domingo, 29 de maio de 2016

MP investiga obra da Cidade das Crianças, em Campos


Dois meses após a Prefeitura de Campos dos Goytacazes inaugurar a Cidade da Criança Zilda Arns — que custou R$ 17 milhões aos cofres municipais —, o mundo da fantasia deu lugar à dura realidade.

O Ministério Público estadual abriu uma investigação para apurar as circunstâncias da construção do parque temático, a cobrança de entrada e o gasto excessivo em “época de prenúncio de queda de arrecadação”.

Aditivado

A chamada “Disney goitacá” (!) foi anunciada em 2012, às vésperas das eleições, e orçada inicialmente em R$ 10,5 milhões.

Em seguida, recebeu um aditivo de R$ 6,2 milhões.

A obra levou três anos para ficar pronta, enquanto a cidade via a arrecadação despencar ao lado dos royalties do petróleo.

Ingressos

Mesmo com a gastança, ainda é preciso pagar para entrar no espaço, que tem oito mil metros quadrados, um castelo e um minizoo com animais artificiais.

O ingresso custa R$ 5. Crianças até 12 anos e idosos não pagam.

Fonte: Coluna da Berenice Seara (O Dia)

3 comentários:

Adilson Pessanha disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

MP investiga? Os concursados estão aí só aguardando posse e os contratados e RPAs no lugar deles. Kd o MP?

Anônimo disse...


Adilson do Flamboyant. Fui ao Rio e tive a curiosidade de conhecer o Parque de Madureira, que atualmente tem 1,5 KM de extensão (103.000 m2 ) está em fase de expansão e chegará a 4,5 KM de extensão (309.000 m2) com um custo total de 278 milhões e entrada gratuita. Alguém ousa comparar?