Anuncie Aqui

quarta-feira, 16 de abril de 2014

Defesa Civil e Meio Ambiente de SJB estão em alerta no Pontal‏


A Defesa Civil e a secretaria de Meio Ambiente de São João da Barra estão em alerta no Pontal de Atafona para garantir a segurança de cerca de 20 famílias que tiveram suas casas alagadas. Com a elevação da maré chegando a 1m40, o ponto crítico de alagamento foi a última Rua do Pontal em direção à Foz do Rio Paraíba do Sul. A alta da maré foi provocada pela mudança climática dos últimos dias, sendo considerada normal e esperada pelos moradores nesta época do ano.

A elevação prosseguiu na tarde desta quarta-feira, 16, chegando a 1m30, como já estava prevista na tábua de maré. “Essa elevação é 10 centímetros a menos que ontem, o que significa que o período de maré alta já está passando”, disse o coordenador municipal de Defesa Civil, Adriano Martins de Assis.

Entre as medidas de socorro nesta área de risco está o esforço da prefeitura para retirada dos moradores que se recusam a deixar suas casas. Apenas duas famílias aceitaram a remoção cujo alojamento está a cargo da secretaria de Assistência Social por meio do CRAS.

As equipes de monitoramento vão permanecer em vigilância e auxiliam os moradores em quaisquer necessidades. A previsão é de que até às 22h desta quarta-feira o volume de água seja reduzido a 20 centímetros.

Assecom da Prefeitura de SJB

O abandono afetivo


A família brasileira vem passando por consideráveis reformulações. Hoje, pais e filhos se encontram em uma grande variedade de espécies de família, o que vem causando reações diversas, mormente de cunho negativo.

O chamado abandono afetivo é, atualmente, um termo frequente no âmbito forense e nos mais variados manuais de Direito de Família. Esse fenômeno, que está tão em voga, não é de agora, pois se trata da inexistência do amor em milhares de relações entre pais e filhos por nosso país adentro.

Essa indiferença afetiva dispensada por um ou pelos dois genitores sempre causou danos psíquicos imensuráveis aos filhos. Na fase contemporânea, esses danos - antes reservados a debates apenas no seio familiar - ganharam ares judiciais e estão na pauta do STJ.

Os Ministros do Superior Tribunal de Justiça terão a grande oportunidade de uniformizar o entendimento acerca do tema por ocasião de um julgamento que se encontra na Relatoria do Eminente Ministro Marco Buzzi.

Sendo assim, o abandono afetivo deve ser observado sob o prisma das consequências jurídicas do descumprimento dos deveres de sustento, guarda e educação, o que pode causar a destituição do poder familiar.

Um filho - seja ele biológico ou adotado - precisa ser criado sob o mínimo de dignidade afetiva e material para uma formação capaz de ensejá-lo à qualificação e aperfeiçoamento moral e ético.

No entanto, a grande questão é que os danos causados pelo abandono afetivo sempre foram vistos de forma pouco relevante. Partindo desse princípio, muitas crianças e adolescentes, incentivados pelos detentores de sua guarda física, estão ingressando em Juízo para receberem indenização pelos anos de carência afetiva por aquele que os abandonaram.
Seria o amor passível de ser reparado por via judicial?

Para Nicholas Sparks, às vezes, é preciso que você se afaste das pessoas de que mais gosta. Mas isso não quer dizer que você as ame pouco. Pode ser que você as ame ainda mais.

Devem os pais serem condenados pelo afeto que não ofereceram aos seus filhos?

Sabe-se que existem aqueles que, mesmo sendo o (a) genitor (a), ignoram a essencialidade do afeto e abstraem de suas mentes as responsabilidades, sendo “frios” ao ponto de não sucumbirem aos mais emocionantes apelos de seus filhos.

Enquanto isso, a professora Maria Berenice Dias foi ao cerne da questão: “o grande desafio dos dias de hoje é descobrir o toque diferenciador das estruturas interpessoais que permita inseri-las em um conceito mais amplo de família. Esse ponto de identificação é encontrado no vínculo afetivo”.
Não restam dúvidas de que não teremos, tão cedo, uma posição uniforme acerca dessa delicada questão. Porém, certo é que estamos diante de uma massa de infantes que precisam ser criados à luz da lei e do amor.

A legislação é fria, mas o amor não. Definitivamente não.

Um amor, quando verdadeiro, ainda é autor de milagres. E o cuidado que se deve ter é para que os abandonados de hoje não sejam os que abandonarão amanhã.

Cláudio Andrade

PMDB comemora crescimento de Pezão, na pesquisa do GPP

Clique para ampliar

"Basta! Se o caso não andar, temos que ter uma CPI que investigue."

Roberto fará novo pronunciamento acerca do caso "Meninas de Guarus"



Após o pronunciamento de ontem, na ALERJ, o deputado Roberto Henriques volta a debater o caso " meninas de Guarus".

