domingo, 12 de abril de 2015

Cláudio Andrade alerta os aprovados em concurso público em Campos

7 comentários:

fabricio disse...

Eles vão alegar qualquer coisa... só acho injusto, nos que passamos num concurso dentro do número de vagas nao ter nossos direitos garantidos por lei... infelizmente justiça n foi feita pra gente pobre... vemos nossos sonhos desmoronar diante de tudo isso... fato q n sabemos a quem recorrer... desde 2008 espero minha convocação, e até o presente momento estou a ver navios, assim como eu centenas de outros, que vemos que n há solução, nem um fim pra isso tudo. Acho q temos somente q esperar em Deus, pq se esperarmos pela justiça dos homens nada será feito. Tenho a certeza disso agora... pq eles tem argumento pra tudo... e agora o q fazer diante de tudo isso.

Anônimo disse...

Boa Tarde!
Dr. Claudio, diante de tudo isso que o Sr. nos passou o que podemos fazer, uma manifestação no MP? Na porta do Sr. Fábio Ribeiro convocando os aprovados dentro do número de vagas e chamando a impressa?
Queremos nosso direito de tomarmos posse, pois passamos dentro do numero de vagas!
Rosi

Anônimo disse...

Boa Tarde!
Dr. Claudio, diante de tudo isso que o Sr. nos passou o que podemos fazer, uma manifestação no MP? Na porta do Sr. Fábio Ribeiro convocando os aprovados dentro do número de vagas e chamando a impressa?
Queremos nosso direito de tomarmos posse, pois passamos dentro do numero de vagas!
Rosi

Anônimo disse...

Boa noite!
Dr. Cláudio Andrade
Ontem o Juiz negou o pedido de recurso da prefeitura.
Peço por favor analisar o processo!
Obrigada.
Rosi

Carlos Marcondes disse...

Eu carlos Marcondes, estou lutando pela posse , convocado não imponsado .

Anônimo disse...

Em 2014 houve concurso para professor de Ensino Religioso e no próximo mês (maio de 2015) vai completar um ano e nada de nos convocar.
Aliás, nem tocam no assunto!!! Tocam trombetas ao anunciar que chamaram mais auxiliares de turma que o número de candidatos explicitados no Edital, mas omitem o fato de não convocarem os professores de ER!!!
Por favor, sr Cláudio Andrade, nos oriente acerca de que posicionamento devemos tomar, haja visto que o Ministério Público está indeferindo os processos de requerimento das vagas!!!A PMCG só beneficia os cargos de confiança.
Afinal, concursados para quê??? Eles não dão votos de cabrestos!!!

Anônimo disse...

E a PMCG não tem condições de convocar os concursados???
Em 2014 houve concurso para professor de Ensino Religioso e no próximo mês (maio de 2015) vai completar um ano e nada de convocar quem por direito deveria estar empregado: os aprovados no concurso.
aliás, nem tocam no assunto!!! Que conveniência, que cinismo!!!
Tocam trombeta ao anunciar que chamaram mais auxiliares de turma que o número de candidatos explicitados no Edital, mas omitem o fato de não convocarem os professores de ER!!!
E o Plano de Saúde dos servidores públicos municipais???
Só beneficiam os cargos de confiança. Afinal, concursados para quê??? Eles não dão votos de cabrestos!!!