segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Fábio Ribeiro, para onde foi a dotação orçamentária dos concursados?


Recebi o vídeo da reunião entre o secretário de administração de Campos Fábio Ribeiro e alguns concursados da área de saúde do município aprovados em concurso público que ainda não foram chamados.

No áudio do vídeo, em poder deste blog, é possível constatar que o secretário de administração noticia que os concursados não foram chamados, pois há uma crise e que em 2015, devido ao comportamento da receita nada acontecerá, ou seja, não haverá chances.

Segundo Fábio, os danos sofridos pelos profissionais, como despesas, abertura de contas e perda de outras laborações é questão judicial.

Fábio só esqueceu-se de explicar onde se encontra a verba oriunda da dotação orçamentária, que serve para salvaguardar o pagamento dos empossados. Se não pode chamar, para onde foi o dinheiro?

10 comentários:

tatiana disse...

Enfim, parece que a prefeita, brinca de governar.

Não respeitam ninguém, fazem o que querem. E, pior, não dá em nada.

DENISE disse...

Falta de respeito com os concursados, isso é ridículo. Esse governo não respeita ninguém.

Anônimo disse...

Gostaria mesmo é de saber o que irão fazer com as rescisões da terceirizada Claer, cujo aviso prévio terminou em 09/02/2015 e até agora NADA!!! Nem verba rescisória nem muito menos outros direitos trabalhistas!!! QUE PAPELÃO EM ROSINHA E CIA.

Anônimo disse...

Para fazer o concurso se pagou ai não chama ninguém dr Claudio uma orientação jurídica . Não esta sendo quebrado por parte da Pmcg o que o edital do concurso preconizava.Temos então direito a ter a restituição do dinheiro da inscrição? Através de ação.?

Anônimo disse...

Quando vamos ter o Roserao do governo Rosinha?

Anônimo disse...

Em 2014 houve concurso para professor de Ensino Religioso para a Prefeitura Municipal de Campos dos Goytacazes (PMCG) e nada se fala a respeito.
A LDB 9394/96 determina que esta disciplina é obrigatória nas escolas (embora facultativa para os alunos). No entanto, desde 2014, excluiram o Ensino Religioso das escolas municipais de Campos (PMCG) por falta de professor.
Cadê o Ministério Público que não vê isso???

Carlos Marcondes disse...

Marcondes :defende convocação de concursados , no jornal folha no ar plena TV, e jornal folha da manhã; estou a sua disposição Cláudio Andrade.

Carlos Marcondes disse...

Ola parabéns pela cobertura , no que se refere os concursados tec: de farmácia?

Anônimo disse...

Acho isso um absurdo!!Estive presente na reunião no qual o Fábio Ribeiro disse que não haverá posse e que não é desumano fazer isso com o cidadão. Acredito que para haver uma convocação há todo um planejamento antes no qual é visto a necessidade daquele profissional e de uma hora pra outra ele dizer que o quadro de funcionários existentes na prefeitura está em ordem e que não irá mais dar posse devido a crise financeira,isso não nos convence pq se realmente existe está crise a pmcg cortaria vários gastos desnecessários começando pelos shows do verão que aconteceu no Farol. A população precisa de saúde e educação. A saúde está uma bagunça, falta tudo!! Médicos, medicamentos e profissionais.Pude presenciar por diversas vezes farmácias fechadas por falta de profissionais,enquanto os técnicos de farmácia que estudaram,convocados e não podem tomar posse de direito e há contratados em seus lugares.Gostaria que ele nos explicasse se está faltando dinheiro pq convocaram e deram posse aos auxiliares de turma e auxiliares bucal, e os técnicos de farmácias a mais de nove meses esperando.Tenho vergonha de ser uma cidadã campista,infelizmente é uma mafia que se encontra no poder!!!!!!

Carlos Marcondes disse...

SOU CARLOS É COM MUITA MUITA REVOLTA QUE EM FORMO POR MEIO DE COMENTAR NESSE BLOG , NO DIA 26/02/15 FIZ DENUNCIA AO MINISTÉRIO PUBLICO ÓRGÃO COMPETENTE DE TUDO QUE ESTAR ACONTECENDO COM NOS CONCURSADOS; HOJE TENHO COMO RESPOSTA , DO MINISTÉRIO PUBLICO QUE MINHA E DOS DEMAIS COLEGAS FOI INDEFERIDA,ARQUIVADA.