domingo, 1 de fevereiro de 2015

Petrolão: agente federal confessa que enviou propina para Campos dos Goytacazes


O agente da Polícia Federal Jayme Alves de Oliveira Filho, conhecido como Careca, admitiu, em depoimento sobre o escândalo do petrolão, que distribuiu propina a empreiteiros, empresários, ao ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa e ao lobista Fernando Soares a mando do doleiro Alberto Youssef. Conhecido como Fernando Baiano, Soares é apontado como o operador de parlamentares do PMDB no esquema.

Ao relatar suas atividades criminosas no esquema responsável por fraudes em contratos com a Petrobras, Careca citou endereços da propina delivery, como os escritórios das empreiteiras OAS, Camargo Correa e UTC, e ainda disse conhecer investigados que também carregavam propina por ordem do doleiro, como Rafael Ângulo Lopez, que recentemente celebrou um acordo de delação premiada, e o irmão do ex-ministro das Cidades Mario Negromonte, Adarico Negromonte.

Em depoimento, Careca detalhou ter enviado propina “duas ou três vezes” para Baiano e admitiu que em diversas outras situações despachou dinheiro para as cidades de Campos dos Goytacazes (RJ), São Bernardo do Campo (SP) e Rio de Janeiro. Pelas mãos do agente da PF, afastado do cargo depois de ter aparecido como um dos carregadores de propina de Alberto Youssef, Paulo Roberto Costa também recebeu propina a mando do doleiro “por mais de seis vezes”, sempre na loja de imóveis do genro, no bairro de Ipanema.

“Às vezes eu sabia que era vinho, mas às vezes sabia que era dinheiro, mas não sabia a quantidade que estava transportando”, disse ele, que ainda admitiu que, na maior parte das vezes, levava propina para o escritório da UTC, no Rio de Janeiro, e, em outros casos, para a filial da empresa em Belo Horizonte. Na distribuição da propina, Careca também citou como beneficiários o ex-ministro Pedro Paulo Leoni Ramos, integrante do governo do ex-presidente Fernando Collor, o ex-assessor João Claudio Genu, que já foi condenado no julgamento do mensalão e o empresário Julio Camargo, da empresa Toyo Setal.

Em mensagens trocadas com o doleiro Alberto Youssef após o delivery de dinheiro, Careca confirmava o serviço com o aviso: “terminei a entrega”.

Matéria na íntegra AQUI

sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

Riocard: vereador Albertinho faz denúncia sem prova


O site Ururau noticiou que o vereador Albertinho (PROS) declarou que existem denúncias de que alguns servidores estariam vendendo o seu Riocard. Segundo ele: “Existem várias denúncias de que servidores públicos vendem o seu Riocard e não usam"

Com todo o respeito, mas o vereador precisa vir a público e dizer onde estas denúncias foram protocoladas para que possamos acompanhar e aguardar a punição dessas pessoas.

Caso contrário, fica parecendo mais um ‘balão de ensaio’, - como tantos outros-, que servem para justificar ações impopulares.

Funcionários da Angels procuram respostas no Cesec: cadê Rosinha?




Juiz federal decreta a indisponibilidade dos bens de Rosinha e seu consorte


O juiz Sérgio Ricardo Arruda Fernandes, auxiliar da Corregedoria Geral do Estado do Rio de Janeiro, tendo em vista os termos do ofício 30\2015\0F, de 16 de janeiro de 2015, da lavra do juiz federal, Claudio Augusto Annuza Ferreira, da Central de Assessoramento Fazendário, nos autos da Ação Civil Pública, processo número 0506351-36,2014,8.19.0001, decretou a indisponibilidade dos bens de Rosinha Garotinho e de Anthony Garotinho, além de outros.

Sentença publicada no dia 22 de janeiro de 2015.

Fonte inicial de Fernando Leite



Os vereadores e suas empresas


Por Cláudio Andrade

A função típica de um vereador é a de fiscalizar o Poder Executivo e dar à sociedade eleitora e contribuinte satisfação acerca de como andam o Erário e seus investimentos.

Porém, é sabido que isso não funciona efetivamente e que o mecanismo de que a maioria dos prefeitos brasileiros dispõe para evitar essa fiscalização é loteando os cargos em comissão e das empresas terceirizadas aos membros do Legislativo dos municípios.

