sábado, 4 de junho de 2011

FERNANDO HADDAD DEVERÁ SER CONVOCADO PARA DAR EXPLICAÇÕES



Após a polêmica do kit anti-homofobia e a discussão do "nós pega o peixe" do livro Por uma vida melhor, o ministro da Educação, Fernando Haddad, deve ser convocado para dar explicações ao Senado sobre o último episódio envolvendo a pasta - o guia de matemática que ensina que 10-7=4 e que 16-8= 6. 

A senadora Marisa Serrano (PSDB-MS) pretende apresentar requerimento à Comissão de Educação da Casa para que Haddad dê explicações sobre os livros com erros distribuídos a mais de 39 mil classes da zona rural pelo programa Escola Ativa.
Os erros foram detectados no início do ano, e um grupo de especialistas julgou que eles eram tão graves que não bastava divulgar uma "errata" à coleção. A pedido do Ministério da Educação (MEC), a Controladoria-Geral da República deve abrir sindicância nesta segunda-feira para investigar o caso.
"São erros básicos, grosseiros", criticou Serrano. "A ideia que passa é que há um problema de gestão no MEC, embora o ministro não admita. O contribuinte brasileiro está pagando por esses erros." As informações são do Estadão.

GESTÃO DE CARLA MACHADO COM 80% DE APROVAÇÃO



O governo de São João da Barra e a prefeita Carla Machado (PMDB) têm uma avaliação positiva de aproximadamente 80%, segundo pesquisa por amostragem realizada pelo Instituto GPP, entre os dias 28 e 29 de maio de 2011. Foram ouvidas, em todas as regiões do município, 622 pessoas de ambos os sexos, sendo eleitores, com mais de 16 anos, distribuídos por localidade, faixa etária, grau de instrução e renda. Para a pesquisa de avaliação de Governo, o Instituto GPP levou em consideração o cruzamento de dados do TSE, de abril deste ano e do IBGE, para traçar o perfil populacional. Indagados sobre o governo, 48,8% dos entrevistados consideram bom ou ótimo, 30,7%, regular e 17,5%, acham ruim e péssimo.

Em todas as partes do município, graus de instrução e faixas – etária e de renda, a avaliação positiva do governo e da prefeita se sobrepõe com folga à negativa. Dentre os pontos positivos, destaque para obras (32,9%), educação (10,7%), desenvolvimento com geração de emprego e renda (8,6%), saúde (6%) e assistência social (5,9%), além de outros setores ou ações citados de forma espontânea. A margem de erro da pesquisa é de 4%, com um intervalo de confiança de 95%. Dos entrevistados, 28,2% eram da Sede do Município, 21% de Pipeiras (que engloba as diversas localidades do 5º Distrito), 19,9% de Atafona, 18% de Barcelos e 12,9 % de Grussaí. As informações são do jornal Folha da Manhã.

PARA OS USUÁRIOS DE ÔNIBUS REFLETIREM

"...atente para as datas da autorização para impressão, 008(nº da autorização)/2005(ano fiscal) , em 29/03/ilegível (parece 2006 ou 2008), chamada nos meios ficais de AIDF (autorização para impressão de documento fiscal), que as gráficas mantém em livro sequenciado como controle, de acordo com o exercício fiscal, que zera de ano a ano.


Ora, aqui a possibilidade de fraude fiscal, além do problema das tarifas.
Não poderia a empresa emitir cupom fiscal de prestação do serviço cujo exercício fiscal é de 6(seis anos atrás), a não ser que entendamos que a empresas não emitiu nenhum bilhete dessa natureza para a prestação do serviço nessa enorme intervalo de tempo.

Como não há qualquer fiscalização, as empresas fazem o que querem.
Mais e mais detalhes (atualização):

Notem os leitores que embora as autorizações, e supostamente, a impressão dos bilhetes seja de anos e anos atrás, o valor já era 1 real, perfeitamente "adaptado" ao valor instituído pelo "programa".
Premonição?

De forma correta o bilhete deveria informar ao usuário o valor correspondente ao trecho percorrido, como forma de que ele soubesse o quanto de diferença o Erário pagaria por sua viagem.

Importante dizer que a impressão com bilhete escrito 1 real já serve para burlar a fiscalização tributária e auferição das diferenças pagas pelo município. As informações estão no site planicielamacenta.blogspot.com de Douglas da Mata.  

