sábado, 6 de abril de 2013

São João da Barra integrado ao Sistema Nacional de Trânsito



São João da Barra está integrado ao Sistema Nacional de Trânsito. A certificação foi realizada na tarde desta quarta-feira (3), no Cine Teatro e contou com a presença do presidente do Conselho Estadual de Trânsito (Cetran-RJ), Antonio Damasceno, do prefeito José Amaro de Souza ( Neco), do vice-prefeito, Alexandre Rosa e do secretário de Transporte, Mário Rocha Filho. Secretários e vereadores também participaram da cerimônia que oficializou a certificação do trânsito em todo município.

O secretário de Transporte Mário Rocha Filho agradeceu a todos que se empenharam em conseguir a integração do município junto ao Sistema Nacional de Trânsito.

É um dia muito especial para São João da Barra. A integração chega na hora certa. Quero agradecer ao nosso prefeito José Amaro de Souza (Neco), que abraçou essa questão. Gostaria também de ressaltar o empenho do Dr. Sérgio Romero e do ex-secretário de Transporte, Dr. Felipe Quintanilha, durante o governo Carla Machado — disse.

Mário Rocha Filho informou ainda quais serão os próximos passos, agora com a certificação.

Vamos abrir um processo licitatório para fazer a instalação de semáforos e placas em todo município. Os agentes de trânsito passarão por um curso de capacitação de 15 dias, que será realizado no auditório municipal, das 8h às 12h a partir do dia 9 de abril. O curso será dado pelo Instituto de Certificação de Trânsito (Icetran). Após o término do curso, entraremos na fase de orientação do motorista, que terá 30 dias para se adequar as leis do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) — ressalta.

Durante o curso, os agentes estudarão cinco disciplinas: Legislação de Trânsito, Relações Interpessoais, Educação no Trânsito, Notificações e Abordagens. Após esse curso, os agentes de trânsito estarão aptos para exercer o que preconiza o artigo 19 e seguintes da lei 036/2003 combinado com o artigo 24 e seguintes da lei 9.503/97 do CTB.

O presidente do Conselho Estadual de Trânsito (Cetran-RJ), Antonio Damasceno, elogiou o prefeito José Amaro de Souza ( Neco ), pela agilidade com que conseguiu a certificação do trânsito para o município.

Quero elogiar o prefeito José Amaro de Souza (Neco) que em 60 dias conseguiu a certificação do Sistema Nacional de Trânsito. Nunca vi isso em 22 anos de trabalho. O município se preparou muito bem para alcançar o feito. O trabalho que já vinha sendo feito pelos educadores e agentes de trânsito ajudou muito. Parabenizo a todos os envolvidos — disse.

O prefeito José Amaro de Souza (Neco) destacou a importância da certificação para o município de São João da Barra e pediu comprometimento a toda população para que as leis sejam respeitadas. Neco ressaltou que com a integração, o município vai avançar ainda mais.

Todos nós de São João da Barra temos que ajudar na organização e legalização do trânsito. Nós, que moramos aqui, temos que orientar a quem vem de fora a não bagunçar o trânsito de nosso município. Esse é um trabalho de todos. Estamos em um período de desenvolvimento e com a legalização do nosso trânsito poderemos avançar em algumas questões que estavam paradas, como a licitação para o transporte coletivo e alternativo, que com certeza melhorará e muito a qualidade de transporte em todo município, além de reduzir o preço da passagem — finalizou.

As informações são da Assecom da Prefeitura de SJB.

Prefeitura de SJB inaugura mais uma academia popular na segunda-feira (8)



O prefeito José Amaro de Souza (Neco) inaugura na próxima segunda-feira (8), a academia popular Carlos Laerte Meirelles, que está localizada na Praça Afonso Celso, conhecida como Praça do Meirelles, em Atafona. A solenidade será realizada após a missa campal em Louvor a Nossa Senhora da Penha, que terá início às 10h.

Esta será a terceira academia popular inaugurada pelo prefeito neste ano. Antes, foram inauguradas as academias Paulo César Barreto Nunes, no Açu e Joel Vieira de Souza, em Barcelos. Além delas, a prefeitura também entregou a Academia da Melhor Idade, que fica localizada no Centro de Convivência Amadeu Chácar Filho, na sede do município.