Para se ter uma breve noção dessa tática de mordaça feita pelos prefeitos, é só imaginar o seguinte: para contratar um funcionário, uma empresa deve estar legalizada e cumprir os direitos previstos na legislação trabalhista; direitos esses que não são poucos.

Além disso, é necessário estar em dia com os tributos que variam no âmbito federal, estadual e municipal. Isso onera em demasia os empresários brasileiros e o resultado é o alto índice de desemprego.

Muitos estão desempregados pelo fato de as pessoas jurídicas não terem aporte para oferecer a quantidade necessária de empregos.

Assim, surge a figura do vereador empresário. Muitos deles, dentro do território brasileiro, combinam com os prefeitos o apoio na Câmara em troca de emprego na Administração Pública Municipal.

Trata-se de uma operação lucrativa, pois além de não ensejar qualquer encargo para a contratação, o vereador recebe somente as vagas e a Prefeitura, via contribuinte, paga a conta daqueles que entram nas empresas terceirizadas ou nos cargos de confiança para trabalhar para os vereadores.

Os casos são surreais e, em conformidade com as publicações nos diários oficiais dos municípios (acessíveis a todos nos portais), há vereadores que têm mais de quinhentas pessoas empregadas na Prefeitura; seja na situação de cargo de confiança ou inseridas nas empresas prestadoras de serviço.

Essa promíscua e confortável situação castra o vereador e o torna um boneco nas mãos do prefeito. Esses membros do Legislativo passam a ser os articuladores dos prefeitos nas orquestrações políticas e aprovam todas as mensagens oriundas do Executivo enviadas à Casa de Leis; sejam benéficas ou não ao munícipe.

Caso fizermos uma matemática básica, constataremos o seguinte: se um vereador tem quinhentas pessoas dentro da Administração Pública e cada um desses indicados for chefe de uma família com três pessoas, teremos um exército eleitoral de mil e quinhentas pessoas fechadas com o edil ‘empregador’.

Caros leitores, mil pessoas gratas por um emprego elegem ou mantêm – a depender do partido - um vereador no seu mandato.

Partindo da premissa de que não há gastos na contratação e na manutenção desses empregados, estamos falando de um filão disputado “a tapa” por políticos em todo o Brasil.
O cenário ora narrado ainda não se modificou e as empresas terceirizadas têm sido a forma lícita de legalizar a compra de votos pelo país.

Por fim, a ciranda fica assim: o vereador pede, o prefeito encaminha, e a empresa terceirizada contrata.

Tudo dentro da lei e, claro, às nossas custas.

quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

Receio de complicações judiciais faz Edson convocar concursada




Cálculo errado: aviso prévio dos contratados da Nova Rio termina hoje



Os integrantes da secretaria de administração fizeram o cálculo errado e o aviso dos contratados da Nova Rio termina hoje. Sendo assim, para que não ocorra o mesmo problema que envolveu os funcionários da Angels é possível que amanhã, nenhum terceirizado trabalhe, somente os DASs.


Às 18 horas haverá uma reunião no setor de Recursos Humanos para definir a linha a ser adotada. Muitos apostam na prorrogação do aviso prévio.  

Rosinha queria Juncá, mas consorte impôs Frederico na educação

A Reforma da Orla II em Guarus



Quem reside ou frequenta a Orla II, em Guarus, sabe com propriedade que a situação no local é de total abandono.

Realizando uma pesquisa na relação de pagamentos da Prefeitura de Campos, identifiquei que a prefeita Rosinha pagou à Empresa Winner Empreendimentos e Serviços LTDA a importância de R$ 43.890.05 mil, mediante a nota fiscal nº 112.2.

Porém, o que se constata naquele local é lixo, mato alto, mendigos se instalando em banheiros, além de quiosques em péssimo estado e um cheiro fétido, que exala por toda a orla, causando sério risco à saúde pública.

Pois é. Mais um relato que comprova a aplicação mais do que indevida do dinheiro arrecadado com os tributos pagos por nós.

Partindo do princípio de que estamos em fase de contenção de despesas (o que foi anunciado pela Prefeitura), como chancelar que uma empresa receba considerável quantia para a realização de uma obra que, até o presente momento, os contribuintes sequer sabem o que será feito?