"SEM NOÇÃO" POR ARTHUR VIRGÍLIO



SEM NOÇÃO

*ARTHUR VIRGÍLIO
          Lisboa – Decepcionante a atuação da atual diretoria do Banco Central, a começar por seu presidente, Alexandre Tombini, para quem o quadro econômico brasileiro é cor de rosa, apesar da crise fiscal que ele não poderia/deveria ignorar. Fala que estamos crescendo sustentavelmente, quando, na verdade, medidas são adotadas para supostamente conter o eleitoreiro superaquecimento do consumo em 2010.
          Declara-se otimista, em plena era de globalização, como se fôssemos ilha de bem estar, em meio a “indicadores fracos nos Estados Unidos, crise de dívida na Europa e tensões geopolíticas na África e no Oriente Médio”. Panglossianamente, anuncia crescimento “ainda mais robusto que o observado nos últimos anos”, sem explicar a que anos se refere: 2009 (- 0.5%) ou 2010 (+7.5% insustentáveis, induzidos pela farra fiscal e do crédito, cujas prestações consomem, hoje, ¼ da renda das famílias). Se estiver falando da média do biênio, chegará a medíocres e insuficientes 3.5% .
          O Banco Central abriu mão da autonomia que conquistou em 16 anos de Fernando Henrique e Lula. Dilma Rousseff se vangloria de não ter nomeado ninguém do mercado para a diretoria. Nada contra funcionários de carreira galgarem postos de diretoria. Mas o ideal é misturar os dois tipos. Os de fora têm menos medo da demissão. Os atuais se curvam ao errático ministro Mantega pelo temor de perder o status atual.
          O Banco, então, adota medidas “meia-boca” na luta que vai perdendo contra a inflação (está em 6.5%, com perspectivas de chegar a 7%.), para não desagradar à “chefia”. Dia desses, jogará a toalha e aumentará drasticamente as taxas de juros. Estas são muito elevadas para qualquer economia civilizada, sobretudo se levarmos em conta que o Peru trabalha com meta de 2% e crescerá 7.5% neste 2011. E Colômbia, Chile e México trabalham com meta de inflação de 3%. Ou seja, estamos em pior estado que países parecidos conosco. Só a linguagem oficial, tratando a opinião pública como se estivéssemos sob ditadura, espalha seu otimismo falacioso.
          O pano de fundo é ruim: o principal ministro da República está desmoralizado: isso fortalece Mantega e suas ideias extravagantes. A Presidente se porta como assessora do seu antecessor: inerte durante a crise Palocci, praticamente transferiu o governo a Lula e José Sarney.
          A economia está no impasse de tomar atitudes férreas contra a sobrevalorização do real, correndo o risco de perder dólares e ter dificuldades de tapar o rombo das contas externas. Ou de deixar o câmbio como está, desindustrializando o País, exportando empregos, sufocando o setor exportador.
          Mantega e Tombini deveriam falar com mais compostura pública e intelectual à Nação.

          *Diplomata, foi líder do PSDB no Senado

GAROTINHO NA FEDERAL



O deputado federal Anthony Garotinho prestou depoimento na Polícia Federal de Campos, hoje pela manhã, sobre  os tiros que atingiram o carro onde ele viajava, após sair de reunião do partido em Cabo Frio, voltando para casa, em Campos dos Goytaczaes. A foto é do site campos24horas.




SÉRGIO CABRAL TROCA O COMANDO DO CORPO DE BOMBEIROS



"um grupo de vândalos irresponsáveis, que não vai prejudicar a imagem da instituição"
Em entrevista coletiva dada na tarde deste sábado (4), o governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral (PMDB), chamou os bombeiros que ocuparam o Quartel Central do Corpo de Bombeiros, no centro da cidade, de "um grupo de vândalos irresponsáveis, que não vai prejudicar a imagem da instituição", que, segundo ele, "é tão querida" e "recebeu grande apoio" do seu governo.
Ele, em seguida, anunciou a troca do comando da corporação devido "ao um descontrole hierárquico absolutamente inconcebível". Segundo ele, assume o coronel Sérgio Simões, que até então era secretário da Defesa Civil municipal, no lugar do coronel Pedro Machado.
Cabral afirmou ainda que 439 bombeiros foram presos e vão responder por invasão de prédio público. Cabral já ordenou a abertura de processo administrativo e pediu ao Ministério Público abertura de processo criminal. As informações são do site G1.

BETINHO NA JUSTIÇA CONTRA CARLA MACHADO


Betinho Dauare noticiou no Programa Entrevista Coletiva, que os documentos referentes à sua gestão foram localizados em um galpão de empresa. Foram considerados aptos a serem jogados no lixo. Diante disso, o ex-prefeito de São João disse que entrará com uma queixa-crime contra Carla.  

GAROTINHO AINDA NÃO REGISTROU OCORRÊNCIA


O site campos24horas, em contato telefônico com a 126ª Delegacia de Polícia (DP/Cabo Frio) e o 25º Batalhão de Polícia Militar (BPM/Cabo Frio), soube que não houve registro de ocorrência em relação aos disparos até o início da madrugada deste sábado (4).

“Possivelmente, como não teve feridos ou maiores danos materiais, os ocupantes do carro prosseguiram a viagem sem ter acionado a Polícia. Mas isso não impede que as vítimas façam o registro da ocorrência posteriormente, a fim de que o caso seja investigado”, informou um policial por telefone ao site.

BOPE INVADE QUARTEL CENTRAL DO CORPO DE BOMBEIROS



A tropa de Choque da Polícia Militar (PM) e também policiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope) invadiram, na manhã deste sábado (4), o Quartel Central do Corpo de Bombeiros, no Centro do Rio de Janeiro, ocupado por mais de 2 mil bombeiros na noite da véspera, numa manifestação por melhores salários e condições de trabalho.