Assistam agora pela TV ALERJ.

www.tvalerj.gov.tv

Agora é lei: comércio NÃO pode cobrar valor mínimo para compras com cartão


AGORA É LEI: COMÉRCIO NÃO PODE COBRAR VALOR MÍNIMO PARA CARTÃO

Foi sancionada pelo executivo e publicada no Diário Oficial do Estado nesta quarta-feira (16/04) a Lei nº 6.755/14, que proíbe os estabelecimentos comerciais fluminenses a exigência de um valor mínimo para compras e consumo com cartões de crédito ou débito. Quem descumprir a norma estará sujeito a sanções previstas no Código de Defesa do Consumidor, que vão de multa ao fechamento do estabelecimento. Segundo o autor da lei, deputado Átila Nunes (PSL), a lei busca reforçar um direito já previsto pelo CDC: "Muitas vezes o consumidor se vê obrigado a adquirir mais produtos para poder efetuar pagamento por conta dessa exigência. É uma prática comum", salientou.

Rosinha vai pagar R$ 689.915.25 mil em inscrições, correções, elaborações e aplicação de provas


Foi publicado hoje, no Diário Oficial do município, o processo nº 2013.115.033307-2 PA, referente ao contrato 141/2014 cujo objeto é a prestação, pela UERJ, de serviços de inscrição, elaboração, aplicação e correção de provas objetivas visando o preenchimento de vagas e formação de cadastro de reserva para quadro de servidores efetivos da área de saúde e educação da Prefeitura de Campos.

Para a prestação dos serviços a UERJ vai receber, por doze meses de contrato, R$ 689.915.25 mil reais.

Id.: 1661935

Ladrões invadem casa do líder do Trio Los Angeles e 3 três morrem


Ladrões invadiram a casa do líder do Trio Los Angeles, banda de sucesso nos anos 80, na noite desta terça-feira (15), em Carapicuíba, na Grande de São Paulo, e mantiveram seis pessoas reféns. Uma irmã do cantor, que se escondeu no quarto, chamou a Polícia Militar, como informou o Bom Dia São Paulo. Quando a polícia chegou, houve troca de tiros e três ladrões morreram.

Os cinco criminosos invadiram a casa do cantor Márcio Mendes, que fica em um condomínio fechado, por volta das 19h30.

Dois homens que consertavam o portão da casa foram os primeiros a serem rendidos. “Nós nem vimos o carro parar, nada. Quando fui sair já entrou um rapaz com revólver na mão dizendo que era um assalto”, afirmou o serralheiro.

Os assaltantes amarraram seis pessoas entre integrantes da família e funcionários por meia hora e reviraram a casa atrás de dinheiro e joias.

“Eu apanhei, levei soco na cara, fui amordaçado, amarraram minhas pernas. Se você não coopera a gente vai te apagar”, contou o cantor.

Os ladrões planejavam usar um carro, que eles roubaram cerca de sete horas antes de chegar à residência, para levar alguns pertences. Eles chegaram até a colocar no porta-malas discos de ouro e de platina do Trio Los Angeles, além de uma televisão.

A irmã de Márcio, que já foi do Trio Los Angeles, também estava na casa, conseguiu se esconder no quarto dos fundos e chamar a polícia.

“A polícia pediu para eu não sair, para eles não descobrirem que eu estava lá. Eu não ouvi a polícia chegar. Quando eu ouvi o tiroteio, eu entrei em desespero, porque achei que eles estavam matando a minha família”, disse Ana Maria Mendes.

A sala ficou com o espelho estilhaçado, marcas de tiros na parede e cápsulas espalhadas pelo chão. “Quando entramos na casa, na porta principal, fomos recebidos a tiros, revidamos a agressão. Dois indivíduos conseguiram fugir pelo fundo, pularam a cerca e fugiram”, afirmou o policial militar Ademir Just.

Um dos três ladrões mortos era filho de um policial, que não quis conversar com a equipe de reportagem para o Bom Dia São Paulo. A polícia procura os dois assaltantes que fugiram.

G1.

terça-feira, 15 de abril de 2014

Disputas do Soletrando começam em Quissamã


Os alunos da rede pública municipal de Quissamã já estão empenhados na etapa eliminatória da 4º edição do Soletrando, que começou na segunda-feira (14) e se estende até 12 de maio. Os participantes foram divididos em duas modalidades, 5º e 6º ao 9º ano. As finais estão marcadas para os dias 20 e 21 de maio, no auditório da Prefeitura.

A coordenadora de Ensino da secretaria de Educação, Amanda Fragoso, falou sobre a realização do evento de disputa de soletração.

