sábado, 13 de julho de 2013

Rosinha cancela apresentação de ONG para Garotinho palestrar




"Assim tem sido tratado o equipamento público de cultura em Campos. Desde quando é prioritário uma reunião de fim de semana, com caráter eminentemente político, que envolve o batalhão abaixo de cargos comissionados do executivo municipal, desmarcando de última hora a apresentação das Orquestras da ONG Orquestrando a Vida".

Leiam a indignação do maestro Jony Willian, da Orquestrando a Vida. 

"Um ato de desrespeito ao outro, à cultura, à ética profissional. Lamentável!!

Como divulgado pela colega Suzy Monteiro, em seu blog Na Curva do Rio, o maestro Jony Willian, da Ong Orquestrando a Vida, comunicou na rede social Facebook o cancelamento – pelo Teatro Trianon – do concerto marcado para o próximo domingo, dia 14. Não irá mais ocorrer. Um total descompromisso com os mais de cem músicos das orquestras que iriam se apresentar.

Leia a nota abaixo:

ORQUESTRANDO A VIDA INFORMA!!!
O TEATRO MUNICIPAL TRIANON CANCELA O CONCERTO DO DIA 14 DE JULHO (DOMINGO ) ONDE AS ORQUESTRAS SINFONICAS DA ORQUESTRANDO A VIDA SE APRESENTARIAM EM UM GRANDE CONCERTO COM A APRESENTAÇÃO DE 6 ORQUESTRAS E BANDA.
PEÇO DESCULPAS AOS PAIS,MUSICOS,AMIGOS E SOCIEDADE PELO CANCELAMENTO E EM PARTICULAR AOS PAIS QUE COM TODO ESFORÇO E DEDICAÇÃO COMPRARAM ROUPAS PARA SEUS FILHOS E CONVIDARAM INÚMEROS AMIGOS E FAMÍLIAS.
AOS MUSICOS,PEÇO PERDÃO,POIS RECONHEÇO A DEDICAÇÃO DE MUITAS HORAS DE SUAS VIDAS EM ENSAIOS PRIMANDO PELA QUALIDADE E PREOCUPADOS POR OFERECEREM O MELHOR PARA NOSSA CIDADE.
TOCAR,LUTAR E RESPEITAR A ARTE !!"


A matéria completa pode ser lida AQUI no blog da jornalista Luciana Portinho.

Caso Nelson Rodrigues: um espaço dedicado a Patrícia Cordeiro


?

Disponível para o contraditório da nobre agente pública

sexta-feira, 12 de julho de 2013

Hospital de Itaperuna exige depósito para internar paciente de AVC





O caso do Vitor Rodrigues Rangel, de 30 anos, que sofre de Acidente Vascular Cerebral (AVC) hemorrágico tem repercutido nas redes sociais. Na última segunda-feira (8 de julho), o rapaz passou mal e foi até a Associação Hospitalar Armando Vidal em São Fidélis, no Norte do Estado do Rio. Por falta de recursos do Hospital, ele teve que ser levado para o município vizinho, Itaocara, onde fez uma tomografia particular e constatou o problema.

Uma artéria se rompeu deixando grande parte do cérebro com sangue. Com isso, Vitor perdeu os movimentos dos membros segundo informações da esposa que postou em um perfil na rede social. Durante esse tempo, o paciente aguarda por uma vaga em um Hospital mais equipado com um neurocirurgião.

A família já conseguiu na justiça uma liminar contendo uma ordem para transferir Vitor em no máximo 24h, seja para um Hospital particular caso na rede pública não tenha vaga. Nesse caso, todo o custo das despesas, ficarão sob responsabilidade da prefeitura de São Fidélis. A medida não foi cumprida, já que a secretaria de saúde de São Fidélis alega não existir vaga disponível na central de regulação.

Ontem, o Juiz Otávio Mauro Nobre, expediu uma segunda liminar intimando a prefeitura para que a mesma resolvesse a situação do paciente a espera de uma vaga no Hospital São José. Entretanto, segundo informações passada pela família, a assistente social do Armando Vidal conseguiu uma vaga no Hospital particular, mas a unidade pediu que fosse depositado uma taxa no valor de R$ 50 mil, contrariando o artigo 135-A do Código Penal que veda exigência de qualquer garantia.

O Juiz Otávio também expediu um ofício ao Hospital São José para que internasse o Vitor. No ofício, ele citou que por não ter logrado êxito com a sua ordem judicial, atribuiu ao município de São Fidélis o pagamento dos custos da internação do paciente, através do sequestro em conta da Prefeitura do valor cobrado pela internação no São José. Em um segundo momento o Estado também será responsável pelo custeio de todos os procedimentos necessários para o restabelecimento da saúde do mesmo.