Considerando o mais novo Princípio Administrativo, a Eficiência significa que o agente público é obrigado a realizar suas atribuições com presteza, perfeição e rendimento funcional.

Resguardado por esse princípio, o cidadão contribuinte não pode se contentar em tomar ciência de que os serviços estão sendo desempenhados com “legalidade”. Deve-se exigir resultados eficientes e eficazes para que o serviço público seja satisfatório e atenda às necessidades da comunidade.

Sendo assim, é obrigação da Prefeitura de Campos, por seus agentes, trabalhar com padrões de razoabilidade, aproveitando da melhor forma possível todos os recursos humanos, materiais, técnicos e financeiros.

A Winner Empreendimentos e Serviços LTDA já recebeu pelo trabalho não realizado e nós - cidadãos pagadores - estamos aguardando a concretização desse serviço.

Volto a frisar. A situação no local é surreal e a população de Guarus precisa de uma satisfação já que estamos falando de dinheiro público e de uma vultosa quantia paga por um serviço até então inexistente.

Não podemos nos esquecer de que é dever da prefeita Rosinha buscar, entre os interessados a prestarem serviços públicos e com ela contratarem, a alternativa que mais bem atenda ao interesse coletivo.

Sendo a Winner Empreendimentos e Serviços LTDA a vencedora, dentre as que disputaram, cabe a nós fiscalizarmos e exigirmos que o serviço seja prestado de forma eficaz e com a maior transparência possível.

Por enquanto, estamos no aguardo. Atualmente, a Orla II é apenas uma via que envergonha a população de Campos, especialmente a de Guarus.

Caso a Orla II estivesse em um cartão postal da cidade, certamente serviria de retrato de uma Campos abandonada e entregue nas mãos do poder.

Cláudio Andrade

terça-feira, 27 de janeiro de 2015

Rosinha paga R$ 56.487.95 em buffet


ROBSON N OLIVEIRA DUTRA BUFFET NF-E 0729 30.12,
SERV.BUFFET 1 E 2 = 42.535,30

ROBSON N OLIVEIRA DUTRA BUFFET NF 733 02.12,
SERV. BUFFET 1E2QUINZ = 10.247,65

ROBSON N OLIVEIRA DUTRA BUFFET NF734 16.12,
SERV.BUF. 1 QUINZ DEZ = 3.705,00

Na bolsa de apostas vai dar Robson Buffet


FUNDAÇÃO CULTURAL JORNALISTA OSWALDO LIMA
AVISO DE LICITAÇÃO
PREGÃO PRESENCIAL SRP Nº 025/2014

A Pregoeira da FUNDAÇÃO CULTURAL JORNALISTA OSWALDO LIMA, com fulcro no art. 4º da Lei 10.520/02, no uso de suas atribuições, torna público e comunica aos interessados que fará realizar a licitação na Modalidade Pregão Presencial SRP nº 025/2014, conforme discriminado abaixo:

Objeto: Registro de Preços para futura e eventual contratação de empresa especializada em prestação de serviço de “BUFFET” (lanche, camarim, coquetel e “coffee break”), indispensável ao atendimento dos eventos culturais, artísticos, esportivos e comemorativos programados para o município de Campos dos Goytacazes pela Fundação Cultural Jornalista Oswaldo Lima - FCJOL.

Data e horário para a entrega dos documentos e Proposta Comercial:
09 de fevereiro de 2015 às 10h (dez horas).

O Edital poderá ser adquirido na sede da Prefeitura Municipal de Campos dos Goytacazes, localizada à Rua Coronel Ponciano de Azeredo Furtado, n° 47, Parque Santo Amaro, Campos dos Goytacazes, RJ, telefone nº (22) 2733-7657, no horário de 9:00 às 17:00 horas, de 2ª a 6ª feira, exceto feriados do Município de Campos dos Goytacazes, Estaduais e Nacionais, mediante requerimento em papel timbrado da empresa e a entrega de 01(uma) resma de papel A-4.