“O Soletrando Municipal é um projeto e um investimento da secretaria de Educação, em prol da solidificação do currículo. É simultaneamente um recurso e uma estratégia para trabalhar a língua portuguesa nas escolas e salas de aula. O objetivo a curto prazo é trabalhar a gramática de forma dinâmica, interativa e divertida. Enquanto que o objetivo a médio prazo é mais amplo: incentivar a construção de alunos capazes de utilizar a língua portuguesa com propriedade”, avaliou.

Em 2013, a estudante Thalita dos Santos Albino, de 10 anos, foi a grande vencedora entre os alunos do 5º ano e Greiciane Silva do Espírito Santo foi a melhor entre os participantes do 6º e o 9º ano.

Assecom da Prefeitura de Quissamã

Por amizade, Linda deixa de fiscalizar para apoiar quem deveria ser fiscalizada


Li na Folha da Manhã (Blog Opiniões) que será organizado pela vereadora Linda Mara um ato público de apoio à Patrícia Cordeiro, presidente da FCJOL, amanhã, com concentração no Chá-chá-chá, no centro de Campos.

Trata-se de um absurdo uma vereadora que possui como uma de suas funções típicas fiscalizar a administração pública ser uma das organizadoras do evento. 

Seria digno se Linda Mara levasse Patrícia à Câmara, para que ela pudesse prestar constas da utilização do dinheiro público investido nos eventos culturais de nosso município.

Uma inversão de valores incrível. Quem teria que fiscalizar, por amizade (leia AQUI) , apóia a fiscalizada, em uma salada que nos deixa atônitos.

Roberto Henriques estranha impedimento de juízes de Campos no caso "Meninas de Guarus"



O deputado estadual Roberto Henriques discursou hoje na tribuna do plenário da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro e falou sobre o fato de todos os juízes da cidade de Campos dos Goytacazes se darem por impedido para atuarem no caso conhecido como Meninas de Guarus. O caso que tomou conhecimento através dos meios de comunicação da cidade e já completa cinco anos que seu inquérito foi instaurado e não houve indiciados.

“Não é possível que até hoje, com a denúncia de um rede de prostituição infantil e a morte de duas meninas, duas crianças, nada tenha sido descoberto. O caso ficou parado muitos anos na mão do promotor Leandro Manhães e nada foi feito. Com a nomeação da promotora Roberta Felisberto Chaves, no ano passado, acendeu de novo a esperança para o povo de Campos e precisamos de um desfecho para esse caso pavoroso e dar um fim ao festival de omissões que temos assistido”, explicou Henriques.

O parlamentar aproveitou para cobrar, mais uma vez, uma posição do presidente da Comissão de Direitos Humanos da Alerj, o deputado estadual Marcelo Freixo, uma posição mais ativa para o caso. Ao longo do ano passado e deste ano, Henriques cobrou via ofício, por três vezes, uma atuação do presidente da comissão sem obter resposta.

“Enviarei, hoje, um ofício para as Comissões de Defesa da Mulher e da Criança e do Adolescente pedindo apoio para a cobrança pelo andamento das investigações. Caso o deputado estadual Marcelo Freixo não aja com a mesma energia que costuma agir em outros casos, passarei uma inicial do fato determinante pedindo a assinatura de apoio de outros colegas para instalar a CPI do Caso das Meninas de Guarus. É inadmissível que mais cinco anos se passem e nada seja feito. Todos por onde esse caso passou, desde o seu início, Conselhos Tutelares, Polícia Civil e Ministério Público, precisam ser arguidos sobre a não conclusão e devida denúncia nominal dos agentes dos crimes divulgados pela imprensa”, afirmou o deputado estadual Roberto Henriques.

A Polêmica debate direitos do consumidor e papel do Procon hoje


O programa “A Polêmica” desta terça-feira (15 de abril) recebe a diretora do Procon de Campos, Rosângela Tavares, para uma conversa sobre a defesa dos direitos do consumidor em Campos. O programa vai ao ar às 22h30 na 3ª Via TV (canal 25 da ViaCabo e da VerTV).

Cláudio Andrade e Rosângela irão falar de como a relação entre quem compra e vende tem mudado. Com o Código de Defesa do Consumidor, os próprios clientes e usuários de serviços começam a perceber seus direitos.

O Procon de Campos tem dado sinais de estar atento aos direitos e deveres da economia informal, dos vendedores autônomos e a discussão de cobranças indevidas ou a garantia estendida.

Esses são alguns dos assuntos do “A Polêmica” desta noite, que tem a apresentação de Cláudio Andrade.

Estudantes fazem manifestação na Câmara de Campos pedindo ônibus


Deputado estadual do Rio usou carro oficial para ir ao evento de Aécio Neves


O presidente da Comissão de Transportes da Assembleia Legislativa, Marcelo Simão, do PMDB, usou o carro oficial do Poder Legislativo, número 065, para ir ao jantar de apoio ao tucano Aécio Neves, na noite de segunda-feira, em um restaurante do Jardim Botânico, zona sul do Rio. O carro, estacionado na calçada, ficou esperando o deputado até pouco antes da meia-noite. O deputado disse que estava em um compromisso de trabalho antes do jantar e, como chovia muito e estava em cima da hora do compromisso, não teria como ir em casa, em São João Meriti, na Baixada Fluminense, pegar o carro particular. O parlamentar pediu desculpas pelo estacionamento irregular na calçada.