Vitor está está internado em Itaperuna desde o final da tarde de ontem. Ele foi transferido pela U.T.I. Móvel da SEMSAD, acompanhado de uma médica, além da equipe técnica, que entregará o ofício do Juiz a direção do hospital. O Fórum está de sobreaviso caso o mesmo não aceite o paciente. Se houver a recusa outras medidas judiciais serão tomadas.

Fonte: Terceira Via.

Jovem desaparece em Campos e família pede ajuda




A jovem Lívia Maria Botelho Lopes, 19 anos, moradora do Parque Bandeirantes, em Campos, está desaparecida desde quinta-feira (11 de julho).

De acordo com Lúcia Botelho, mãe de Lívia, a filha saiu de casa 13h30 de quinta-feira para encontrá-la em uma escola no bairro de Custodópolis. “Ela iria passar na casa de algumas amigas e me encontrar depois, mas as meninas disseram que ela tinha ligado para dizer que antes iria passar na casa de outras meninas. A última vez que a viram foi perto de uma padaria no bairro. Já não sei mais onde procurar. Já fui nos hospitais, nas delegacias, no IML e nenhuma notícia dela”.

Lívia teria parado de estudar há cerca de dois meses e estava procurando por trabalho. Ela iria com a mãe fazer uma entrevista de emprego.

A família pede que quem souber do paradeiro de Lívia entre em contato pelo telefone (22) 99838262.

Fonte: Terceira Via.

Destino de analista da CIA pode ser a Venezuela





O ministro das Relações Exteriores do Brasil, Antonio Patriota, disse nesta quarta-feira (10/07) que o ex-analista da CIA Edward Snowden, perseguido pelos EUA por ter revelado informações de programas secretos de espionagem da NSA (Agência de Segurança Nacional norte-americana), aceitou o asilo político oferecido a ele pela Venezuela.

“A Venezuela ofereceu asilo político a ele e, pelas informações que disponho, ele aceitou”, respondeu Patriota, quando questionado sobre a possibilidade de o Brasil abrigar Snowden, em audiência pública no Senado. Ele acrescentou que não descarta estabelecer algum tipo de contato com o norte-americano, mesmo que “de maneira eletrônica”.

Entretanto, o chanceler venezuelano, Elías Jaua, afirmou ontem que Snowden não ratificou sua intenção de se asilar na Venezuela até o momento e que só depois de ele se manifestar o país vai "fazer os contatos com o governo da Federação Russa para poder viabilizar sua viagem".

Na noite da última sexta-feira (05/07), o presidente venezuelano Nicolás Maduro anunciou que concederia asilo a Snowden, caso ele desejasse. Entretanto, o país ainda não disse se já recebeu uma resposta do ex-consultor da CIA. Ontem (09), um parlamentar russo afirmou que ele teria aceitado a proposta, mas a informação não foi confirmada pelo governo da Venezuela.

Em meio à dúvida, a organização não governamental WSA (Autoridade do Serviço Mundial, na sigla em inglês) anunciou hoje que forneceu um passaporte internacional a Snowden, o que permitiria a ele viajar para o país que escolhesse. Os passaportes da ONG, fundada em 1954, são reconhecidos por seis países: Equador, Burkina Faso, Tanzânia, Zâmbia, Togo e Mauritânia.

Fonte: Opera Mundi

quinta-feira, 11 de julho de 2013

Juíza nega liminar que pedia bloqueio dos bens de Eike Batista




A juíza em exercício da 5ª Vara Empresarial da Capital, Maria Isabel Paes Gonçalves, negou nesta quinta-feira, a liminar movida pelo acionista minoritário da empresa OGX Petróleo e Gás Participações, Marcio de Melo Lobo, que pedia o bloqueio dos bens e direitos, além de vedar a quitação das dívidas da companhia e do empresário Eike Batista.

Em sua decisão, a magistrada afirma que o bloqueio dos bens da OGX é inadequado. “No momento, convenci-me de que a indisponibilidade dos bens da sociedade não se mostra adequada, vez que poderá gerar mais problemas do que solução”, ressalta a juíza. 

Fonte: O dia on line

Prefeito de SJB visita vários Ministérios em Brasília‏



Ao representar o município de São João da Barra, na 16ª Marcha dos Prefeitos em Defesa dos Municípios, o prefeito José Amaro de Souza (Neco) tratou de importantes assuntos visitando vários Ministérios, entre eles, o de Esporte, onde foi recebido pelo Ministro Aldo Rebelo, que aprovou o projeto de Vila Olímpica. Neco também foi recebido no Ministério das Cidades com foco nas emendas parlamentares de 2013 para o projeto Nossa Casa, Nossa Vida, Infraestrutura e Saneamento.