Campos dos Goytacazes, 26 de janeiro de 2015.
Roberta Ramos Robaina Zainotte
Pregoeira da FCJOL
Id: 1786527

Rosinha troca secretário de paz e defesa social

Atos da Prefeita

Portaria N°042/2015
A PREFEITA DO MUNICÍPIO DE CAMPOS DOS GOYTACAZES, no uso de suas atribuições legais, RESOLVE, a pedido, tornar sem efeito a Portaria nº 1994/2013, que nomeou Francisco José Pereira Melo, para exercer na Secretaria Municipal de Paz e Defesa Social, o cargo em comissão de Secretário, Símbolo DAS-01, com vigência a contar de 26/01/2015.
PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPOS DOS GOYTACAZES, 23 de janeiro de 2015.
Rosinha Garotinho
- Prefeita-

Portaria N°043/2015
A PREFEITA DO MUNICÍPIO DE CAMPOS DOS GOYTACAZES, no uso de suas atribuições legais, RESOLVE, nomear, com base na Lei nº 8344/13, Alcemir Pascoutto da Rocha, para exercer na Secretaria Municipal de Paz e Defesa Social, o cargo em comissão de Secretário, Símbolo DAS-01, com vigência a contar de 26/01/2015.
PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPOS DOS GOYTACAZES, 23 de janeiro de 2015.
Rosinha Garotinho
- Prefeita-
Id: 1786090

Morre o jornalista Fernandinho Gomes


Faleceu hoje, no Hospital Dr. Beda, o jornalista Fernando José Gomes Júnior, aos 59 anos. Ele estava internado no hospital desde o início do ano devido a um efisema pulmonar. Ele teve uma súbita piora do quadro hoje pela manhã, sendo transferido para a UTI, onde não resistiu, vindo a falecer por volta de 11h00.

No meio jornalístico ele ficou notoriamente conhecido como Fernandinho Gomes, titular da coluna social Mistura Fina na Folha da Manhã desde 1979, voltada para o público jovem e adolescente, que fez história, sendo o pioneiro e a principal coluna deste segmento até hoje. Pela Mistura Fina passaram gerações e gerações de campistas, retratados em sua mais áurea fase.

Fernandinho Gomes também foi o pioneiro ao levar o colunismo social jovem e adolescente para a TV, com o programa “Mistura Fina na TV”, exibido com sucesso na TV Planície (SBT), hoje InterTv Planície (Globo), cujo formato não permite programas deste segmento. Atualmente o programa estava sendo exibido no canal de TV por assinatura Plena TV.

Ele era o mais antigo funcionário da Folha da Manhã, atuando no jornal, fundado em janeiro de 1978, desde 1979. Fernandinho sempre se destacou pela organização, correção, profissionalismo e pelo caráter, artigo tão raro hoje em dia.

Folha da Manhã 

Pressão social e ordem judicial faz Edson Batista prometer convocar aprovada amanhã


Após ser intimado a prestar esclarecimentos na delegacia, o presidente da Câmara Edson Batista, informou que a publicação da portaria com a nomeação da concursada deve sair amanhã (28 de janeiro).

Fonte: Terceira Via

Rosinha pagou R$ 43.890.05 mil para reforma da orla II, mas o serviço está sendo feito?


A Prefeita Rosinha pagou à empresa Winner Empreendimentos e Serviços LTDA a importância de R$ 43.890.05 mil, mediante a nota fiscal nº 112.2. Porém, passo por ali, pelo menos duas vezes por semana e o que eu presenciei foi lixo, mato alto, mendigos morando nos banheiros, quiosques em péssimo estado e um cheiro fétido que exala por toda a orla.

Diante disso, surge o questionamento: onde essa obra está sendo realizada?

segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

Rosinha paga milhões em empréstimos bancários



Qual foi o destino?

20140040075631 2015
OB: 00152
CAIXA ECÔNOMICA FEDERAL
Consig./Desc. folha MENSAL de 12/2014 -
R$ 1.962.526,71

BANCO SANTANDER (BRASIL) S.A.
Consig./Desc. folha MENSAL de 12/2014 -
R$ 1.256.781,16

Filho do diretor do Ferreira Machado sofre grave acidente de carro


O filho do médico e diretor do Hospital Ferreira Machado Ricardo Madeira, Ricardo Salgado de Azevedo, de 20 anos, sofreu um grave acidente no último fim de semana, em Angra dos Reis, no Rio de Janeiro. Ele estava com um amigo, que morreu na hora.

