavadora de roupa, televisor 42” LCD, etc), para atender a rede municipal de ensino nas Escolas, Creches e Secretaria Municipal de Educação.
VALOR GLOBAL: R$ 44.670,00 (quarenta e quatro mil, seiscentos e setenta reais *).
FORMA DE PAGAMENTO: Imediato
PRAZO DO CONTRATO: Imediato
Campos dos Goytacazes, 02 de julho de 2012.
Secretaria Municipal de Educação
----------------------------------------------------------------------


EXTRATO DE CONTRATO
CONTRATO: 304/2012
PROCESSO n.º 2011.012.003526-7-PR
Pregão nº 059/2011
CONTRATADA: MARCIO ALEX VIEIRA CAPAVERDE
OBJETO: Registro de preços para futura e eventual aquisição de material permanente (aparelho de som, DVD player, lavadora de roupa, televisor 42” LCD, etc), para atender a rede municipal de ensino nas Escolas, Creches e Secretaria Municipal de Educação.
VALOR GLOBAL: R$ 153.700,00 (cento e cinquenta e três mil e setecentos reais *).
FORMA DE PAGAMENTO: Imediato
PRAZO DO CONTRATO: Imediato
Campos dos Goytacazes, 02 de julho de 2012.
Secretaria Municipal de Educação
-------------------------------------------------------------------


EXTRATO DE CONTRATO
CONTRATO: 305/2012
PROCESSO n.º 2011.012.003526-7-PR
Pregão nº 059/2011
CONTRATADA: ARÊAS E PELUCCHI LTDA
OBJETO: Registro de preços para futura e eventual aquisição de material permanente (aparelho de som, DVD player, lavadora de roupa,televisor 42” LCD, etc), para atender a rede municipal de ensino nas Escolas, Creches e Secretaria Municipal de Educação.
VALOR GLOBAL: R$ 13.900,00 (treze mil e novecentos reais *).
FORMA DE PAGAMENTO: Imediato
PRAZO DO CONTRATO: Imediato
Campos dos Goytacazes, 02 de julho de 2012.
Secretaria Municipal de Educação

CPI: a bela ficou calada



A noiva de Carlinhos Cachoeira, Andressa Mendonça, ficou calada durante a sessão da CPI, nesta terça-feira, 7. Andressa foi convocada na condição de investigada, mas informou que faria uso do “direito constitucional de ficar em silêncio”. A outra testemunha convocada, o policial federal Joaquim Gomes Thomé Neto, apontado como um dos “arapongas” do grupo de Cachoeira, também se recusou a falar com os parlamentares.

O silêncio da noiva do contraventor irritou os integrantes da comissão, em especial a senadora Kátia Abreu (PSD-TO). No início da sessão, a senadora afirmou ter sido ameaçada por Andressa, que teria prometido divulgar um dossiê contra ela, caso a parlamentar continuasse a se envolver nas investigações contra Cachoeira. A comissão apura as relações do contraventor com agentes públicos e privados. “Ela não vai me intimidar. Não devo e não temo”, disse a senadora. Diante do silêncio de Andressa, Kátia Abreu reagiu e a chamou de “mentirosa e cascateira”.

O argumento para a convocação de Andressa era de que ela “circulava entre figuras importantes, como políticos, empresários e jornalistas”, e teria conhecimento da rede de influência de Carlinhos Cachoeira. As denúncias de que ela teria tentado chantagear o juiz federal Alderico Rocha Santos, da 11ª Vara Federal em Goiânia, também pesaram para sua convocação. Segundo o magistrado, ela teria tentado chantageá-lo com ameaça de divulgar um dossiê caso não beneficiasse Cachoeira em julgamento em curso na Justiça de Goiás. O contraventor é acusado de liderar esquema de jogos ilegais no Estado.
 
As informações são do Estadão.

Por que você é candidato?


Jornal Terceira Via

"Poucas atividades requerem tanta disponibilidade de tempo quanto a política"

A pergunta escolhida como título do artigo deveria ecoar por todos os lares brasileiros. Trata-se de um questionamento básico que, infelizmente, é deixado de lado quando estamos diante de um pretenso candidato a nos representar.

Disputar uma eleição concorrendo a um cargo público é uma decisão que deve ser tomada com muita sabedoria e maturidade. Sem dúvida, é uma opção que deve estar desprovida de ambições individuais e vaidades.

Poucas atividades requerem tanta disponibilidade de tempo quanto a política. Aquele postulante, que pretende se manter somente com a remuneração do exercício do seu mandato, ingressa financeiramente bem na vida pública, mas assim não sai. Vida de político honesto é dura. 

Uma campanha eleitoral pode ser comparada à criação de uma empresa feita para operar durante alguns meses. Mantê-la produzindo requer uma equipe experiente e apta a desenvolver todos os trabalhos. Afinal o candidato é o gestor desse empreendimento.