O Ministério das Comunicações também foi alvo do prefeito, tendo sido buscado com a finalidade de discutir recursos para que o município implante o projeto Cidade Digital. As emendas para 2014 não ficaram de fora da agenda porque com a situação adimplente do município junto ao CAUC (Serviço Auxiliar de Informações para Transferências Voluntárias), o prefeito abriu portas no encontro que teve com o deputado federal Hugo Leal.

Do encontro com a presidente Dilma ficou acertado o repasse de R$ 3 bilhões aos municípios para custear demandas da saúde e da educação. O montante será transferido em duas parcelas: a primeira em agosto deste ano e a segunda em abril de 2014. A presidente disse que vai aumentar também o repasse do PAB (Programa de Atenção Básica), o que representará mais R$ 600 milhões ao ano. 

As informações são da Assecom da Prefeitura de SJB.

Auto católico nas escadarias da Câmara




Campos receberá em julho de 2013 cerca de 500 estrangeiros que participarão da Jornada Mundial da Juventude, no Rio de Janeiro, evento realizado pela Igreja Católica, considerado dos mais importantes do mundo: uma reunião de milhões de jovens de mais de 150 países e com participação do novo Papa Francisco, ocasião em que será celebrada uma grande confraternização universal, em meio a orações e testemunhos de fé.

Depois da visita dos símbolos da Cruz Peregrina e do Ícone de Nossa Senhora, com programação desenvolvida em maio pela Diocese no Norte-Noroeste Fluminense, será a vez da acolhida a 500 desses jovens, na semana que antecede a JMJ - período de 15 a 21 de julho de 2013 – quando será a oportunidade de mostrar aspectos culturais, turísticos e econômicos do município.

A chamada Pré-Jornada ou Semana Missionária, que é organizada pela Diocese de Campos e a Administração Apostólica Pessoal São João Maria Vianney, através dos Bispos Dom Roberto Francisco Ferreira Paz e Dom Fernando Arêas Rifan, apresentará aos peregrinos diferentes visões de nossa cultura, desde fatos históricos que foram o alicerce de nossa sociedade até manifestações artísticas.

Para o dia 17 de julho de 2013, conforme nota expedida pela coordenação do “Projeto Campos na JMJ Rio 2013”, após uma tarde histórica, onde os estrangeiros conhecerão o já conhecido Caminho de Santo Amaro – um passeio que inclui visita às primeiras igrejas de Campos, com término no Distrito de Santo Amaro -, está previsto para as escadarias da Câmara Municipal de Campos, antigo Fórum, um espetáculo intitulado “A Evangelização da Planície Goitacá”, com texto de Gildo Henrique, a quem o Departamento Cultural do projeto recorreu.

“Fiquei surpreso quando fui convidado a escrever um texto que contasse a história da Igreja Católica no nosso município. Inicialmente pensei em desistir da empreitada por sabê-la difícil. Sou uma pessoa considerada perfeccionista e, sabedor das missões extras de pesquisa e comparação entre oralidade e registro, achei que não iria dar conta. Mas, o texto está pronto e com o aval de alguns historiadores e teólogos, parceiros que nos ajudaram na supervisão”, disse Gildo Henrique que em 2011 escreveu e foi levada à cena no Teatro do SESI, a peça teatral “O Segredo do Capitão Garrafa e outras histórias”, baseado em relatos de sua infância.

Segundo o autor, a montagem é dividida em 11 quadros, com intervenções de música e grupo de dança, numa mescla de estilos que vão de canto gregoriano a coreografias modernas, numa linha narrativa que começa com a Viagem de Pedro Álvares Cabral e termina com uma grande confraternização ao som da música “Nova Geração”, do Padre Zezinho.

“É preciso Lembrar que é um espetáculo para estrangeiros. Por isso foram escritas algumas performances entre quadros, com uma contextualização extemporânea, mas, que pretende unir o novo e o velho; a juventude e o legado dos religiosos do passado”, alerta Gildo Henrique.

O autor informa ainda que o espetáculo conta com cerca de 100 atores em cena, tudo sob a direção de Pedro Carneiro, com coreografia de Tim Carvalho e Beatriz Póvoa. “Minha missão está cumprida. Agora é esperar para assistir”, diz satisfeito.

