quinta-feira, 8 de maio de 2014

Advogado de Garotinho explica êxito em MS que liberou programa de rádio e Palavra de Paz


O advogado Francisco de Assis Pessanha Filho esclareceu há pouco, por telefone, pontos da decisão da desembargadora Ana Teresa Basílio, que devolveu ao deputado Anthony Garotinho o direito de veicular o programa Palavra de Paz e continuar com as caravanas que levam o mesmo nome.

Segundo Francisco, ele impetrou Mandado de Segurança, no qual, em mais de 30 páginas, alegou que não existe censura prévia no Brasil. O advogado também ressaltou que em nenhum dos programas ou caravanas foi identificado tom político: “Os fiscais do TRE acompanharam vários deles e afirmaram que não se falava em eleição em nenhum deles. Portanto o MP (Eleitoral) não propôs nenhuma ação nesse sentido. Ela queria proibi-lo de aparecer apenas por ser pré-candidato”.

Ainda de acordo com o advogado, ele tomou ciência da decisão às 15h30 e, desde então, Garotinho está liberado para continuar as atividades proibidas ontem.

Fonte: "Na curva do Rio"

Tomou ciência 15h30 e hoje já esta liberado

4 comentários:

Moêma Valle disse...

Quando digo que existe uma redoma de proteção ao redor deste casal, não é à toa.

Moêma Valle disse...

Quando digo que existe uma redoma em torno deste casal, não é à toa.

Anônimo disse...

Infelizmente boa parte dos eleitores do casal garotinho, é sem instrução, ou tem muito pouca. Algumas exceções seriam minorias de pessoas instruídas, , maioria íntimos do casal da Lapa, sendo que esses sim, estariam ganhando muito bem.

Davi disse...

Rendemo-nos ao nosso general, necessitamos aplaudi-lo de pé, afinal ele consegue coisa que até o diabo duvida. A conta tá ficando alta!