Homenageado- Carlos Laerte Meirelles nasceu em 22 de fevereiro de 1945. Filho de Maria da Penha Meirelles e Jorge Martins Meirelles, o homenageado viveu em Atafona durante toda a sua vida. Carlos sempre foi um homem pacato, tímido e de muitas amizades. Ele era famoso pelas inúmeras vidas que salvou no mar de Atafona e no Pontal. Goleiro do Santos, de Atafona, foi apelidado de “Papagaio”, forma carinhosa que os amigos acharam para brincar com sua timidez. 

Na Praça do Meirelles, passou grande parte da sua vida, pois como um fiel discípulo do eterno prefeito Dodozinho Mendonça, recebeu um antigo quiosque da praça para trabalhar. Mesmo quando se aposentou, seu lazer era passar as tardes na famosa pracinha do Meirelles conversando com seus amigos. Carlos faleceu em 7 de outubro de 2008, vítima de uma insuficiência renal, aos 64 anos de idade.

As informações são da Assecom da Prefeitura de Campos.

Garotinho queria adiamento da partida entre Brasil e Bolívia




Em discurso na Câmara, o deputado Anthony Garotinho pediu o adiamento do amistoso entre Brasil e Bolívia, marcado pela CBF para o dia 6 de abril. O líder do PR alertou que o jogo pode incitar violência depois que um sinalizador da torcida corintiana matou o jovem boliviano Kevin Espada; "O Marin não pode ter essa irresponsabilidade", protestou Garotinho.

As informações são da Assecom do parlamentar.

Roberto Henriques homenageado em Bom Jesus do Itabapoana




Deputado Roberto Henriques recebe homenagem Troféu Imprensa Regional 2013, das mãos do editor Ebenézer Campos. O parlamentar reafirmou, em seu discurso, a importância da integração regional.

sexta-feira, 5 de abril de 2013

Uma entrevista conjunta reveladora



Programa "A Polêmica" entrevista o vereador Marcão e o médico sanitarista Erick Schunk. Uma entrevista conjunta reveladora. Não percam na Terceira ViaTv, canal 25, da Via cabo.

Sempre às 08:30 e às 18:00

Cidade da Criança: termo aditivo da Prefeitura de Campos não informa valor





EXTRATO DE 1º TERMO ADITIVO- PRAZO
CONTRATO Nº 388/12
PROCESSO n.º 2012.034.000125-4-PR
Concorrência Publica nº 017/12
CONTRATADA: CONSÓRCIO CIDADE DA CRIANÇA (CONSTITUÍDO PELAS EMPRESAS: PROJECONS PROJETOS E CONSTRUÇÕES LTDA, MAGUIMA CONSTRUÇÕES LTDA E RIBEIRO E AZEVEDO CONSTRUÇÕES E SERVIÇOS LTDA) OBJETO: Obra de reforma e construção da Cidade da Criança - Campos dos Goytacazes.

PRAZO DE CONTRATO: 180(cento e oitenta) dias

Campos dos Goytacazes, 02 de abril de 2013.
Id: 1473238

Fundação Rural de Campos recebe ENMMERJ na próxima semana



O XVI Encontro Nacional do Mangalarga Marchador do Rio de Janeiro (ENMMERJ) será aberto no próximo dia 09 e vai até o dia 13, na Fundação Rural de Campos (FRC). O evento é direcionado a criadores de cavalos Mangalarga Marchador de todo país, especialmente dos estados do Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais e São Paulo. A programação tem entrada franca.

De acordo com o presidente da associação de criadores do cavalo Mangalarga, Rodrigo Venâncio, o evento será iniciado as 09 e vai até 21h. O valor da inscrição é de R$ 200, sendo necessário apresentar o registro provisório ou definitivo, exames de AIE e mormo dos animais.

Os julgamentos vão começar sempre com animais jovens, os potros e potras, sendo que na parte da tarde e noite serão julgados animais adultos, os montados, com os respectivos campeonatos de macha — explicou.