Enviado por Gildo Henrique

quarta-feira, 10 de julho de 2013

Centro de Inclusão para capacitação de jovens e deficientes em SJB



As secretarias de Assistência Social, Trabalho e Direitos Humanos, e de Educação e Cultura de São João da Barra e o grupo Barcelos e Cia. concretizaram nesta quarta-feira (10), a criação de um Centro de Inclusão onde será realizada uma oficina de qualificação. A ideia é reunir e preparar jovens e deficientes do município para serem inseridos no mercado de trabalho.

O encontro contou com a presença da secretária de Assistência Social, Trabalho e Direitos Humanos, Denise Esteves, da coordenadora pedagógica da Educação, Regina Lannes, da consultora da LM Recursos Humanos, Luciane Mina e da gerente da Barcelos e Cia., Maria José Caldas.

A principal ideia da oficina é valorizar a qualificação dos jovens e deficientes, além de oferecer a oportunidade no mercado de trabalho. De acordo com Maria José Caldas, um dos principais objetivos é mostrar aos jovens que não é preciso sair do município para se qualificar e conseguir um futuro melhor.

Vamos começar um trabalho de identificação dos jovens e deficientes para que possamos definir qual a estrutura nos será necessária para oferecer a eles. Queremos qualificá-los e mostrar que podem conquistar um futuro melhor, sem a necessidade de sair do município. Temos que aproveitar esse período de desenvolvimento que São João da Barra está passando — disse.

A secretária de Assistência Social, Trabalho e Direitos Humanos, Denise Esteves enfatiza que a parceria chega para somar forças com as ações de desenvolvimento oferecidas pelo município.

A parceria vai funcionar como um instrumento de captação de jovens e deficientes que querem ser inseridos no mercado de trabalho. É mais uma oportunidade de qualificação que chega ao nosso município.

Fonte: Assecom da Prefeitura de SJB

Prefeitura de Campos contrata SEM concurso 128 Profissionais com verbas federais



A Prefeitura de Campos está autorizada, pela Câmara Municipal, a contratar, pelo "regime jurídico administrativo", de acordo com publicação no Diário Oficial de hoje:

73 ASSISTENTES SOCIAIS - SALÁRIO - R$ 1.578,00
24 PSICÓLOGOS - R$ 1.869,00
06 PEDAGOGOS - R$ 1.869,00
05 ADVOGADOS - R$ 1.869,00
01 SOCIÖLOGO - R$ 1.869,00
08 INSTRUTORES DE ARTES - R$ 1.100,00
01 PROFISSIONAL DE ED. FÍSICA - R$ 1.869,00
01 INSTRUTOR DE LIBRAS - R$ 1.869,00
09 CUIDADORES (C/ESPECIALIZAÇÃO) R$ 1.100,00


Os contratos são de 12 meses prorrogáveis por até mais 48 meses. Os contratados vão trabalhar em programas sociais com verbas repassadas pelo Governo Federal.

Fonte: Blog Estou Procurando o que fazer

E-mails trocados pelo "Oito de Paus" e Trianon confirmam que NÃO houve problemas de documentação






O blog entrou em contato por telefone com Luís Felipe Perinei e o mesmo confirmou toda a história relatada aqui, com acréscimos importantes de informação AQUI na Folha da Manhã  (retificação às 14:22 informando que o link complementar é do blog Opiniões e NÃO da página principal da Folha on line),  e  AQUI  no Terceira Via. O diretor ainda foi claro ao afirmar que foi João Vicente, que disse, em of, que o problema era de cunho religioso e não documental.


Segue abaixo, dois e-mails que comprovam que o cancelamento NÃO está atrelado a qualquer problema de documentação. Além disso, causa espanto a afirmação no segundo e-mail de que as funções artísticas migraram para o gabinete da Prefeita Rosinha.



E-MAIL 01
Gustavo Fernandes
Mostrar detalhes
Boa tarde Ademilde.

Conforme falamos em contato telefônico, segue o endereço para o encontro e embarque do grupo OITO de Paus para seguirmos para nossa apresentação de Bonitinha, mas ordinária em Campos.
Rua Haddock Lobo, número 300 - Tijuca - Rio de Janeiro
Pontos de referência: em frente à rua do Bispo, em frente a loja Jac Motors, um quarteirão após o Clube Municipal, altura da Praça Afonso Pena.

Horário de embarque: 5:30h da manhã do Sábado (10/08)
Acredito que seja uma boa hora para fazermos o trajeto com calma e chegarmos a tempo para a entrevista no estúdio da InterTV as 11:30.
A volta estamos programando para o Domingo (11/08) as 9;00h da manhã.
Quantos aos outros questionamentos:
- Hospedagem: peço a você para olhar com carinho, se for possível termos ok, seria ótimo. Se não damos o nosso jeito.
- Pagamento: só para constar,como você falou provavelmente será realizado em até 15 dias após o espetáculo.