O uso de carro oficial para fins particulares, inclusive partidários, é vedado pela lei federal 8429, de improbidade, e pela lei eleitoral 9504/97. "Em tese, a conduta se enquadra tanto na lei de improbidade como em duas modalidades de ilícito da lei eleitoral", afirmou a professora de direito eleitoral da Fundação Getúlio Vargas no Rio, Silvana Batini.

Estadão.

Garotinho multado, diz que sentença vai ser reformada


"É inquestionável que o Tribunal Regional Eleitoral do Rio passou por mudanças para melhor. Mas também é inquestionável o equivoco de algumas decisões tomadas recentemente em relação à propaganda eleitoral antecipada. Na sua mais recente decisão fui multado em R$ 682 mil porque o juiz entendeu que a propaganda era uma promoção pessoal e que o conteúdo da expressão "o que é bom de verdade tem que ser para todo mundo" tinha caráter "notadamente eleitoral". Vamos aos equívocos.

Em nenhum momento houve infração à lei, que só pode ser caracterizada mediante pedido de voto ou promoção pessoal, e nenhuma das duas situações está configurada na propaganda veiculada na televisão e no rádio em outubro de 2013.

O segundo equívoco é ainda maior que o primeiro. Para chegar a tal valor (R$ 682 mil) o juiz calculou o preço de uma inserção de TV de 30 segundos e fez o mesmo para o rádio. Isso não existe na lei. Imaginem se o TSE, que considerou a aparição da presidente Dilma em rede nacional de TV e rádio durante 15 minutos fosse aplicar a ela o que o TRE - RJ aplicou a mim. A multa aplicada à presidente está dentro dos parâmetros estabelecidos pela resolução do TSE, mínimo de R$ 5 mil e máximo de R$ 25 mil. O juiz do TRE - RJ aplicou o que, segundo ele, equivaleria a uma inserção na TV (R$ 46.400 por cada inserção).

Como legislador sei muito bem que tribunais não fazem leis, podem no máximo interpretá-la. Não cabe ao TRE - RJ ou a qualquer tribunal adotar medidas que não têm fundamentação legal e nem jurisprudência em tribunais superiores.

É claro que esta decisão será reformada, mas até lá fica a impressão de que cometi alguma ilegalidade. Também não caberia uma ação minha por perdas e danos à imagem contra essa decisão? Não, a lei não prevê isso, portanto não posso fazê-lo. Engraçado é que o fato mais grave desta eleição até agora continua sem uma resposta. O deputado federal Áureo, presidente estadual do Solidariedade, disse em entrevista à rádio CBN, que o seu partido vai apoiar Pezão em troca de R$ 13 milhões. Disse inclusive o nome da empreiteira que iria entregar o dinheiro. Foi mais longe afirmando que tudo foi acertado entre ele, o presidente nacional do partido, Paulinho da Força, Cabral e Pezão. Esse fato é gravíssimo e até agora além de um desmentido tímido nenhuma providência foi tomada. A maior prova que o poder econômico está agindo para comprar partidos em apoio ao governo de Pezão é a total falta de lógica política no que vou relatar agora.

Em todas as eleições os partidos procuram fazer alianças com os que candidatos que lideram as pesquisas. No Rio o candidato Pezão é o último colocado, não alcança nem 7% de intenção de votos, no entanto já conta com o apoio de 14 partidos. Das duas, uma: ou eles são muito otimistas ou estão sendo comprados. Cadê a Justiça Eleitoral?"

Blog do Garotinho.

Conselho de Educação de SJB na coordenação da Uncme‏


Na última quinta-feira, 10, o Conselho Municipal de Educação de São João da Barra foi eleito o coordenador da União Nacional dos Conselhos Municipais de Educação (Uncme) da região Norte e Noroeste Fluminense, que abrange 18 municípios. A disputa foi entre Campos e São João da Barra, que venceu por 6 votos a 4.

A Uncme tem como atribuição articular e orientar os conselhos municipais de Educação nas deliberações e normatizações para a promoção da educação do município. Coordenar a Uncme permite que a Secretaria de Educação de São João da Barra ganhe destaque na região, além facilitar o contato com os conselhos municipais.

- Ganhamos a eleição através da apresentação das diversas ações que promovemos em 2013 e também por estarmos investindo na qualificação dos conselheiros, através da participação no Curso de Formação para Conselheiros Municipais, ofertado pelo Governo do Estado, que está acontecendo na Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, - explicou Marcela Toledo, integrante do Conselho Municipal de Educação sanjoanense, eleita coordenadora da Uncme.