Ímpar Comunicação
(22) 2733-1415

Clínica em Campos recebe dinheiro do SUS, mas privatiza serviços

Foto: Terceira Via


"Uma das três Unidades de Assistência de Alta Complexidade em Oncologia (Unacon) em Campos – o Oncocentro, de origem particular – estaria recebendo repasses e benesses do Sistema Único de Saúde (SUS) como se fosse uma instituição de caráter público. A denúncia veio de fontes na cidade que têm acompanhado pelo jornal Terceira Via as ações da Polícia Federal que investiga hospitais públicos no Mato Grosso do Sul, oferecendo serviços de radioterapia por meio de uma empresa terceirizada e privada. Essas mesmas fontes estariam sendo obrigadas a trabalhar para a unidade particular mesmo sendo contratadas por uma unidade de caráter público.

O Oncocentro - clínica privada e especializada em quimioterapia – foi instalado em terreno que pertence ao Hospital Escola Álvaro Alvim (HEAA), de cunho filantrópico, e estaria recebendo verba do SUS por meio de Autorização de Procedimentos de Alta Complexidade (APAC). É de se estranhar também que a Unacon do HEAA não receba o nome de Álvaro Alvim e tenha o nome de uma instituição sabidamente administrada por interesses particulares – o Oncocentro. A unidade de radioterapia do Hospital Escola foi integralmente doada pelo Ministério da Saúde e será explorada – segundo essas fontes – pela iniciativa particular.

O fato se configuraria em irregularidade semelhante ao que é investigado pela Polícia Federal no Mato Grosso do Sul. A concorrência desleal e predatória não levaria em consideração as necessidades do paciente, uma vez que o Oncocentro não disporia - segundo os denunciantes - de plantonistas, cirurgiões, número de leitos compatível com a necessidade de atendimento, além de não estar apto a prover internações ou atendimento 24 h para urgências ou emergências. Essa atribuição fica a cargo do Hospital Escola Álvaro Alvim.

Estranhamente, no Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (Cnes), não consta o CNPJ do Hospital Escola Álvaro Alvim. A legislação que rege a atividade determina ainda que as Unacon devem contratar os seus profissionais e não usar de subterfúgios para explorar funcionários da Fundação Municipal Benedito Pereira Nunes.

Os hospitais-escola e instituições filantrópicas gozam de certas regalias legais que os hospitais privados não têm e tampouco os serviços terceirizados nelas instalados. Nesse aspecto, a lei é muito clara". 

A matéria pode ser lida AQUI no Jornal Terceira Via.

O blog abre espaço para que a empresa citada possa apresentar a sua versão dos fatos caso entenda pertinente.

Roberto Henriques entrevistado no Globo, por Ancelmo Goes




"Dos 70 deputados do Rio, apenas 13 (ou 18,5% do total) moram no interior do estado. A informação aumenta a polêmica sobre o volume de combustível comprado com dinheiro público e distribuído aos parlamentares fluminenses. São 1.150 litros de combustível por mês para cada um dos deputados.

A grande maioria - 57 parlamentares ou 81,5% do total - vive na Região Metropolitana, próxima ao Palácio Tiradentes, sede do Poder Legislativo fluminense, onde dão expediente. Desse total, 36 moram na capital.

Entre os que têm casa no Rio, há deputados com notória atuação em cidades do interior, como o presidente da Casa, deputado Paulo Melo, na Região dos Lagos; e André Corrêa, na Região do Vale do Paraíba, o que os obriga a viajar pelo estado algumas vezes.

Os 13 deputados do interior são: Andreia Busatto, Bernardo Rossi, Cida Diogo, Dr. Gotardo, Edson Albertassi, Geraldo Pudim, Inês Pandeló, Jânio Mendes, João Peixoto, Marcos Abrahão, Nelson Gonçalves, Nilton Salomão e Roberto Henriques.

Os de Campos dos Goytacazes - Geraldo Pudim, João Peixoto e Roberto Henriques - são os que enfretam a maior distância entre suas casas e o Rio: 274 km. No entanto, com o volume mensal de combustível, eles podem percorrer, todos os meses, o trajeto 33 vezes.

Para driblar a distância, o deputado Roberto Henriques vem ao Rio às terças e volta às sextas. A medida, de passar a maior parte da semana no Rio, também é adotada por outros deputados do interior.


- A característica do meu mandato é regional. Eu circulo muito pelo Norte Fluminense, vou em cidades lá na divisa com Minas Gerais. Mas meu cartão (de combustível) raramente zera. Tem mês que sobra R$ 500. No recesso, eu continuo circulando pela região - conta Henriques.