Cabe salientar que o cargo público veda ao eleito o exercício, de forma simultânea, de outras funções. Algumas são liberadas, mas cabe ao candidato aferir o custo/benefício dessas opções para que o seu mandato não seja focado somente no pagamento das despesas de ordem privada. 

O Regime Democrático de Direito possibilita, desde que obedecidos os requisitos da legislação eleitoral, que todos possam disputar uma eleição. Sem sombra de dúvidas, a disputa para o cargo de vereador é a mais concorrida. Em Campos dos Goytacazes, a média é de vinte e cinco candidatos por vaga.

Disputado cargo não inibe o surgimento de concorrentes que sequer sabem as competências destinadas à função. Muitos colocam seu nome à prova com a única intenção de angariarem um considerável rendimento mensal por (pelo menos) quatro anos.

Quanto às atribuições do cargo em questão, pouco ou nada sabem. Tratam-se de homens e mulheres despreparados. Pobres mortais iludidos com o ar atraente do cenário público, onde a arte de fazer política é meio para se conquistar toda sorte de desejos individuais.

Uma representação eficaz deve ser preenchida por aquele que tem a real noção da importância de ser um representante legítimo dos anseios de uma população. Um homem público precisa estar inteirado nas questões sociais e econômicas de seu município. Por exemplo: alguém já viu um candidato a vereador de Campos ou São João da Barra pondo, em discussão, o crescimento do Complexo Portuário do Açu e suas implicações na região?

Outro ponto relevante se refere às acusações e boatos que fatalmente surgirão durante a campanha com o intuito de desestabilizar sua trajetória. Com certeza, ninguém é perfeito, pois somos seres humanos falhos. Há máculas que, uma vez exploradas à exaustão, podem causar estragos de tamanho grau, de modo a destruir uma candidatura.

Por fim, vale lembrar o que diz o professor Francisco Ferraz, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul: “Se você quer se candidatar, abra o armário e veja se ele não guarda alguns esqueletos”. Afinal, eles poderão ser a sua derrocada.

Cláudio Andrade

segunda-feira, 6 de agosto de 2012

Advogado de Dirceu diz que PGR desprezou provas sob contraditório


“O Ministério Público desprezou as provas produzidas durante o contraditório. Foram mais de 600 depoimentos e nenhum deles incrimina José Dirceu”

A acusação do Ministério Público contra o ex-ministro-chefe da Casa Civil, José Dirceu, é calcada em provas extrajudiciais, depoimentos tomados em “tumultuadas” sessões de CPIs e artigos de jornais. Mas desprezou toda a prova produzida sob o rito do contraditório — ou seja, toda a prova que deve ser considerada na Ação Penal 470, o chamado processo do mensalão. Isso porque toda ela é favorável a Dirceu.

Essa foi a base da defesa feita pelo advogado José Luís Oliveira Lima, que representa José Dirceu, ao abrir o terceiro dia de julgamento do mensalão. “O Ministério Público desprezou as provas produzidas durante o contraditório. Foram mais de 600 depoimentos e nenhum deles incrimina José Dirceu”, afirmou Oliveira Lima.

O advogado afirmou que o MP não provou nenhum dos dois crimes de que acusa Dirceu: formação de quadrilha e corrupção ativa. “Não por inércia, não por incompetência, mas porque não há provas”.

Oliveira Lima disse que há um ponto em que concorda com o Ministério Público. O de que os depoimentos devem ser tomados como provas fundamentais. “A prova testemunhal é fundamental. E ela é toda no sentido da absolvição de José Dirceu”, sustentou.

Por Rodrigo Haidar
Conjur

Câncer mata o músico Celso Blues Boy



O músico Celso Blues Boy, de 56 anos, morreu por volta das 8h50m desta segunda-feira em sua casa, em Joinville, Santa Cantarina, onde vivia há mais de uma década. Cantor, compositor e guitarrista, Celso sofria de câncer na garganta há cerca de um ano. 

De acordo com o Serviço de Verificação de Óbito de Joinville, Celso mantinha a existência da doença em segredo e se recusou a fazer os tratamentos necessários. A pedido do próprio Celso, seu corpo não será velado e já foi encaminhado para um crematório em Blumenau.

As informações são do Globo on line. 

Momentos memoráveis da Corrida de São Salvador


Fotos: blog do Cláudio Andrade

As principais notícias de hoje pelo Brasil



- Globo: Julgamento do mensalão – Defesa vai negar a compra de votos
- Folha: Cidade grande sofre mais com gargalo nos celulares
- Estadão: Gasto dos Estados com funcionários cresce R$ 55 bi
- Correio: Mais uma tragédia no Lago Paranoá
- Valor: Empresas médias fogem de bancos para aliviar dívida
- Estado de Minas: De olho nas joias da coroa
- Jornal do Commercio: Náutico bate Santos por 3 X 0 nos Aflitos
- Zero Hora: Por que o Brasil é um dos líderes mundiais em mortes por gripe A

Leia os destaques de capa de alguns dos principais jornais do país.

domingo, 5 de agosto de 2012

Carro dentro do Cesec com propaganda eleitoral de Rosinha e Fábio Ribeiro



Isso é permitido pela Justiça Eleitoral?