A posse do novo colegiado que coordenará a Uncme, formado por representantes de São João da Barra, São Francisco do Itabapoana, Campos e Itaperuna, vai acontecer em Rio das Ostras, no dia 5 de junho. Na ocasião também vai ser realizado o encontro estadual para a eleição da nova diretora estadual da Uncme.

Roberto fala do caso "Meninas de Guarus" e TJ deverá nomear novo magistrado para presidir o caso



O deputado Roberto Henriques irá discursar na Alerj acerca do caso “Meninas de Guarus”. Segundo informações recebidas pelo blog, além das tradicionais e relevantes cobranças, o parlamentar vai noticiar que o Tribunal de Justiça nomeou um magistrado para presidir o caso.
Assistam pela TV Alerj pelo endereço

http://www.tvalerj.tv/    

Sem oficializar renúncia, André Vargas continua vice-presidente


O deputado André Vargas (PT-SP) continua no cargo de 1º vice-presidente da Câmara dos Deputados, apesar de o líder do PT, deputado Vicentinho (SP) ter lido aos jornalistas na última quarta-feira uma carta em que Vargas renuncia ao cargo.

A Secretaria-Geral da Mesa Diretora não recebeu nenhum pedido oficial de renúncia e, portanto, a carta não tem validade.

A assessoria da 1ª vice-presidência disse ter conhecimento de que o pedido de renúncia não foi efetivado, mas não quis comentar sobre o assunto. Eles confirmaram, no entanto, que Vargas pode voltar à Câmara depois da semana santa. A Câmara também não recebeu nenhum pedido de cancelamento da licença de 60 dias solicitada por ele no dia 7 de abril.

O líder do PT não foi encontrado para comentar o assunto.

Nesta segunda-feira, o presidente do Conselho de Ética de Decoro Parlamentar, deputado Ricardo Izar (PSD-SP), anunciou que vai acompanhar o relator do processo, deputado Júlio Delgado (PSB-MG), em reunião com a Polícia Federal nesta terça-feira (15), às 11 horas, para pedir acesso às informações do processo que investiga o envolvimento do deputado André Vargas com o doleiro Alberto Youssef.

Vargas já responde a um processo no Conselho de Ética pelas denúncias de envolvimento com Youssef. Além da viagem de jatinho paga pelo doleiro a Vargas, há denúncias de que o deputado intermediou interesses de Yousseff em contratos com o Ministério da Saúde.

Veja a carta do deputado lida pelo líder do PT na última quarta:

“Renuncio à vice-presidência da Câmara
Em virtude da decisão tomada hoje pelo Conselho de Ética da Câmara dos Deputados, pela instauração de procedimento de apuração de denúncias apresentadas contra mim, decidi apresentar minha renúncia à vice-presidência desta Casa.

Tomo esta decisão para que possa me concentrar em minha defesa perante o Conselho e para não prejudicar o andamento dos trabalhos da Mesa Diretora, e também de preservar a imagem da Câmara, do meu partido e de meus colegas deputados.

Tenho enfrentado um intenso bombardeio de denúncias e ilações lançadas em veículos de imprensa baseadas apenas em vazamentos ilegais de informações, as quais terei agora a oportunidade de esclarecer, apresentando minha versão – a verdade – a respeito de tudo que vem sendo divulgado.

Enfrentarei tranquilamente este processo na certeza de que provarei, ao final, que não cometi nenhum ato ilícito. Sigo com muito orgulho de minha história política e minha luta, ao lado de tantos companheiros, em defesa do povo paranaense e pela construção de um Brasil melhor.

Brasília, 9 de abril de 2014.
André Vargas”

Congresso em Foco

Caos na educação: especialista questiona atuação de Marinéa Abude


Nos últimos dias, pelo menos dez manifestações, em diferentes creches e escolas de Campos, aconteceram por causa da falta de auxiliares. O problema parece que não é visto pela secretária municipal de Educação, Cultura e Esportes, Marinéa Abude. Professores e diretores das escolas se queixam da inércia e do descaso daquela que deveria ser a primeira a lutar pela educação das crianças e jovens da cidade.

Professores alegam que são obrigados a trabalhar no improviso desde o início do ano letivo. Além da falta de profissionais - que a lei obriga que as instituições de ensino tenham - falta ainda infraestrutura em várias creches. São cadeiras quebradas, infiltrações, salas com mofo e uma infinidade de problemas que condenam a aprendizagem, além da falta de investimentos diretos na área da cultura.

