domingo, 5 de abril de 2015

Rosinha ignora comerciantes de Campos e prestigia os do RG do Sul

3 comentários:

Fernando Andrade Elias disse...

Realmente é lamentável a forma que o poder executivo está tratado a nossa cidade.
Temos oportunidades para desenvolver a nossa agricultura e não aproveitamos.
O projeto feira da roça, poderia ser uma alternativa para que a merenda escolar fosse tratada de forma local.
Até quando teremos que admitir essa evasão de divisas.
Precisamos mudar a nossa rota não podemos suportar esses desmandos passivamente.
Campos dos Goytacazes não suporta mais essa falta de compromisso.

Anônimo disse...

Prezado Cláudio,
peço que o seu Blog comente sobre a retirada do vale-transporte dos servidores de outros municípios. Estamos esquecidos e tendo que pagar (no caso dos diaristas) cerca de 500 reais por mês de transporte, dependendo da cidade, em certos casos até mais. Peço que enfatize que, no nosso caso, a prefeitura "retirou" o vale-transporte integralmente. Não foi feito nenhum depósito, e mesmo se fosse feito, ficaria longe do valor necessário para arcar com as passagens.
É bom lembrar que quando fizemos o concurso, o vale-transporte era um direito previsto em edital, pelo fato do mesmo contemplar e destacar a antiga Lei (que abrangia Campos e municípios limítrofes), recentemente alterada, em mais uma manobra deste governo de retirar direitos dos servidores concursados.
Mantenho o meu anonimato por razões de perseguição junto a Prefeitura, mas as informações acima podem ser facilmente confirmadas.
Agradeço a atenção, o espaço e o apoio.

Anônimo disse...

lamentável não é a forma que o poder executivo está tratando a nossa cidade.Lamentável é ver como o campista aceita tudo,reclamam nos blogs,fazem denúncias nos blogs,mas não tomam atitudes.É só blá,blá.