Qualquer outra questão que venha a surgir vamos nos falando.
Desde já agradeço a atenção.
Um abraço.
Gustavo Fernandes



E-MAIL  02



Olá Felipe,
A Prefeitura de Campos está vivendo um momento de muitas mudanças nas Secretarias e Fundações, com isso as agendas a partir de agosto foram para a equipe da prefeita para confirmações e / ou novos espetáculos.

O João Vicente pediu para que eu cancelasse tudo que estava pré agendado, e ficarmos no aguardo de novas orientações. Inclusive aqui era Fundação Teatro Municipal Trianon, agora perdeu a autonomia. É somente Teatro Municipal Trianon. Ficando tudo subordinado ao Gabinete da Prefeita.

Enfim, pedimos muitas desculpas e o seu material será devolvido por SEDEX. Vamos ver como será a nova agenda. Por enquanto está cancelado.

Um grande abraço e muito obrigada pelo seu empenho e profissionalismo. Desejo sucesso.


Ademilde Pacheco
Diretora Artística


Atualização às 13:06

Fui alertado pela Secretaria de Comunicação da Prefeitura que um e-mail da Superintendência do Trianon foi enviado para o blog. Realmente, o e-mail chegou as 10:52, mas como só li agora, estou postando. Vale lembrar que esse e-mail já está disponível nos blogs da Folha da Manhã (Gustavo Matheus e Susy Monteiro)

Cumpre-nos informar que não há nenhuma verdade nas alegações do grupo teatral 8 de Paus. O fato é que em reunião de rotina com diretores e a presidente da FCJOL observei que a peça “Bonitinha, mas ordinária” apresentava inconsistência na documentação apresentada, sugerindo sua análise posterior para aproveitamento no cronograma do Departamento de Literatura da Fundação Cultural, na medida em que não havia compromisso consolidado em contrato.


A prefeita Rosinha não teve acesso à agenda de agosto do Teatro Trianon, que não se encontrava fechada, e, portanto, não se posicionou a respeito de seu conteúdo. Cabe ressaltar que a administração pública é laica e que o fato da Prefeita ser evangélica não nos impediu de pontuar os atos culturais de forma múltipla, diversa, e respeitosa, apoiando realizações como a do Carnaval, grupos de Jongos e Mana Chica (manifestações afro-religiosas), festas tradicionais da Igreja Católica ou eventos por esta religião promovidos, como a da Jornada Mundial da Juventude, entre tantas outras.



Para nós, tanto Nelson Rodrigues, como qualquer outra expressão do teatro, da literatura, das artes em geral, tem sua importância. Entendemos que a palavra ganha no teatro conotações múltiplas através do jogo metafórico que se instaura em cena.


Recebemos no Trianon a comédia “Hermanoteu  na terra de Godah”, que conta a história de Hermanoteu,  típico hebreu do ano zero, companheiro, bom pastor e obediente. Ele recebe a missão divina de guiar seu povo à terra de Godah, numa sátira à história bíblica de Moisés.  A pré estreia de "Maria do Caritó", protagonizada pela atriz Lilia Cabral e tantas outras obras importantes e consagradas, independente de referências religiosas, ganharam espaço. Tal fato nos conduz a seguinte reflexão: o verdadeiro preconceito e a intolerância podem estar se apresentando de forma invertida.

Atenciosamente,


João Vicente Alvarenga

Superintendente do Teatro Municipal Trianon/FCJOL -  Prefeitura de Campos

terça-feira, 9 de julho de 2013

Diretor de teatro noticia que peça de Nelson Rodrigues foi barrada no Trianon por motivos religiosos




Oi Claudio!

Bom dia!

Eu sou diretor do Grupo de Teatro Oito de Paus aqui no Rio de Janeiro e sou primo do Marcelo Rebel como ele falou com você pelo facebook.
Então, vou te explicar o absurdo que aconteceu.

Mais ou menos em maio eu entrei em contato com a Fundação Trianon (presidente João Vicente) e apresentei o projeto da nossa peça que está em cartaz aqui no Rio chamada "Bonitinha, mas ordinária" de Nelson Rodrigues e eles aceitaram. E o que ficou firmado entre nós é que faríamos uma apresentação no Teatro Trianon no dia 10 de agosto. Mandamos a nossa documentação toda certinha, tivemos gastos e etc.