Transferido para Campos, Ricardo Salgado está internado na Unidade de Tratamento Intensivo, em um hospital particular de Campos.

A vítima é estudante de Medicina da Faculdade de Medicina de Campos desde outubro de 2012.

De acordo com a assessoria do hospital onde Ricardo está internado, ele se encontra em estado grave, com varias fraturas na face e pernas.

Fonte: Terceira Via

Ônibus do Americano é depredado


O ônibus do Americano Futebol Clube, um modelo antigo, que fica estacionado em frente ao ginásio do clube, foi apedrejado no último final de semana e atrasou a saída dos jogadores para o treinamento na localidade de Outeiro.

Vândalos entraram no Ônibus durante a madrugada, quebraram a porta de entrada e danificaram poltronas e a lateral do veículo. Além disso, esvaziaram o extintor de incêndio sujando todo o interior do ônibus. Além disso, o pára-brisa do lado do motorista foi quebrado e os estilhaços espalhados por todo o ônibus. Os limpadores de para brisas também foram danificados.

Logo cedo, uma avaliação foi feita na parte mecânica, mas o ônibus não deve sair até que esteja consertado. Com isso os jogadores esperaram no ginásio até a chegada de outro coletivo que foi alugado.

“Não posso acreditar que tenham feito tamanha covardia, lutamos com dificuldade para fazer as coisas acontecerem e um grupo de vândalos e baderneiros nos faz uma maldade dessas. Vamos seguir em frente trabalhando e mostrando que o trabalho sério é o único caminho para se chegar a algum lugar, isso não vai nos abater”, declarou o presidente do clube

Luciano Viana.

O clube vai solicitar ao Cidac imagens das câmeras de vídeo instaladas na Avenida 28 de Março. Uma delas está instalada em frente a Universo e captou toda a movimentação.

Oposição construtiva faz o "Conexão Cláudio Andrade" crescer cada vez mais


Gostaria de ressaltar a participação da comunidade campista no “Conexão Cláudio Andrade” de ontem (domingo), transmitido pela rádio Continental 1270 AM.

No último domingo tivemos a participação de ouvintes de várias localidades do município.

Gostaria de agradecer, em especial aos amigos da Pecuária, Venda Nova, Nova Canaã, Lapa, IPS, Custodópolis, Santa Rosa, Parque Rodoviário, Parque Califórnia, Goytacazes, Pelinca, Campo Limpo, Tarcisio Miranda, Parque Prazeres, Campo Novo, Parque Leopoldina, Parque Rosário e Parque Aurora.

Obrigado a todos.

Cláudio Andrade

domingo, 25 de janeiro de 2015

Rosinha esquece o barril e já gastou com shows, R$ 698.455 mil somente em 2015


A Prefeita Rosinha Garotinho alegou a queda do barril de petróleo para enxugar a máquina e colocar na rua milhares de pessoas. Porém, observando o Portal da Transparência pude notar que a ex-governadora continua gastando firme com shows.

Somente nas quatro semanas de janeiro de 2015, a Prefeitura já gastou R$ 698.455 mil reais.

Imagina quando o carnaval chegar.......

Cláudio Andrade e os números que Rosinha não divulga para a sociedade

sábado, 24 de janeiro de 2015

O triste fim do Atafona Praia Clube









Depois de muitos anos entrei no Atafona Praia Clube. Ali, parte importante de minha vida foi escrita. Olhar o estado de ruínas do local me emocionou.

Uma pena. 

Vi, recordei e chorei.

sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

Acordo deve manter 40% na Nova Rio


O blog foi informado de que houve uma reunião entre representantes do governo municipal e da Nova Rio. Diante do desgaste que Rosinha está passando devido às demissões, um acordo foi celebrado e a empresa não irá manter somente 20% e sim 40%.

Trata-se de uma forma de tentar amenizar a tensão social com as demissões.

Vamos aguardar.

quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Rosinha paga, em menos de um mês, várias notas para a mesma empresa

Lendo o relatório de desembolso da Prefeitura de Campos fiquei abismado como Rosinha abandonou a história do barril e resolveu abrir o cofre.