Para entrar no complexo, por volta de 6h10, os policiais usaram bombas de efeito moral e bombás de gás lacrimogêneo. Pelo menos duas crianças sofreram intoxicação devido ao gás e dois adultos tiveram ferimentos leves na cabeça, por conta das bombas de efeito moral que foram lançadas pelo Bope. Todos estão sendo atendidos no posto no interior do quartel. As informações são do site G1.

CARRO DE GAROTINHO ATINGIDO POR TIROS





O deputado federal Anthony Garotinho (PR/RJ) passou um verdadeiro susto na noite desta sexta-feira (02/06), na saída da cidade de Cabo Frio, depois de cumprir agenda política e participar de encontro do Partido da República (PR) que é presidente estadual.

As informações que chegaram a redação do Site Ururau foram de que o carro do deputado foi atingido por dois tiros que acertaram a porta traseira, onde Garotinho costuma ficar.

A reportagem do Ururau conseguiu um contato com o filho do deputado e presidente do PR Campos, Wladimir Matheus, que afirmou que sua mãe, a prefeita de Campos, Rosinha Garotinho, já havia feito contato por telefone e que Garotinho afirmara que depois do grande susto, estava mais tranqüilo e seguia para Campos.

“Ele está bem. Não aconteceu nada com ele. Os tiros foram dados quando ele estava saindo de Cabo Frio. Pegaram na porta de trás do carro onde ele costuma ficar. Não sabemos se foi assalto ou outra coisa. Mamãe (Rosinha Garotinho) falou com ele. Ela estava muito nervosa também, mas agora está mais tranqüila”, declarou Wladimir. As informações são do site Ururau.

sexta-feira, 3 de junho de 2011

BOMBEIROS INVADEM COMANDO-GERAL NO RIO DE JANEIRO



Cerca de mil bombeiros invadiram o Quartel do Comando-Geral da corporação, na Praça da República, no Centro do Rio, na noite desta sexta-feira, com faixas e cartazes exigindo um encontro imediato com o comandante-geral do Corpo de Bombeiros. Às 22h, o comandante geral da Polícia Militar, coronel Mario Sérgio Duarte, se reuniu com oficiais da corporação no gabinete do comando. Policiais da tropa de choque da PM estão no local. 


Em nota, o governo do estado afirmou que a ordem é prender os manifestantes, uma vez que eles invadiram um bem público. Além disso, de acordo com o governo, o grupo teria agredido o coronel Waldir Soares, comandante do Batalhão de Choque, desrespeitando, assim, a lei e as regras da própria instituição militar. Para a administração estadual, a manifestação tem motivação política.

Por volta das 21h30m, os manifestantes fecharam todos os acessos do quartel, bloqueando as entradas com caminhões de salvamento da próprio corporação e mangueiras de incêndio. O temor é que haja uma ação da tropa de choque da PM para invadir o quartel.

O porta-voz do movimento, cabo Benevenuto Daciolo, orientou os manifestantes, com a ajuda de um megafone, a se sentarem no chão para não resistirem a uma possível intervenção da PM. Além dos bombeiros, o quartel também está ocupado por crianças e mulheres dos manifestantes. De acordo com Daciolo, a única condição para que saiam do quartel é de que sejam recebidos por uma autoridade do governo que cumpra a reivindicação de aumentar o piso salarial dos bombeiros guarda-vidas.

 Só vamos sair daqui quando chegar alguém com poder de decisão, como o governador, o vice-governador ou um secretário - disse Daciolo. As informações são do Globo on line.


LUZ NO MISTÉRIO



Eu soube que para viajar até um certo 'cape fear' por um preço determinado, um ente federativo cobre o valor excedente. Até chegar ao respectivo 'cape fear' há várias outras localidades também passíveis de serem alcançadas pelo preço ínfimo específico. Todavia, por serem locais mais próximos, o valor coberto é menor.

O blog foi informado de que ciente de que o caminho mais longo rende uma cobertura maior por parte do Poder Público, uma determinada pessoa jurídica de Direito Privado retirava a nota cheia. Logo, viajando 10 ou 80 km, devido à nota retirada com o valor máximo, o ente federativo estava sendo lesado, pois cobria sempre a porcentagem máxima.  

Segundo fontes, um político soube que a situação estava acontecendo e está vindo de um determinado cabo frio imediatamente para a respectiva cidade. O preocupado político sabe muito bem que há toque doce na instalação da Pessoa Jurídica de Direito Privado e que um laço familiar pode ser o estopim de um escândalo.

Vamos aguardar, pois não é sonho.

PMCG CONTRATA EMPRESA POR APROXIMADAMENTE 75 MIL REAIS PARA FORNECIMENTO DE FIGURINOS TEATRAIS


NÚMERO: 192/11
PROCESSO Nº: 2010.012.000448-8-PR
carta convite nº 205/10
OBJETO: Contratação de empresa para fornecimento de figurinos para apresentações teatrais.
CONTRATADA : E. GOMES FREITAS COMÉRCIO E SERVIÇOS ME
VALOR GLOBAL: R$ 75.724,00 (setenta e cinco mil, setecentos e vinte e quatro reais).
FORMA DE PAGAMENTO: Imediato
PRAZO DO CONTRATO: Imediato
Campos dos Goytacazes, 26 de maio de 2011.