O deputado Jânio Mendes, de Cabo Frio, é o segundo da lista. A distância entre sua cidade e o Rio é de 152 km. Com sua cota, ele pode fazer 60 viagens por mês: 30 de ida e 30 de volta.

A deputada Inês Pandeló, de Barra Mansa, enfrenta a terceira maior distância entre sua cidade e a capital: 128 km. Por mês, ela, usando seu carro oficial, tem combustível para quase 36 viagens de ida e volta. É mais de uma por dia.

O deputado Marcelo Freixo, que mora no Rio, tem à sua disposição dois carros oficiais. Um deles é usado por seus seguranças. Freixo, como se sabe, foi ameaçado de morte quando presidia a CPI das Milícias e, desde então, anda com escolta. Apesar de usar dois carros, a cota de combustível dele é a mesma de um deputado que usa apenas um veículo. Ainda assim, Freixo afirma que, dificilmente, usa todo o volume de combustível dado pela Alerj.


- O meu gasto é dobrado porque tem a escolta. Geralmente, a cota dá certinho pra mim. Quando aconteceu de acabar, faltavam dois ou três dias pra mudar o mês e renovar o crédito do cartão. Quando falta combustível, eu abasteço com meu dinheiro.

Freixo diz que o contrato entre a Assembleia Legislativa do Rio e a Trivale, dos irmãos Pajaro, suspeitos de lavagem de dinheiro e formação de quadrilha, merece mais atenção e cuidado da Casa.

- Qualquer coisa que envolve pessoas que tenham ligação com o Cachoeira exige um cuidado enorme. O fato de a empresa ter documentos que garantem sua participação na licitação, não diminui a necessidade de a Alerj dar atenção ao caso. Pelo contrário, aumenta muito a necessidade de transparência da Casa. Infelizmente, são pessoas que estão sob suspeita - opina o deputado.

Como a coluna mostrou hoje, com esse volume de combustível, o deputado consegue ir a Valparaiso, no Chile, do outro lado do continente, e voltar".

A matéria foi destaque também no blog "Na curva do Rio" de Susy Monteiro.

Lei Orgânica: trabalhos são prorrogados por mais 90 dias




O presidente da Câmara Municipal de Campos dos Goytacazes, vereador Edson Batista, decidiu prorrogar por mais 90 dias as atividades do Grupo Executivo que trabalha na elaboração da nova Lei Orgânica Municipal. Na primeira audiência pública, realizada nesta quinta-feira (04), no plenário do Legislativo, foram encaminhadas 62 propostas verbais, além de mais de 40 sugestões enviadas por escrito, e que serão apreciadas pelos vereadores e a assessoria jurídica do grupo de trabalho.

“A prorrogação se faz necessária para que seja ampliada a participação da sociedade a fim de que a nova Lei Orgânica tenha um perfil mais democrático possível, com a devida transparência, e possa contemplar todos que queiram apresentar sugestões ou fazer a defesa de suas propostas”, disse Edson Batista.

Cerca de 20 representantes de órgãos e entidades da sociedade civil apresentaram suas sugestões, com propostas para diferentes áreas. Uma nova audiência pública está prevista para dentro de aproximadamente 60 dias, quando os mesmos representantes e outros poderão enviar novas sugestões para a revisão da lei e a inserção de novos dispositivos e artigos em seu texto.

As informações são da Assecom da Câmara dos Vereadores de Campos

Ato Público Contra a PEC 37 em Campos





O Ministério Público brasileiro vai lançar, entre 8 e 12 de abril, a campanha “Brasil contra a impunidade – Não à PEC 37”. Em todo o país serão realizados atos públicos para informar a população sobre a proposta de emenda constitucional que pretende tirar o poder de investigação criminal do MP. Atualmente em tramitação no Congresso Nacional, a PEC 37, também conhecida como “PEC da Impunidade”, representa um retrocesso no combate à criminalidade e à corrupção no país.

A campanha será divulgada nos veículos de comunicação e tem o apoio de diversas instituições, como a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e a Associação Brasileira de Imprensa (ABI), entre outras.

No estado do Rio está programado um grande ato público na Confederação Nacional do Comércio, na sexta-feira, dia 12. Antes, ocorrerão manifestações nos municípios de Volta Redonda, (10/4), e Campos (9/4). As ações no estado estão sendo coordenadas pelo MPRJ e pela Associação do Ministério Público (AMPERJ).

quinta-feira, 4 de abril de 2013

Prefeitura de Campos retoma pagamento de FGTS nesta sexta-feira




Dr. Claudio,

Boa noite.