A Empresa Master de Cachoeiro Imóveis e Equip de Escritório recebeu, em menos de um mês, vários numerários, conforme valores e notas fiscais abaixo discriminadas.

NF 3615 DE 22/12/14
34.740,00
NF 3616 DE 22/12/14
11.580,00
NF 3617 DE 22/12/14
35.280,00
NF 3615 DE 22/12/14
34.740,00
NF 3616 DE 22/12/14
11.580,00
NF 3617 DE 22/12/14
35.280,00
NF 3617 DE 22/12/14
35.280,00
NF 3589 DE 12/12/2014.
18.640,00
NF 3615 DE 22/12/14
34.740,00
NF 3616 DE 22/12/14
11.580,00
NF 3617 DE 22/12/14
35.280,00
NF 3589 DE 12/12/2014.
18.640,00
NF 3239 DE 02/07/2014.
22.600,00

Paciente ingressa com ação e TJ obriga Rosinha a fornecer medicamento para câncer de pulmão

Clique para ampliar


Clique para ampliar

Considerado "Porcaria" pelo governo, UH recebeu R$ 741.821.08 mil, somente em Dezembro


Plano UH considerado "PORCARIA", recebeu de Rosinha, somente no dia vinte e três de dezembro de 2014, R$ 741.821.08 mil. Dinheiro nosso, suado e pelo visto, jogado no ralo.

Nº do contrato para que não restem dúvidas: 2014.0040077627

Pagando isso tudo por uma "Porcaria"?

"A Polêmica" entrevista o Comandante do 8º Batalhão de Policia Militar de Campos





Procuradoria da Câmara de Campos entra com HC preventivo em favor de Edson Batista


A Procuradoria da Câmara dos vereadores de Campos dos Goytacazes, por seu procurador geral Luis Felippe Klem, entrou com um pedido de habeas corpus no Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, em favor do presidente da Casa, o médico e vereador Edson Batista.

O HC foi distribuído na tarde de ontem, quarta-feira (21) e se encontra na Terceira Câmara Criminal do Tribunal, sob responsabilidade do desembargador Antônio Carlos Nascimento Amado.

Na última segunda-feira (19), a magistrada da Terceira Vara Cível de Campos, Flávia Justus, determinou que Edson Batista fosse à 134 DP para assinar um termo circunstanciado “por crime de desobediência”.

Na decisão, a magistrada fundamenta que, tendo em vista o descumprimento da ordem retratada à fl. 355, não se tendo, nos autos, notícia do resultado do exame médico pré-admissional da parte autora, deveria ser procedida a condução do Presidente da Câmara Municipal à delegacia policial para lavratura de termo circunstanciado por crime de desobediência sem prejuízo da multa arbitrada.

A candidata em questão se chama Layana Vieira Gomes e foi aprovada para o cargo de assistente técnica operacional.

Até o presente momento, o vereador não cumpriu a ordem judicial de comparecimento nem mesmo de convocação da aprovada.

A matéria porde ser lida também na Folha da Manhã

quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

Denjud e Guelli recebem milhões da Prefeitura de Campos


Lendo o Relatório de desembolso da Prefeitura de Campos (17/12/2014 a 13/01/2015) reparei que duas empresas de serviço de merenda escolar conseguiram algo improvável diante da crise administrativa que assola a prefeitura de Campos.

As empresas Denjud Refeições Coletivas Adm e Serv. Ltda e a empresa Guelli Comércio e Indústria de Alimentos LTDA receberam milhões de reais conforme os valores abaixo discriinados.



Consta que a Denjud Refeições Coletivas Adm e Serv. Ltda recebeu os seguintes valores:

R$ 396.340.85
R$ 604.675.85
R$ 591.070.40
R$ 85.106.12
R$ 344.766.37
R$ 352.371.21
R$ 508.153.91
R$ 529.227.89

Consta que a Guelli Comércio e Indústria de Alimentos LTDA recebeu os seguintes valores:
R$ 59.173.61
R$ 365.753.14
R$ 475.639.14
R$ 407.651.17
R$ 281.002.50
R$ 714.076.73
R$ 756.794.72
R$ 705.513.39
R$ 510.101.55
R$ 635.916.13
R$ 446.395.09
R$ 775.545.83