CÉSAR MAIA DENUNCIADO POR IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA



O Ministério Público Federal (MPF) no Rio moveu ação contra o ex-prefeito Cesar Maia por dispensa indevida de licitação e favorecimento na contratação das obras das vias 5 (norte) e 6 (acesso) da Vila do Pan. Segundo o MPF, as obras, apesar de assumidas pelo município em novembro de 2004, não foram licitadas a tempo, sendo contratadas por emergência em março de 2007, cinco meses antes dos Jogos Pan-Americanos. De acordo com a ação, esta dispensa seria irregular, uma vez que teria decorrido da inércia da prefeitura, num cenário de urgência fabricada.

Também são acusados o ex-secretário municipal de obras, Eider Dantas, e o ex-secretário municipal especial do Pan 2007, Ruy Cesar. Responde ainda à ação civil pública de improbidade administrativa a construtora Saneiro, que teria sido beneficiada no processo de seleção e citada por Ruy Cezar como vencedora antes mesmo do início do processo de seleção.

Procurado pelo GLOBO, Cesar Maia afirmou que a contratação da empresa aconteceu com respaldo dos tribunais de contas do Município (TCM) e da União (TCU), além do Ministério dos Esportes. Segundo o ex-prefeito, as obras ocorreram numa área que tinha afundado e que estava em risco. Por isso, a prefeitura teria sido chamada e contratou a empreiteira que estava fazendo obras no local.

"MP faz muito bem em querer saber as razões. O terreno era turfoso, e não se poderia colocar em risco a Vila do Pan", escreveu ele, por e-mail.

Como mostrou O GLOBO há um mês, em meio aos preparativos do Rio para as Olimpíadas de 2016, a Rua Cláudio Besserman Vianna (Bussunda), que circunda a Vila Pan-Americana, está afundando. As trincas colocam em risco parte da infraestrutura de acesso ao lugar.

De acordo com o MPF, os réus estão sujeitos às penas fixadas na lei de improbidade administrativa, como perda da função pública, suspensão dos direitos políticos, pagamento de multa e proibição de contratar temporariamente com o poder público. As informações são do Jornal O Globo.




LOCALIZAÇÃO DO PORTO: VEREADOR APROVA MOÇÃO DE REPÚDIO À ROSINHA POR DECLARAÇÕES






A sessão legislativa da Câmara Municipal de São João da Barra teve início ontem (02), com um requerimento verbal proposto pelo vereador Jonas Gomes de Oliveira. Ele propôs uma moção de repúdio à prefeita de Campos, Rosinha Garotinho, que durante esta semana, teria especulado que parte do Super Porto do Açu pertence a Campos. 

Após ser discutida por mais de 30 minutos, a matéria foi aprovada por cinco votos a três. “Colhi mais de duas mil assinaturas de pessoas insatisfeitas com o interesse de Rosinha. Nunca fiz uma moção de repúdio, mas em nome do povo sanjoanense, não podia me calar”, disse Jonas. As informações são da Ascom CMSJB.

AS PRINCIPAIS NOTÍCIAS DE HOJE PELO BRASIL


- Globo: Já sem apoio do PT, Palocci promete explicação pública
- Folha: Não sou refém, diz Dilma; Palocci promete respostas
- Estadão: Dilma pressiona e Palocci planeja dar explicações
- Correio: Fim do incentivo fiscal ameaça economia do DF
- Valor: Emprego reforça tendência de novos apertos nos juros
- Zero Hora: Falta de investimento vai reprisar inverno de emergências lotadas
Leia os destaques de capa de alguns dos principais jornais do país.

NOVOS PARTIDOS: POLÍTICOS TERÃO 30 DIAS PARA FILIAÇÃO


O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) definiu nesta quinta-feira (2) que os políticos interessados em se filiar a um partido criado recentemente terão 30 dias, após o registro do estatuto da nova sigla na Justiça, para deixar as siglas de origem e formalizar a nova filiação. Caso esse prazo não seja cumprido, os políticos que possuem mandato eletivo podem ser considerados infiéis.
A lei eleitoral não considera infidelidade os casos de mudança de legenda, por causa da criação de uma nova sigla. Dessa forma, quem respeitar o prazo estabelecido pelo TSE não poderá ser considerado infiel.
A decisão do tribunal foi tomada em resposta a consulta feita pelo deputado federal Guilherme Campos (DEM-SP).
O parlamentar já confirmou que irá migrar para o PSD, nova legenda em fase de criação por iniciativa do prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (DEM). As informações são do G1.

quinta-feira, 2 de junho de 2011

OPERAÇÃO "CANA DURA": DETALHES DA AÇÃO NA COAGRO


O blog recebeu as seguintes informações:



A policia civil chegou a casa dele por volta de 8 horas, quando ele ja estava pronto para sair. Os documentos principais foram notas fiscais de venda de alcool, movimentação de entrada e saída de caminhões.