Venho mais uma vez, solicitar os préstimos do companheiro para divulgar no blog, que é uma referencia de informação na nossa sociedade, que a PREFEITURA MUNICIPAL RETOMOU O PAGAMENTO DO FGTS nesta sexta feira, dia 05/04/2013 que estava suspenso.

A previsão é que ate a quinta feira da semana vindoura todos os lotes estejam depositados em conta salario dos servidores públicos de direito.

Mister, acrescentar que o pagamento seguira sucessivamente na próxima segunda feira dia 08/04/2013 e por diante.

Agradecido sempre pela sua colaboração.

Fabio de Azevedo Almeida
Diretor

Fiscalização dos Royalties: Roberto parabeniza parlamento campista e divulga parecer favorável proferido em âmbito estadual






Caríssimo Vereador Marcão,

Em primeiro lugar, parabenizo a V.Ex.ª pela feliz iniciativa no Parlamento Municipal de propôr a criação de uma ferramenta de controle e fiscalização das aplicações dos Royalties do Petróleo oportunizando a população (verdadeira dona do dinheiro público) sua participação através dos seus segmentos representativos. Na tentativa de colaborar, peço-lhe vênia e envio-lhe parecer FAVORÁVEL da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa ao Projeto de Lei nº 3025/10, de autoria do Deputado Marcelo Freixo que tem o mesmo objetivo do Projeto de Lei de V.Ex.ª.

Ressalto que face as minhas lutas como Vice-prefeito e nas oportunidades que ocupei o cargo de Prefeito de Campos, lutando sempre com todas as minha forças, arriscando a própria vida; o Projeto de Lei de V. Ex.ª é para mim um refrigero e a certeza de que os meus sacrifícios valeram a pena.

Parabéns, Vereador Marcão, espero que a Câmara de Campos no rigor das nossas tradições históricas , aprove sua proposta de alta relevância. Os desperdícios e gastos sem critério do passado e do presente têm que ser erradicados em Campos dos Goytacazes.


Redistribuição

Ementa da Proposição
DISPÕE SOBRE A CRIAÇÃO DO CONSELHO ESTADUAL DE FISCALIZAÇÃO DOS RECURSOS ADVINDOS DAS PARTICIPAÇÕES GOVERNAMENTAIS (ROYALTIES E PARTICIPAÇÃO ESPECIAL) DO PETRÓLEO E DO GÁS NATURAL E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS.


Texto do Parecer

PARECER

DA COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA AO PROJETO DE LEI Nº 3025/2010, QUE “DISPÕE SOBRE A CRIAÇÃO DO CONSELHO ESTADUAL DE FISCALIZAÇÃO DOS RECURSOS ADVINDOS DAS PARTICIPAÇÕES GOVERNAMENTAIS (ROYALTIES E PARTICIPAÇÃO ESPECIAL) DO PETRÓLEO E DO GÁS NATURAL E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS”.

Autor: Deputado MARCELO FREIXO
Relator: Deputado BERNARDO ROSSI
(PELA CONSTITUCIONALIDADE, COM EMENDAS)

I – RELATÓRIO
Trata-se de exame de projeto de lei que dispõe sobre a criação do conselho estadual de fiscalização dos recursos advindos das participações governamentais (royalties e participação especial) do petróleo e do gás natural e dá outras providências.

II – PARECER DO RELATOR
A presente proposição possui conteúdo meritório e de relevante interesse social, merecendo prosperar.
No entanto, o projeto de lei carece de reformas para sanar afronta ao artigo 112, §1º, II, “d” da Constituição Estadual, devendo receber as seguintes emendas:

EMENDA Nº 1
(MODIFICATIVA)

A ementa do Projeto de Lei nº 3025/2010 passa a vigorar com a seguinte redação:
“AUTORIZA O PODER EXECUTIVO A CRIAR O CONSELHO ESTADUAL DE FISCALIZAÇÃO DOS RECURSOS ADVINDOS DAS PARTICIPAÇÕES GOVERNAMENTAIS (ROYALTIES E PARTICIPAÇÃO ESPECIAL) DO PETRÓLEO E DO GÁS NATURAL E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS”
EMENDA Nº 2
(MODIFICATIVA)

O art. 1º do Projeto de Lei nº 3025/2010 passa a vigorar com a seguinte redação:

“Art. 1º. Fica o Poder Executivo autorizado a criar o Conselho Estadual de Fiscalização dos Royalties do Petróleo – Coefirp – órgão permanente, paritário, consultivo, deliberativo, formulador e controlador das políticas públicas e ações realizadas com financiamento total ou parcial da verba
oriunda das participações governamentais dos royalties do petróleo e do gás natural (royalties e participação especial), no âmbito do Estado do Rio de Janeiro”.