Segundo a educadora Analice Martins, o crescimento esperado para Campos como consequência do favorecimento dos royalties, que coloca a cidade como o 13º maior PIB do Brasil, não alavancou o cenário cultural nem educacional no município. “Quantas salas de teatro temos? Quantas de cinema? Quantas de música e exposição? Quais as políticas públicas de fomento à produção artística? Aliás, o que entendemos por arte? Quantas bibliotecas públicas temos por regiões ou bairros? Qual o piso salarial dos professores do município? Qual o repasse de verbas efetivo à educação? Qual o estado de nossas escolas? Como se davam as eleições para escolha de diretores? Qual a real carência dos quadros de professores do município? Até quando ficaremos reféns de uma política de contratação e sucateamento? Onde estão as vagas dos professores concursados? Qual o investimento em sua formação e capacitação?”, questiona a professora.

O jornal Terceira Via tentou falar com a secretária de educação, Marinéa Abude, para que ela pudesse explicar os problemas na área da educação na cidade e responder todas as perguntas feitas pela professora Analice Martins e pela sociedade, mas ela não foi encontrada. Por isso, a nossa reportagem tentou uma entrevista com ela por meio da assessoria de comunicação da prefeitura, mas eles também não deram nenhum retorno.

Diante de uma visível crise em um dos setores mais importantes de qualquer administração pública, Analice enfatiza: “De que nos ufanamos tanto afinal? Campos dos Goytacazes perdeu o bonde da história há muito tempo. E ainda mais descarrilado estará esse bonde quanto menos fizermos por uma educação pública de qualidade. O ensino público, gratuito e laico, de qualidade, deveria ser um direito de todos e uma das principais diretrizes de qualquer gestão municipal. Às vezes, é preciso reafirmar o óbvio, sem medo de ser feliz”, acrescentou.

Secretária chama professores de idiotas

Em outubro do ano passado, um polêmico vídeo chamou atenção da sociedade campista. Nele, a secretária de Educação, Cultura e Esportes, Marinéa Abude, chamou os professores de idiotas. “E são esse ‘pessoalzinho’, esses ‘professorezinhos’ aí, eles estão a fim de baderna. Eles não estão a fim de reivindicar nada não”, relata o vídeo. Em outro trecho, a secretária afirma que os professores são idiotas. “No dia que vieram aqui pra frente, berraram, gritaram, acharam que eu estava aqui dentro. Mas eu estava muito longe daqui. Idiotas, acharam que eu estava aqui dentro”.

Mesmo sem agradar a maior parte da categoria e com a imagem profundamente desgastada, Marinéa Abude continua à frente da secretaria.

Terceira Via.

TRE multa Crivella por propaganda antecipada no Norte e Noroeste


O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RJ) divulgou na tarde desta segunda-feira (14) a decisão do juiz Alexandre Chini Neto, que multou em R$ 15 mil o senador Marcelo Crivella, do PRB, por propaganda eleitoral antecipada durante a entrega de retroescavadeiras em oito municípios do Norte e Noroeste do Estado do Rio de Janeiro, no dia 10 de março.

De acordo com o TRE-RJ, esta foi a primeira multa recebida este ano pelo potencial candidato ao governo do estado. O juiz entendeu que a entrega de retroescavadeiras vinculada a um compromisso de fidelidade no dia da eleição é ato de propaganda eleitoral e os atos de Crivella “revelam nítida promoção política eleitoral".

De acordo com a assessoria de imprensa do senador, ele irá recorrer da decisão.

G1.

Deputado Garotinho é multado em R$ 682 mil por propaganda antecipada


Por unanimidade, o Tribunal Regional Eleitoral do Rio multou, na sessão plenária de segunda-feira (14), o deputado federal Anthony Garotinho (PR) em R$ 682 mil por promoção pessoal em propaganda do Partido da República na TV e no rádio, em outubro de 2013.

O valor da multa foi fixado tomando-se como base o menor custo de propaganda de 30 segundos na TV, equivalente, na época, a R$ 46,411 mil por inserção. No rádio, a multa foi de R$ 25 mil por mensagem veiculada. O PR também foi condenado ao pagamento de multas no valor total de R$ 464,1 mil, e perdeu o direito à propaganda pelo tempo equivalente a cinco vezes ao das inserções irregulares. O TRE já multou Garotinho em R$ 28 mil por propaganda antecipada este ano. Cabe recurso ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em Brasília.

A Corte entendeu que houve "desvirtuamento da propaganda político-partidária, por meio da utilização do espaço veiculado para fins de promoção pessoal, com caráter notadamente eleitoral". De acordo com o relator do processo, corregedor eleitoral Alexandre Mesquita, nas inserções de TV exibidas nos dias 14 e 16 de outubro do ano passado, Garotinho teve "o nítido propósito" de realizar propaganda negativa do atual governo do estado, incutindo no eleitorado "a ideia de que a continuidade do governo do PMDB representaria a manutenção dos problemas relatados" e se apresentando como "o mais apto para solucionar tais mazelas".