P. ficou o tempo todo em sua sala.Com Livre acesso aos advogados, mas sob a guarda de um policial civil.Depois foi para a 134 DP.

Não apreenderam nenhum computador, e os documentos eles pegaram cópias ou originais (e estes eles permitiram que a COAGRO tirasse copias)

A Polícia chegou antes das sete da manhã na Cooperativa Agroindustrial do Estado do Rio de Janeiro e não deixou que os funcionários entrassem. Por volta das nove horas o senhor P.B. que é diretor financeiro chegou trajando caça jeans e camisa branca.

Quando ele chegou com os policiais foram direto para a sala dele para ver documentos. Estavam juntos, o contador, o superintendente e chefe do DP. A operação dentro da Coagro durou até às 11 e 30.

Antes de sua chegada os policiais apenas separaram alguns documentos da expedição e do arquivo morto. Além disso, fizeram algumas perguntas a respeito da movimentação diária de saída de caminhão. Além disso, a telefonista foi argüida acerca das chaves dos departamentos, mas de pronto informou que não as detinha.


O blog foi informado parece que existe alguma conversa telefônica que desencadeou as ações. São dois 2 anos de quebra de sigilo telefônico e investigação, disse a fonte.

PB foi transferido para a Delegacia Fazendária no Andaraí. Os advogados tentarão um Habeas Corpus. A prisão é temporária de 5 dias

CARTÃO CIDADÃO: CONTROVÉRSIA NO PREÇO GERA TUMULTO

A notícia explodiu no programa noturno da Difusora, agora há pouco: passageiros que se dirigiam do centro da cidade à Donana denunciaram que a empresa que cobre a linha, a Itapemirim (Caiçara), cobrou valor correspondente ao trajeto centro-Farol. Nesse caso, o subsídio pago pela Prefeitura que deveria ser de 60 centavos, passou para mais de 3 reais.

O vereador Magal, lider do Governo, na Câmara, foi chamado pelos denunciantes, que exigiram a presença de fiscais da Emut para autuarem a empresa e da Policia para apreender o veículo. A situação ainda não foi resolvida e as partes estão, neste momento, na rodoviária.

Volto em seguida com os desdobramentos da denúncia. As informações são do blog do Fernando Leite.

SENADOR PEDRO SIMON PEDE AFASTAMENTO DE PALOCCI


“Ministro Palocci, Vossa Excelência deveria se afastar. Afaste-se do cargo, hoje ou amanhã”

O senador Pedro Simon (PMDB-RS) sugeriu nesta quinta-feira (2/6) que o ministro-chefe da Casa Civil, Antônio Palocci, se afaste do cargo. Ele deu a sugestão em discurso no plenário do Senado, ao falar que amanhã (3) o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, deverá falar sobre as explicações dadas por Palocci a respeito do aumento recente de seu patrimônio. “Ministro Palocci, Vossa Excelência deveria se afastar. Afaste-se do cargo, hoje ou amanhã”, disse.


O senador lembrou casos anteriores em que ministros da Casa Civil foram afastados do governo, como na época do presidente Itamar Franco, em que o então ministro Henrique Hargreaves, sob denúncias de irregularidades, deixou o cargo e voltou após ter provado a sua inocência e encerrada as investigações. Simon também citou o maior escândalo do governo Lula, em que o então ministro da Casa Civil, José Dirceu, saiu saiu do governo após denúncias de corrupção e a instalação de uma CPI. As informações são do Correio Braziliense.

DIRETOR FINANCEIRO DA COAGRO E DONOS DE COMBUSTÍVEIS PRESOS EM CAMPOS


Nove presos em Campos e um no Rio, entre eles donos de postos de combustíveis e o diretor financeiro da Usina Coagro.  Este foi o saldo da megaoperação deflagrada pela Polícia Civil, denominada “Cana Dura,  na manhã desta quinta-feira(02/6), em Campos e em várias cidades do estado do Rio.

Há ações também em Minas Gerais e Brasília/DF, com objetivo de combater a sonegação fiscal na comercialização de combustíveis, através de fraudes contra o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), além de prender integrantes de uma quadrilha que adultera combustíveis. As informações são do site campos 24 horas.

AÇÃO CONJUNTA DE ROBERTO HENRIQUES CRIA FRENTE EM DEFESA DAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS.


"o avanço de nossas propostas é fruto da ação política de enfoque social, mesmo havendo posições partidárias individuais"  

O Projeto de Resolução nº 146/2011 de Autoria dos Deputados Paulo Melo, Roberto Henriques, André Corrêa e Luiz Paulo Corrêa da Rocha foi aprovado na sessão de ontem da Assembleia Legislativa.

O referido Projeto de Resolução aprovado, cria a Frente Parlamentar em Defesa das Micro e Pequenas Empresas do Estado do Rio de Janeiro. Fazendo uso da Tribuna, o Deputado  Roberto Henriques, ressaltou o pioneirismo do Parlamento Fluminense e informou ao plenário que a iniciativa já despertou o interesse da Confederação Nacional das Câmaras de Dirigentes Logistas.