Atualização: 16:34

Explicação acerca de caso similar postado no blog de Marcelo Bessa

"embora se trate de bem particular, caso se pretenda estacioná-lo em local que pertence a órgão público (federal, estadual ou municipal), incide a proibição acima, que tem por base o princípio da moralidade administrativa (art. 37 da Constituição Federal) e o princípio da igualdade entre os candidatos. Afinal de contas, não é dado ao administrador usar prédio público para fazer (ou permitir) propaganda eleitoral, pois como o nome diz, o prédio é do povo, não do administrador: por tal motivo propaganda alguma é permitida.

Então, em meu entender, no caso de estacionamento de prédio público ou entra o carro sem o adesivo ou o carro fica adesivado do lado de fora. O servidor tem direito – como tem o particular – de fazer propaganda com seu carro, mas não tem direito – como não tem o particular – de estacionar o carro com propaganda em órgão público: simples assim.

Logo, nas dependências do Executivo e do Judiciário argumentos como "trata-se de bem particular" ou "o eleitor tem o direito a livre expressão, garantido por lei, desde que a manifestação seja silenciosa" não se sustentam: o princípio da supremacia do interesse público sobre o interesse particular reclama a aplicação da regra"

A matéria na íntegra por ser lida AQUI

Atirador mata seis e morre dentro de templo religioso nos EUA















Um tiroteio ocorrido em um templo da religião Sikh em um subúrbio de Milwaukee, no estado americano de Wisconsin, deixou pelo menos 7 mortos e três feridos graves na manhã deste domingo (5). Um dos sete mortos é o atirador, segundo Bradley Wentlandt, chefe de polícia de Greenfield.



Os primeiros relatos sobre o tiroteio chegaram aos serviços de emergência às 10h30 locais (12h30 de Brasília), segundo ele. Ele disse que equipes entraram no templo e encontraram quatro corpos dentro do prédio e três fora.

As informações são do Portal G1.

Arnaldo Vianna recorre e campanha segue com amparo legal



O candidato do PDT à Prefeitura de Campos, Arnaldo Vianna, informa que o indeferimento do seu registro não se trata de uma decisão definitiva. "Cabe recurso tanto no TRE como no TSE. Nosso recurso será apresentado nos próximos dias. Este pleito terá muitas reviravoltas e tenho certeza de que poderei prosseguir com a minha candidatura", afirma. 

Ainda de acordo com Arnaldo, as atividades de campanha seguem normalmente, ao lado do vice, Rogério Matoso (PPS), e dos candidatos a vereador da coligação Coração, Liberdade e Esperança (PDT, PPL e PPS). "Não há impedimento legal. Podemos continuar com a campanha sem problemas. É uma batalha longa e podem ter certeza de que até o dia do pleito irão ocorrer muitas mudanças. 

Vamos continuar trabalhando com humildade, respeitando os adversários e mostrando que essa cidade precisa voltar a ser de todas as famílias. Os que acham que vão me tirar no tapetão estão tremendamente enganados", frisou Arnaldo, que realizou caminhada hoje (05) em Ponta Grossa. "A receptividade da população tem sido maravilhosa. É por isso que tem gente sonhando em me ver fora da disputa", enfatizou. 

O advogado João Batista de Oliveira Filho tem explicado que todos os documentos comprovando a utilização da verba federal na construção das casas já foram apresentados ao TCU. “As contas foram julgadas irregulares por terem sido prestadas após o prazo legal. O TSE, reafirmando jurisprudência firmada há muito tempo, ao julgar o registro de deputado de Arnaldo reconheceu que não havia irregularidade insanável, tanto que as contras foram prestadas e não houve condenação alguma, a não ser multa por atraso. Portanto, ele está plenamente elegível”, reafirma o advogado, confiante na liberação do registro.

Legislação — Os candidatos que tiveram o registro de suas candidaturas indeferidas pelos respectivos juízes das Zonas Eleitorais podem recorrer da decisão nas instâncias superiores e com a campanha e propaganda eleitoral normalmente, até que se esgotem todos os recursos previstos na legislação eleitoral.

Fonte: Assecom do candidato do PDT.

Um campista na Vice-Presidência da Terceira Comissão Disciplinar do STJD



O meu amigo de longa data Francisco Pessanha noticiou em seu blog que no dia primeiro de Agosto assumiu, em sessão no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), a Vice-Presidência da Terceira Comissão Disciplinar para o quadriênio de 2012 a 2016. 

Gostaria de parabenizá-lo pelo posto alcançado e que Deus lhe conceda o discernimento necessário para atuar de forma isenta sempre quando for analisar fatos referentes a uma das maiores paixões populares que é o futebol. 

Cláudio Andrade