Diante do exposto, considerando que a matéria não encontra óbice à tramitação e atende à regular técnica legislativa, o meu parecer ao Projeto de Lei nº 3025/2010 é PELA CONSTITUCIONALIDADE, COM EMENDAS.

Sala da Comissão de Constituição e Justiça, em 9 de novembro de 2011.
(a) Deputado BERNARDO ROSSI, Relator.

III – CONCLUSÃO

A COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA, na 23ª Reunião Ordinária, realizada em 18 de dezembro de 2012, aprovou o parecer do Relator ao Projeto de Lei nº 3025/2010, concluindo PELA CONSTITUCIONALIDADE, COM EMENDAS.

Sala da Comissão de Constituição e Justiça, em 18 de dezembro de 2012.
(a) Deputados: BERNARDO ROSSI – Presidente, INÊS PANDELÓ – Vice- Presidente, ANDRÉ CORRÊA e LUIZ PAULO

Os cristãos novos e o organograma da Prefeitura de Campos






Neste momento está ocorrendo na Câmara dos vereadores, na sala do líder do governo Paulo Hirano, uma reunião com a presença de vários vereadores. Encontram-se presentes Neném, Thiago Virgílio, Magal dentre outros.

Segundo informações está havendo um clima de animosidade entre os novos e os mais antigos edis, no que tange a disputa de poder. Um dos temas da reunião é a chegada, na semana que vem à Casa do Povo, do novo organograma da Prefeitura de Campos.

Fontes noticiaram ainda que o resultado da reunião já está prejudicado, pois alguns vereadores que já possuem vários mandatos não poderiam estar presentes, pois já gozam de prestígio elevado junto à cúpula política que governa o município.

Alguns vereadores novos ameaçam emperrar as próximas pautas das sessões se os seus reclames não forem atendidos.

Pergunta de quem é extremamente inocente: qual a conexão entre o novo organograma que Fábio Ribeiro enviará à Câmara e a revolta dos cristãos novos?

Justiça Eleitoral faz novas eleições em 16 cidades no domingo




A Justiça Eleitoral vai realizar novas eleições para prefeito em 16 cidades de 7 estados do país no próximo domingo (7). Nesses municípios, o candidato que recebeu maior número de votos nas eleições de outubro concorreu com o registro rejeitado pela Justiça e, depois de esgotadas as possibilidades de recursos judiciais, não conseguiu reverter a decisão.

Veja a lista das cidades que terão eleições neste domingo:

Triunfo-RS
Fortaleza dos Valos-RS
Sobradinho-RS
Tucunduva-RS
Caiçara do Rio do Vento-RN
Serra do Mel-RN
Fernão-SP
Coronel Macedo-SP
Eldorado-SP
Muquém do São Francisco-BA
Diamantina-MG
Cachoeira Dourada-MG
São João do Paraíso-MG
Biquinhas-MG
Joaquim Távora-PR
Pedra Branca do Amapari-AP

As informações são do Portal G1.

Caro eleitor, onde você se enquadra?



Fotos: blog do Bastos


As fotos acima demonstram como a política é interessante. Enquanto em nosso município alguns cabos eleitorais brigam, desfazem amizades e não poupam a vida privada daqueles que não coadunam com a sua ideologia partidária, na capital federal os atores principais do processo político não perdem a oportunidade de praticarem o afago situacionista.

Isso serve para tirar, de uma vez por todas, da cabeça daqueles que tratam política com o coração, de que para as lideranças políticas, como as acima, há o estado maior e os soldados. Resta a você, calo eleitor, a seguinte indagação: onde você se enquadra?