O Parlamentar campista já está autorizado pelo Presidente Paulo Melo a marcar a visita à ALERJ do Presidente da referida confederação, Roque Pellizzário Junior que quer com a visita estimular as Federações de outros estados brasileiros a incentivarem  suas Assembleias Legislativas a seguirem o exemplo da ALERJ.

Ainda da Tribuna, Roberto Henriques mais uma vez ressaltou suas articulações junto ao Legislativo e ao Governo do Estado contra a implantação do PAF – Programa de Aplicativo Fiscal – que inviabilizaria a Pequena e Micro Empresa. Roberto Henriques salientou que junto com ele, estão na luta dos comerciantes os Deputados Paulo Melo e André Corrêa, sempre solícitos para as agendas de negociações. Ao final o Deputado Roberto Henriques parabenizou Marcelo Mérida por sua eleição como Presidente da CDL de Campos dos Goytacazes e sua antecessora Maria Luíza Schulz pela competente gestão frente àquela instituição.

MAIS UM SONHO MEU



Nada como um sonho depois do outro. Ontem eu tive mais um daqueles tenebrosos. Sonhei que o ex-governador Garotinho recebeu no dia 21 de maio em sua residência o ex-deputado estadual Wilson Cabral.



Além dele, o nobre parlamentar teve uma conversa em separado com um vereador da base de apoio, um ex-vereador e uma mulher militante e possível candidata a edil em 2012.


Parecia tão real.

Esses sonhos estão me incomodando....

FUNDAÇÃO CULTURAL FAZ LOCAÇÃO DE TELÃO POR 60.660 REAIS

SECRETARIA MUNICIPAL DE CULTURA
FUNDAÇÃO CULTURAL JORNALISTA OSVALDO LIMA
EXTRATO DE CONTRATO
PROCESSO nº 2010.019.0007272-PR
PREGÃO PRESENCIAL nº 023/2010
CONTRATO nº 041/2011
OBJETO: locação e montagem de telão com projetor de alta definição para atender eventos artísticos e culturais da Fundação Cultural Jornalista Osvaldo Lima.
CONTRATANTE: Fundação Cultural Jornalista Osvaldo Lima.
CONTRATADO: Juarez P. Gomes M.E
Valor Global: R$ 60.660.00 (sessenta mil seiscentos e sessenta reais).

Publique-se

Alvanir Ferreira Avelino
Presidente da FCJOL

Obs: acho que houve algum equívoco. A Presidência da Fundação não é mais exercida por Avelino Ferreira e sim por Patrícia Cordeiro.

MEC SUSPENDE 11 MIL VAGAS EM CURSO DE DIREITO



O Ministério da Educação (MEC) suspendeu cerca de 11 mil vagas de 136 cursos de Direito que tiveram resultados insatisfatórios em avaliações da pasta. A medida está publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira (2) e atinge graduações que obtiveram Conceito Preliminar de Curso (CPC) 1 ou 2 em 2009. 

O indicador avalia a qualidade do ensino oferecido a partir da nota obtida pelos alunos no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade), a titulação e o regime de trabalho do corpo docente e a infraestrutura. Os resultados 1 e 2 são considerados insatisfatórios, o 3 razoável e o 4 e o 5 bons.

Os cursos que sofreram a medida cautelar de suspensão de vagas são todos de instituições privadas. Os cortes variaram entre 15% e 65% do total de vagas ofertadas pela faculdade a partir do resultado do CPC – quanto pior a nota, maior a redução. Também está publicada hoje a autorização para o funcionamento de 33 novos cursos de direito, totalizando 4,2 mil vagas. Segundo Massonetto, há cerca de um ano o MEC não autorizava a abertura de nenhum curso na área. As informações são do site IG.

PATRIMÔNIO DE AÉCIO NEVES TAMBÉM SERÁ INVESTIGADO


A PGR também examina se é necessário apurar melhor a vida patrimonial de um outro figurão da República, o senador Aécio Neves (PSDB-MG), líder máximo da oposição atualmente. O tucano entrou na mira do Ministério Público pelo motivo oposto ao de Palocci, a ocultação de bens, o que revelaria sonegação fiscal.
A denúncia de que o senador esconde patrimônio e, com isso, deixa de pagar impostos foi feita ao procurador-geral da República, Roberto Gurgel, no dia 30 de maio, pela bancada inimiga do PSDB na Assembléia Legislativa de Minas Gerais.