Em junho a Fundação me ligou confirmando. Porém, na semana passada eu recebi um e-mail da Fundação Trianon me informando que a peça tinha sido cancelada porque houve uma mudança de presidência da Fundação Trianon que agora é apenas Teatro Trianon e que agora a Fundação que comanda tudo é a Fundação Osvaldo Lima e a nova presidência tinha cancelado alguns espetáculos. Diante disso, ontem, eu liguei para a Fundação em busca de uma resposta mais concreta do que tinha acontecido.

Liguei e consegui falar com o João Vicente (antigo presidente da Fundação Trianon) que me contou indignado que a nova Fundação (Osvaldo Lima) tinha cancelado a peça porque era Nelson Rodrigues e a peça poderia ofender a prefeita Rosinha Garotinho por ela ser evangélica. Inclusive acham que a peça teria muitos palavrões, que é imoral e etc... Ou seja, a ignorância reina mesmo nessa prefeitura e nessa prefeita que provavelmente não conhece as obras do consagrado autor nacional Nelson Rodrigues pra achar que ele é imoral ou algo do tipo.

Bom, foi isso. Espero que você possa nos ajudar a fazer barulho contra essa absurda espécie de censura pela qual o Grupo passou.

Luís Felipe Perinei
luisfelipeperinei@hotmail.com

Obs: contraditório salvaguardado aos agentes públicos municipais.

Vejam alguns locais onde a Prefeitura de Campos NÃO aplica o tributo que você paga





Fotos: Blog do Cláudio Andrade e Vítor Montalvão via facebook

Circuito Carioca de Gestão em Saúde 2013





CIRCUITO CARIOCA DE GESTÃO EM SAÚDE 2013
TEMA: PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO NA GESTÃO DA SAÚDE


DIA:22 DE AGOSTO DE 2013
LOCAL: HOTEL PALACE - CAMPOS DOS GOYTACAZES / RJ
08:30 ÀS 17:00 HS


Informações, inscrições, investimento

http://www.itcongressos.com.br

www.rssouza.com.br

email : rodrigo.souza@rssouza.com.br

Telefone: (21) 2278-3024 / (21) 6902-3120

"A Polêmica" entrevista Geraldo Pudim





Absurdo: carros circulam pelo novo calçadão da Rua 7 (Sete) no centro de Campos - RJ.


Foto: Cleyton Lacerda
facebook

segunda-feira, 8 de julho de 2013

MP vai investigar Cabral por uso de helicóptero oficial



O Ministério Público do Rio de Janeiro abriu, nesta segunda-feira (9), investigação para apurar denúncia de que o governador Sérgio Cabral estaria usando o helicóptero oficial para fins particulares. A denúncia foi publicada pela Revista “Veja” neste fim de semana, como mostrou o RJTV.

De acordo com a reportagem, o governador e a família usam a aeronave para ir, em fins de semana, a Mangaratiba, na Região Metropolitana do Rio, onde o governador tem uma casa de praia. Um piloto declarou à revista já ter levado para Mangaratiba cabeleireira, médico, prancha de surfe, amigos dos filhos.

Ainda segundo a revista, o helicóptero é utilizado por Sérgio Cabral, diariamente, para ir do Leblon, onde mora, até o Palácio Guanabara, sede do governo, em Laranjeiras, ambos na Zona Sul da cidade.

As viagens custariam, por ano, R$ 3,8 milhões aos cofres público, segundo a "Veja".

Nesta segunda-feira, em Brasília, o governador negou irregularidades.

Ele disse: "A frota de helicóptero do governo não foi criada por mim, todos os governadores de estado do Brasil têm helicopteros a disposição do estado, como muitos tem até aviões, coisa que o governo do estado não tem. A mobilidade de o governador pegar o helicoptero, estamos falando de mobilidade, e ir pra sua casa e voltar, quando a casa é fora da cidade do Rio de Janeiro, não serei, não sou o primeiro a fazer isso no Brasil. Outros fazem também e faço de acordo com o cargo que ocupo. 

Não estou fazendo nenhuma estripulia, não é nenhuma novidade e fico muito chateado de ver uma foto colocando meu filho de 6 anos de idade como se estivesse ali fazendo alguma irregularidade. Eu me transporto com a minha família quando saio do trabalho e vou para essa casa em Magaratiba. E rodo o estado inteiro nas aeronaves. Não só eu como secretário de estado, os subsecretários, os presidentes de empresas, o comandante da Polícia Militar, a chefe da Polícia Civil. Então, realmente eu não consigo compreender".