Em relação às propagandas transmitidas nos dias 18 e 21 de outubro, o magistrado destacou o uso do bordão "Pra ser bom de verdade, tem que ser bom pra todo mundo" e afirmou que o objetivo era destacar a figura de Garotinho.

Terceira Via.

segunda-feira, 14 de abril de 2014

Auto da Paixão de Cristo na sexta-feira da "Santa" em SJB


Será na próxima sexta-feira, 18, a encenação do Auto da Paixão de Cristo em São João da Barra. O espetáculo acontece às 21h, após procissão do Senhor Morto, no Ginásio Esportivo e Cultural Arlindo Aquino, e tem entre os objetivos divulgar a cultura sacra e atrair turistas.

Realizado pelo 27º ano em São João da Barra, o Auto da Paixão de Cristo envolve 200 pessoas e teve dois meses de preparativos. Reuniões, ensaios, criação de figurinos e cenário foram as etapas cumpridas pela equipe no período que antecedeu a encenação, quando a vida de Cristo é contada por atores do próprio município.

Atores, figurantes, cenógrafos, figurinistas, coreógrafos, bailarinos, contrarregras, costureiras, bordadeiras, lavadeiras, passadeiras, pessoal de apoio e diretores estão envolvidos no espetáculo. A realização é da Prefeitura de São João da Barra por meio da secretaria de Educação e Cultura, com apoio das secretarias de Turismo, Esporte e Lazer e de Comunicação Social.

Este ano estarão atuando nos papeis principais: Jesus Cristo (Edeilson Meireles), Maria (Carina Meireles), Madalena (Tamara Malhardes), Pôncio Pilatos (Tarciso Malhardes), Herodes (José Rubens Nouche), Herodíades (Josenir Malhardes), Salomé (Carlatriz Lopes), Sacerdote Zerá (Elder Amaral), Judas (Miler Cardoso), e Diabo “Luzbel” (Francisco de Assis – Chicão). A direção é de Beatriz Silva e Luiz Fabiano Machado, direção de texto com Carlos Magno A. Rangel.

"Tô Contigo" pré-candidato a deputado federal


A decisão foi tomada durante encontro do PRB no Rio. O evento contou com a presença do pré-candidato ao governo do Estado, senador Marcelo Crivella. "Tadeu tem todas as condições de representar o Rio na Câmara Federal", disse Crivella. Ao ser citado pelo senador, Tadeu Tô Contigo lembrou que o povo foi fundamental em sua decisão. "Pesquisas mostram que o povo me apóia, por isso, aceitei mais esse desafio", declarou Tadeu Tô Contigo.

"Tô Contigo!"

Assessoria de comunicação do vereador Tadeu Tô Contigo!

Cristina Silveira - (22) 999546059
Leonardo Alvarenga - (22) 998322715

Roberto Henriques intermedeia acordo entre a indústria da Cerâmica de Campos e o Inea


Um acordo que ajudará os ceramistas a cumprirem a exigência da Reserva Legal, imposta pelo Código Ambiental, foi firmado na manhã deste dia 14 de abril na sede do Inea (Instituto Estadual do Ambiente). A reunião com a presidente do instituto, Isaura Frega, e representantes do Sindicato da Indústria da Cerâmica para a Construção de Campos dos Goytacazes, liderados pelo presidente, Amaro da Conceição, foi articulada pelo deputado estadual Roberto Henriques.

No encontro ficou acertado que o Inea criaria um banco de dados com informação acerca das áreas que o estado desapropriou para fim de preservação ambiental dentro do bioma regional. Em contrapartida, os ceramistas pagariam por essas áreas o valor desapropriado e na quantidade de hectares necessários, como medida compensatória devido aos impactos causados pela extração de argila nas terras por eles arrendadas a terceiros. A lei exige que a área para reserva corresponda a 20% do terreno impactado.

Os ceramistas comemoraram o acordo. “É um acordo excelente. Tivemos um avanço importante, pois temos muitas dificuldades em achar áreas que estejam regulamentadas para a compra. Fora isso, ainda temos que lidar com a supervalorização da especulação imobiliária”, afirmou o presidente do sindicato, Amaro da Conceição.

O deputado estadual Roberto Henriques lembrou da importância da indústria cerâmica de Campos para o Estado e se disse empolgado com a negociação. “Todos ganham com esse acordo: os ceramistas, que querem trabalhar cumprindo a lei, mas encontravam dificuldades, e o estado que, muito mais do que uma lei cumprida ganhará mais investimentos em áreas verdes”, frisou, citando que a Baixada Campista produz cerca de 70% das telhas e tijolos do Rio de Janeiro.

Participaram ainda do encontro o superintendente do Inea, Renê Justen, as procuradoras Júlia Bochner, Ana Carolina Faria e Ana Luiza Gayoso, o diretor de Biodiversidade e Áreas Protegidas do Inea, Guido Gelli, o vereador de Campos dos Goytacazes Nildo Cardoso e o secretário de Meio Ambiente de Campos, Zacarias Albuquerque.