O fundamento da representação é o “estilo de vida” do senador. Com o salário de R$ 10,5 mil mensais que recebeu por sete anos e quatro meses como governador mineiro, diz a representação, Aécio não teria condições de viajar onze vezes para o exterior com a família, andar de jatinho, dar festas com celebridades, frequentar restaurantes caros e comprar os carrões com que desfila em Minas e no Rio, cidades onde tem apartamentos.
Na declaração de renda apresentada à Justiça eleitoral no ano passado, quando disputou e ganhou um cadeira no Senado, Aécio Neves informou ter patrimônio de R$ 617 mil, que os acusadores dele consideram uma ficção.
“Há claramente um abismo entre o Aécio oficial e o Aécio do jet set internacional. Ele está ocultando patrimônio, e isso leva ao cometimento de sonegação fiscal”, afirma o deputado Luiz Sávio de Souza Cruz (PMDB), líder da oposição ao PSDB na Assembléia mineira e um dos signatários da representação.
Linhas de investigação
O documento sugere duas linhas de investigação à PGR na tentativa de provar que o senador estaria escondendo patrimônio para sonegar impostos, num desfiar de novelo que levaria – e isso a representação não diz - à descoberta de desvio de recursos públicos mineiros para a família Neves.
A primeira linha defende botar uma lupa na Radio Arco Íris, da qual o senador virou sócio em dezembro. Até então, a emissora era controlada apenas pela irmã de Aécio, Andrea Neves. Os denunciantes do senador estranham que a emissora tenha uma frota de doze veículos, sendo sete de luxo, e mantenha parte no Rio de Janeiro. Se a radio não produz conteúdo noticioso nem tem uma equipe de jornalistas, para que precisaria de doze veículos, ainda mais num estado em que não atua?
A hipótese levantada pela denúncia é de que se trata de um artifício para fugir de tributos – a despesa com a frota e a própria existência dela permitem pagar menos imposto de renda. Além, é claro, de garantir boa vida ao senador.
Mas há uma desconfiança maior por parte dos adversários de Aécio, não mencionada na representação. “Queremos saber se tem recurso público nessa rádio. Quanto foi que ela recebeu do governo desde 2003?”, diz o líder do PT na Assembléia, Rogério Correia, também autor da representação. “Há muito tempo que a Presidência da Assembléia impede que se vote essa proposta de abrir os repasses oficiais para a radio Arcio Iris.”
A outra linha de investigação aponta o dedo para uma das empresas da qual Aécio declarou ao fisco ser sócio, a IM Participações. A sede da empresa em Belo Horizente fica no mesmo endereço do falido banco que os pais do senador administraram no passado, o Bandeirantes. Do grupo Bandeirantes, fazia parte a Banjet Taxi Aéreo. Que vem a ser a proprietária de um jatinho avaliado em R$ 24 milhões que o senador usa com frequencia, e de graça, para viajar.
O problema, dizem os acusadores do senador, é que a Banjet tem como sócio gestor Oswaldo Borges da Costa Filho, cunhado de Aécio e presidente da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais durante o governo do tucano.
A hipótese levantada na representação é de que teria havido uma “triangulação de patrimônio”. Aécio controlaria a Banjet por meio da IM Participação de Administração. “São essas empresas de participação quem administram inteiras fortunas, para acobertar patrimônio de particulares, que não tem como justificar contabilmente a aquisição de ativos”, afirma o texto.
Neste caso, a representação de novo não diz, mas é outra desconfiança dos denunciantes do senador, também teria havido desvio de recursos públicos mineiros, por meio da Companhia de Desenvolvimento Econômico, para a família Neves. As informações são do jornalista Luis Nassif.

OPERAÇÃO 'CANA DURA' DA POLICIA CIVIL EM ANDAMENTO

A Polícia Civil está realizando a Operação Cana Dura na manhã desta quinta-feira (02/06), em Campos, para cumprir 25 mandados de busca e apreensão em 22 postos de combustíveis. Diversas equipes de delegacias especializadas do Rio de Janeiro, em mais de 30 viaturas se dividem para cumprir todos os mandados no município.


A operação acontece também na Região dos Lagos, em Brasília e em Uberaba-MG e há 14 mandados de prisão a serem cumpridos nas quatro cidades.

No primeiro momento, os policiais da Delegacia Fazendária recolhem a documentação referente a entrada e saída de combustíves, e conferem movimento fiscal. Os postos que tiverem apenas mandado de busca e apreensão não serão fechados. 


No segundo momento, a perícia vai aos postos fiscalizar as bombas de combustíveis e verificar possível adulteração no produto. Até o momento, seis pessoas tiveram mandato de prisão em Campos e uma pessoa presa em Saquarema. As informações são do site Ururau.

quarta-feira, 1 de junho de 2011

E.M. PEQUENO JORNALEIRO: ODISSÉIA APRESENTA RELATÓRIO E GIL VIANNA DEFENDE POLICIAIS




O vereador Gil Vianna (PSDC) usou a tribuna da Câmara Municipal, nesta quarta-feira (1), para defender os colegas de classe, o 2ª sargento PM Cesar Luiz Nunes de Souza e o Cabo PM Rogério Neto Pinheiro. A defesa aconteceu após a vereadora Odisséia Carvalho (PT) ter citado os nomes dos policiais militares, criticando a postura dos dois em relação aos últimos fatos ocorridos na Escola Municipal Pequeno Jornaleiro, no Centro da cidade.



O vereador Gil Vianna esclarece que também é favor de que os fatos sejam apurados, mas acredita que os nomes dos policiais supostamente envolvidos na denúncia não devem ser citados até que os fatos sejam comprovados. Segundo ele, os policiais militares existem para manter a ordem e a segurança da nossa população.