Em nota, o Ministério Público informou que, por determinação do procurador-geral de Justiça, Marfan Martins Vieira, o Ministério Público do Rio instaurou procedimento para apurar as denúncias de uso indevido do helicóptero oficial pelo governador Sérgio Cabral.

Fonte: G1.

Cantina Saudável é foco da Educação em São João da Barra‏



Durante esta segunda-feira (08), os gestores das escolas municipais de São João da Barra participaram de uma capacitação que orienta sobre a qualidade dos alimentos fornecidos nas cantinas escolares. O projeto Cantina Saudável tem o objetivo de propor mudanças na comercialização de produtos nas cantinas, de acordo com o que é previsto por lei estadual e federal proibindo a venda de alimentos e bebidas que contenham alto teor de gordura.

No primeiro dia de capacitação, os temas abordados pela nutricionista Juliana Vidal foram: “Cardápio Escolar x Cantina: leis que estabelecem a oferta de produtos alimentares e impactos na saúde dos escolares” e “Responsabilidade de comercialização de alimentos nas unidades escolares: gestão consciente”. Além das palestras, os gestores assistiram ao documentário “Muito além do peso” que aborda a obesidade infantil.

De acordo com Juliana, a capacitação visa orientar os gestores sobre o que deve e o que não deve ser comercializado nas cantinas, propondo melhorias nos hábitos alimentares para os alunos. – Outra preocupação da equipe de nutrição é recomendar que as cantinas não funcionem no mesmo horário em que é servido o lanche fornecido pelas escolas, assim aumenta o número de alunos que consomem alimentos nutricionalmente elaborados -, disse.

A capacitação continua nesta terça-feira (09), a partir das 9h, no auditório municipal, abordando o tema “Adequando o espaço escolar para a gestão de uma cantina saudável”. Após a palestra os gestores vão realizar uma avaliação escrita com duração de uma hora. 

Fonte: Assecom da Prefeitura de SJB

"Consórcio Nova Lapa LTDA" recebe aditivo de R$ 8.276.137,28 milhões da Prefeitura de Campos



EXTRATO 2º TERMO ADITIVO - PRAZO - RERRATIFICAÇÃO

Contrato nº 222/2011
Processo nº 2011.034.000016-2-PR
Concorrência Pública nº 001/11
Empresa Contratada: CONSÓRCIO NOVA - LAPA LTDA
Objeto: Fica o projeto original alterado, nos termos da planilha constante nos autos, tendo em vista a alteração nos quantitativos e acréscimos de serviços necessários para conclusão da obra de Pavimentação, Urbanização e Drenagem - Bairro da Lapa e Adjacências - Município de Campos dos Goytacazes - Bairro Legal, com reflexo financeiro.
Valor do aditivo: R$ 8.276.137,28 (oito milhões, duzentos e setenta e seis mil, cento e trinta e sete reais e vinte e oito centavos)
Prazo aditivado: 60 (sessenta) dias.
Campos dos Goytacazes, 05 de julho de 2.013.
(Publicado por ter saído com incorreção)
Id: 1522749

Teoria e prática na conduta particular de Wladimir Garotinho

Terceira Via


No último fim de semana, a mídia publicou uma foto em que o presidente municipal do Partido da República (PR), Wladimir Garotinho, aparece assistindo à final da Copa das Confederações no Maracanã. O jovem político estava na área reservada aos convidados da CBF (entidade máxima do futebol no Brasil).

Wladimir foi avaliado negativamente por tal conduta. Segundo os críticos, culmina em grande incoerência ele, como filho do deputado federal Garotinho, usufruir de cortesia da CBF quando tal entidade é criticada de forma ferrenha por seu pai.

Não comungo desse entendimento. Aproveitar a oportunidade de estar no Estádio Mário Filho, presenciando à vitória da seleção brasileira faz parte da seara pessoal e não política do filho do casal de ex-governadores do Estado do RJ.

Isso porque antes de seu pai ser ou não um crítico da CBF, Wladimir é brasileiro e, como qualquer outro cidadão, tem o direito de externar gosto pelo futebol, ainda mais se tratando da seleção brasileira em campo.

Em verdade, alguns setores da seara partidária não quiseram perder a oportunidade de pressionar o deputado federal por meio de seu filho em uma conduta normal e esperada de qualquer cidadão brasileiro possuidor de ingresso para a final de uma grande partida de futebol.

Ademais, Wladimir, como filho do deputado federal Garotinho, não tem que comungar de todas as posições de seu pai, mormente quanto a assuntos meramente pessoais.

Já se levantou a hipótese de o jovem político não considerar qualquer desconforto estar na área reservada aos convidados da CBF em que pese essa entidade ser alvo de crítica de seu pai?

