sexta-feira, 11 de abril de 2014

Polícia Federal cumpre vários mandados de busca e apreensão na Petrobras




A Polícia Federal cumpre nesta sexta-feira (11) mandados de busca e apreensão na sede da Petrobras, no Rio de Janeiro. Os mandados fazem parte da operação Lava Jato, deflagrada em março, cujo alvo é um esquema de lavagem de dinheiro e evasão de divisas que, segundo a polícia, movimentou cerca de R$ 10 bilhões.

Ao todo, nesta sexta, a PF executou 23 mandados de prisão e busca de documentos em cidades dos estados do Rio de Janeiro e de São Paulo. Foram cumpridos dois mandados de prisão temporária, seis de condução coercitiva (quando o suspeito é levado a depor), e 15 de busca e apreensão de documentos na cidade de São Paulo e Campinas. No estado do Rio, os mandados foram cumpridos na capital, em Macaé e em Niterói (RJ).

O G1 entrou em contato com a Petrobras, mas até a última atualizaçaõ desta reportagem não havia obtido retorno sobre a ação da PF na empresa.

Foram executados mandados também na empresa Ecogloboal Ambiental, em Macaé, que tem contrato com a Petrobras.

A Operação Lava Jato foi deflagrada em 17 de março. Na ocasião, a PF executou mandados em Curitiba e outras 16 cidades do Paraná, além de cidades de outros seis estados.

3 comentários:

Joao Oliveira disse...

O Estranho é que a Petrobras que tanto dificulta a entrega de documentos , nesse caso tenha facilitado, e o governo através do Ministro da Justiça, vem até prestar esclarecimentos ? Será que esses documentos não farão falta na CPI ?????

Joao Oliveira disse...

Será que esses documentos não farão falta a CPI.

Joao Oliveira disse...

Será que esses documentos não farão falta a CPI ?