O líder do governo na Câmara, vereador Jorge Magal, garantiu, após contato com a prefeita Rosinha Garotinho, por telefone, que a Secretaria Municipal de Educação vai afastar a diretora e a vice-diretora da escola até a conclusão da apuração do caso. 

Odisséia apresentou relatório na Câmara no qual constam relatos de que a diretora da unidade escolar estaria agredindo alunos. O relatório também afirma que os policiais teriam feito ?uma revista cruel? nos alunos a pedido da direção da escola.

__ Foi com esse objetivo que eles compareceram àquela escola: para preservar a paz e a integridade física de alunos e professores. Temos vivido uma onda de violência em nossas escolas públicas. 


Após a barbárie de Realengo, outro jovem invadiu uma escola de Porto Alegre. Aqui em Campos também tivemos fato preocupante em uma escola de Guarus. Temos relatos como esses em várias partes do país que não ganharam tanta repercussão. Por causa disso, a Polícia Militar está atenta e os PMS estavam cumprindo seu dever ? disse Gil Vianna. Matéria enviada pela assessoria do vereador Gil Vianna.

VIVA A NEGOCIATA: CONVOCAÇÃO DE PALOCCI SUSPENSA POR MAIA



“Optei por tomar uma decisão equilibrada”

Depois de duas semanas de tentativas, os partidos de oposição conseguiram aprovar a convocação do ministro da Casa Civil, Antonio Palocci, para explicar na Câmara a multiplicação de seu patrimônio e suposto tráfico de influência praticado por sua empresa, a Projeto. No início da noite desta quarta-feira, 1º, em uma ação combinada com os governistas, o presidente da Casa, Marco Maia (PT-RS), decidiu suspender a decisão da Comissão de Agricultura, onde foi aprovado o requerimento, até a próxima terça-feira, quando dará a palavra final.

Até lá, Palocci ficará exposto a um crescente desgaste político. A aprovação da convocação de Palocci ocorre um dia após senadores do PT terem cobrado explicações do ministro e do aumento do incômodo de deputados petistas e aliados pela ausência de respostas às denúncias. Antes de decidir pela suspensão, Marco Maia foi pressionado por parte da base que queria a anulação imediata da convocação. Houve um temor, no entanto, de que a oposição poderia conseguir uma liminar no Supremo Tribunal Federal validando a decisão da comissão.

“Optei por tomar uma decisão equilibrada”, disse Maia. Até semana que vem, ele pretende analisar as imagens da votação, as notas taquigráficas e ouvir integrantes da Agricultura sobre a votação. Os governistas reuniram 30 assinaturas do total de 40 membros da comissão a favor da anulação da convocação de Palocci. As informações são do Estadão.

POLICLÍNICA DA POLÍCIA MILITAR: ROBERTO HENRIQUES NOTICIA AVANÇOS



"a concretização desse trabalho é a prova nítida de que as ações colegiadas e sem cor partidária oferecem muito mais conquistas para a sociedade"


O Deputado Roberto Henriques informou ao blog que a Policlínica da Polícia Militar caminha a passos largos para ser inaugurada. Um dos obstáculos mais difíceis está sendo superado devido aos esforços de uma ação conjunta que inclui o parlamentar  e o Deputado João Peixoto.


Henriques esteve em contato com o Presidente da EMOP, o senhor Ícaro Moreno e o mesmo informou que a subestação de energia que estava faltando já foi viabilizada e será concluída nos próximos dias.


O nobre parlamentar noticiou que após a instalação da subestação de energia, o Comando Militar, na pessoa do Comandante Mário Sérgio, providenciará uma visita técnica da Diretoria de engenharia e de Saúde, para que após o aval das mesmas, o próximo passo a ser dado será equipar a Policlínica e recrutar o recurso humano.

Roberto foi categórico ao afirmar que essa luta, que está prestes a ser vencida, teve a participação do deputado João Peixoto, ressaltando, Henriques, que se trata de uma obra de esforços conjugados.

Roberto fez questão de mencionar os nomes daqueles que trabalham de forma coletiva para a realização de um sonho das famílias dos integrantes da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro. Disse ele: “não podemos esquecer da brilhante participação do Dr. Ícaro Moreno (EMOP), Coronel Mário Sérgio (Comandante Geral), toda a assessoria parlamentar que representa a PM na ALERJ, o vice-governador Pezão que é o titular da pasta de Obras do Estado e o Governador Sérgio Cabral. Ressaltou ainda a participação do Coronel César Vieira e do Tenente Coronel Vidal.

Roberto Henriques não deixou de lembrar que esse êxito que se aproxima será de grande relevância para as famílias dos policiais ativos e inativos do Norte e Noroeste Fluminense. A localização geográfica da Policlínica evitará os desgastantes e os custosos deslocamentos dos beneficiados, para o atendimento de saúde na capital e na cidade de Niterói. O público alvo do atendimento da Policlínica é de cerca de dezoito mil pessoas.