Até o momento, não tive acesso a qualquer declaração de Wladimir que me convença de que essa sua conduta na vida privada tenha ido de encontro com sua postura política.

Já que até hoje Wladimir não se posicionou contrariamente aos atos administrativos da Confederação Brasileira de Futebol, por que não incluir, em seu lazer, a final da Copa das Confederações em área da CBF?

Nota-se que sua conduta não demonstrou incoerência e sim, independência de postura em sua vida pessoal e política, o que não quis ser evidenciado pelos setores políticos contrários a fim de que isso não contasse a favor do filho do deputado federal Garotinho.

Como bem disse Anthony Garotinho em carta enviada ao Jornal O Globo: “... Wladimir Matheus, que é maior de idade e deve responder por seus atos. Este, inclusive, condenável por mim, diante de minha postura crítica sobre a CBF”.

Na vida pública, é importante o casamento do discurso proferido e da prática adotada para que um homem público não receba a pecha de demagogo. Garotinho continua sendo coerente em sua postura em relação à CBF uma vez que não se valeu de qualquer cortesia daquela entidade.

Seu filho também está em coerência já que não apresentou até hoje objeção aos atos da CBF, permanecendo fiel aos seus conceitos éticos e morais.

O único ponto que deve ser esclarecido por Wladimir é quando trecho de matéria publicada pelo Jornal O Globo afirma que ele argumentou não ser sabedor de que o ingresso era cortesia da CBF. Ora, que não seja subestimada nossa inteligência tampouco nosso senso do absurdo.

Não acredito que Wladimir tenha se pronunciado nesse sentido. Caso contrário, seria uma verdadeira bola fora para o presidente municipal do PR.

Cláudio Andrade

domingo, 7 de julho de 2013

1 ano no Grupo Terceira Via

Terceira Via


Caros amigos e leitores.

Hoje completo um ano como funcionário do grupo Terceira Via na qualidade de colunista (Política em Destaque). 

Quero agradecer a todos pelo carinho e respeito com que me receberam. Foi um ano de aprendizado muito relevante para o meu crescimento profissional.

Que Deus, na sua infinita bondade nos preserve íntegros, unidos e sedentos por trabalho e conquistas.

Obrigado

Cláudio Andrade

Promotor Público constata incoerência no fornecimento de remédios em Campos


Foto: Silvana Rust


"Após uma usuária do Sistema Único de Saúde (SUS), em Campos, denunciar ao Jornal Terceira Via um esquema de fraude na emissão de receitas médicas da Secretaria de Saúde, outras denúncias têm surgido.

A dona de casa Jociele Caetano, de 32 anos, informou que só conseguiu um medicamento para o filho depois que denunciou o caso ao Ministério Público. Desempregada e sem condições financeiras de comprar um remédio, a dona de casa foi buscar o medicamento na farmácia municipal.

“Os funcionários me informaram que não tinha o remédio. Inconformada, fui ao Ministério Público e um promotor me acompanhou na mesma hora até a farmácia. Ele pediu o mesmo remédio e, quando a atendente disse que não tinha, ele se apresentou como Promotor de Justiça e pediu para ver o estoque de medicamentos”.

Abalada, Jociele conta que viu quando a atendente abriu a porta da recepção e mostrou várias caixas do medicamento ao Promotor. Só depois disso, Jociele conseguiu o remédio para o filho.

“Não consigo entender o por que de haver caixas e mais caixas do remédio no local e a atendente falar que não tem. Fiquei muito chocada com a cena. É inadmissível que o pobre só seja atendido com dignidade quando está acompanhada de um promotor, pois só assim eu consegui o remédio do meu filho”, lamenta.

Jociele acredita que as caixas do remédio estavam guardadas para serem doadas a “pessoas escolhidas a dedo”, como aconteceu com uma mulher que preferiu não se identificar e denunciou, semana passada, um esquema de fraude na Secretaria de Saúde.

A mulher contou que depois de médicos do Hospital Geral de Guarus (HGG) entregarem a um paciente um atestado informando que o hospital não emite receituário amarelo, a mulher conseguiu a referida receita na administração do hospital.

“Isso prova que o hospital emite a receita amarela sim, mas para pessoas escolhidas e, para isso, precisam ir à administração. Os médicos realmente não têm a receita. Mas por que a administração tem?”, questiona a denunciante. Nossa equipe tentou, mas não conseguiu uma nota da prefeitura para explicar o que será feito daqui pra frente".

Fonte: Terceira Via.

Atendimento odontológico em CASA