PTC vai indicar Renato Alvarenga para secretário municipal, caso Oséias retorne à Câmara





O blog foi informado de que a possível saida de Alonsimar da qualidade de vereador já fez com que as lideranças do PTC de Campos preparassem a indicação de um outro nome para a Secretaria de Trabalho e Renda. 

Vale lembrar que o cabo Alonsimar ocupa uma cadeira na Câmara devido a um acordo costurado pelo Deputado federal Garotinho. Nesse contexto, o policial militar ficaria apenas três meses na função pública, prazo esse que possibilitaria o fim do processo administrativo que o levará a condição de militar reformado. Após, Alonsimar sairia da Casa do Povo para o retorno de Oséias, que hoje é secretário municipal.

Caso a saída de Alonsimar seja efetivada, a cúpula municipal do PTC vai indicar o ex-diretor da Campos Luz, no governo Garotinho,  Renato Alvarenga para manter a secretaria no controle da sigla. 

Surge a indagação: para onde irá Alonsimar?

Câmara fará sessão especial sobre segurança pública





A onda de violência que tem assolado o município de Campos foi um dos temas predominantes na sessão ordinária desta quarta-feira (03/04) da Câmara Municipal, onde a “bancada da segurança”, integrada pelos policiais e vereadores Gil Vianna (PR), Paulo Cesar Genásio (PSC) e Cabo Alonsimar (PTC), trataram do tema. Os parlamentares deram com ênfase na migração da criminalidade para o interior, a transferência de policiais para a capital e as condições de trabalho dos policiais. O presidente da Câmara, vereador Edson Batista (PTB), confirmou para o mês de maio a realização de uma sessão especial no Legislativo sobre o tema.

O assunto foi levantado pelo vereador Alexandre Tadeu (PR), quando propôs a realização de um ato de protesto da mesma dimensão da manifestação que houve recentemente em Campos pela manutenção dos royalties do petróleo. “Precisamos levantar essa bandeira da segurança porque não podemos mais tolerar a violência nesses atuais índices. A Câmara vai dar o primeiro passo para encabeçar um movimento pela paz em nossa cidade, até para sensibilizar o governo estadual. O desenvolvimento está chegando à nossa região, e com ele vem todas as mazelas. É preciso que o governo do Estado cumpra sua parte, dotando o município de melhores condições para a policia trabalhar”, afirmou.

Insuportável - Tadeu considerou que a situação chegou a um limite insuportável. “Da mesma forma que lutamos pelos royalties como uma questão de sobrevivência, essa é também uma questão de vida ou morte. A situação tomou uma dimensão que a população precisa ir às ruas. Precisamos mostrar nossa indignação”, definiu Tadeu, ao lembrar da morte do vice-presidente do Asilo do Carmo, Evaldo Araujo, assassinado em casa por um homem que tentava assaltar sua residência. Jorge Magal (PR) lembrou os assustadores números da violência em Campos no ano passado, quando mais de 200 pessoas foram assassinadas.

Alexandre Tadeu foi aparteado por Gil, Alonsimar e Genásio. "Estamos reféns dentro de nossas casas, onde não temos segurança, Imagine nas ruas", afirmou Gil. "Enquanto a bandidagem está equipada, a nossa polícia trabalha sem colete a prova de bala. E quando tem está com a validade vencida", observou cabo Alonsimar. Paulo César Genásio também considerou importante a mobilização da Câmara, mas também de toda a sociedade e cobrou investigações dos autores do assassinato de pessoas que participavam de um churrasco em Nova Brasilia. "Ao que saiba, ninguém foi preso até agora".

As informações são da Assecom da Câmara de Campos.

Professoras denunciam irregularidades na educação em A Polêmica, na 3ªViaTV





As professoras Odisseia Carvalho, assessora parlamentar de Lindbergh Faria, e Odete Rocha, presidente do PC do B em Campos, denunciaram diversas irregularidades na educação do município. As críticas foram feitas durante o programa A Polêmica, do advogado Claudio Andrade.

Durante o programa, as educadoras falaram da defasagem salarial dos professores do município, das dificuldades de comunicação entre a prefeitura e o sindicato dos professores, de contratações irregulares, sobre eleições diretas para diretores dos colégios, entre outros assuntos.

O programa A Polêmica será exibido na 3ª Via TV, nesta quinta-feira (4 de abril) às 8h30 com reprise às 18h, no canal 25 da Via Cabo.

As informações são do Jornal Terceira Via TV.