Essa foi a segunda reunião sobre o tema. A ideia de uma alternativa à exigência da Reserva Legal foi apresentada ao secretário estadual de Meio Ambiente, Índio da Costa, e ao deputado estadual Roberto Henriques no dia da assinatura do convênio de parceria entre o Inea e o sindicato, que autoriza cerca de 200 empresas do setor da região do Norte Fluminense a extração de argila e obter licenças para o processo de industrialização.

Assecom do parlamentar.

Ex-prefeito de Quissamã sofre AVC


O ex prefeito armando carneiro sofreu um AVC (Acidente Vascular Cerebral) na manhã de Sábado. Ele passa bem e está internado no hospital Alberto Torres, em São Gonçalo. Seu estado é estável. 

Família e amigos agradecem o carinho e solidariedade neste momento.

Águas do Paraíba confirma Operação Especial contra Gato


A Concessionária Águas do Paraíba confirma a realização de Operação Especial Contra o Furto de Água na cidade de Campos dos Goytacazes, amanhã, terça-feira, dia 15 de abril de 2014, às 9 horas, simultaneamente, em quatro pontos da cidade.

A Operação Especial Contra o Furto de Água foi amplamente anunciada pelos meios de comunicação social desde 31 de março do corrente, informando sobre a ação e estimulando à regularização da ligação de água, sem multas, sem juros e em condições especiais, parceladamente, desde que a empresa fosse procurada espontaneamente.

A Gerente Comercial de Águas do Paraíba, Munique Tardin explica, entretanto, que a ação ostensiva, como a que está programada para amanhã, a partir de 9 horas, com a participação da perícia da Polícia Civil e da Polícia Militar, faz-se necessária pelo caráter legal, disciplinar, educativo e para alertar as consequências nefastas do mencionado furto.

De acordo com o Artigo 155 do Código, quem furta água incorre em pena de prisão de dois quatro anos, além de pagamento de multa, que, no caso supera a R$ 2.500,00 (Dois Mil e Quinhentos Reais), além de outras sanções.

Quem tiver ligação clandestina de água (“Gato”) e procurar espontaneamente a concessionária, para a regularização -- na Central de Atendimento (Avenida José Alves de Azevedo, 233, ao lado da antiga Rodoviária), de segunda a sexta-feira, das 7 às 17 horas, ou através do Telefone Ligue Água, o número é 115 – não terá nenhuma punição e ainda pode usufruir de condições especiais para a legalização.


Adelfran Lacerda
22 9234 4935

Câmara paga R$ 142.500,00 mil em prestação de serviços de engenharia de sonorização


HOMOLOGAÇÃO E ADJUDICAÇÃO

Tendo em vista parecer da Comissão Permanente de Licitações, aprovo os atos praticados no processo nº 048/2014, HOMOLOGO o resultado do convite nº 008/14 e, em conseqüência, ADJUDICO o seu objeto, contratação de empresa Contratação de Empresa para Prestação de Serviços especializados em Engenharia de Sonorização para atender aos eventos e sessões realizados no plenário da Câmara Municipal de Campos dos Goytacazes- RJ, à licitante vencedora: EQUIPE GP MASTERSOUND LTDA, inscrita no CNPJ(MF) sob nº 01729324/0001-28, com o valor global de R$ 142.500,00 (cento e quarenta e dois mil e quinhentos reais).

Em 11 de abril de 2014
Edson Batista
Presidente da CMCG

Reforma da "Escola de Gestão Pública" vai custar R$ 140.566,90 ao Poder Legislativo de Campos


HOMOLOGAÇÃO E ADJUDICAÇÃO

Tendo em vista parecer da Comissão Permanente de Licitações, aprovo os atos praticados no processo nº151/2014, HOMOLOGO o resultado do convite nº 013/14 e, em consequência, ADJUDICO o seu objeto Contratação de Empresa especializada na prestação de serviços de engenharia para a reforma da Escola de Gestão Pública da Câmara Municipal de Campos dos Goytacazes - RJ, à licitante vencedora: R D SERVIÇOS E DISTRIBUIÇÕES LTDA, inscrita no CNPJ(MF) sob nº 10272729/0001-70, com o valor global de R$ 140.566,90 (cento e quarenta mil quinhentos e sessenta e seis reais e noventa centavos)

Em 11 de abril de 2014
Edson Batista
Presidente da CMCG
Id: 1660073

Clarissa eleita presidente do Diretório do PR da cidade do Rio de Janeiro


A eleição do novo Diretório Municipal do Partido da República (PR) no Rio aconteceu na quadra da escola de Samba São Clemente, no Centro, na tarde deste domingo. A deputada estadual Clarissa Garotinho foi eleita presidente com 1.645 votos a favor, sete nulos e cinco contra.

Blog do Garotinho