quinta-feira, 16 de junho de 2016

Jardinagem de R$11.450.000,00 milhões 'comendo solta' na gestão de Rosinha


H O M O L O G A Ç Ã O – PREGÃO 017/2016

Aprovo os atos praticados no procedimento licitatório na modalidade Pregão Presencial nº 017/2016 processo nº 2016.105.000031-0-PR, cujo objeto é a contratação de empresa para serviços de implantação e manutenção civil e paisagística, de forma contínua, com fornecimento de materiais, mão-de-obra e equipamentos em todas as áreas urbanas do município de Campos dos Goytacazes, tais como canteiros, parques, praças, jardins e afins, em consequência, HOMOLOGO a presente licitação com adjudicação do seu objeto à licitante EMEC OBRAS E SERVIÇOS LTDA, inscrita no CNPJ (MF) sob nº 36.020.014/0001-14, vencedora do pregão epigrafado com o valor global de R$ 11.450.000,00 (onze milhões quatrocentos e cinquenta mil reais).

PUBLIQUE-SE.
Em 14 de junho de 2016.
Jorge William Pereira Cabral
Secretário Municipal de Infraestrutura e Mobilidade Urbana=
Matrícula nº 12.687
Id: 1963938

2 comentários:

maria semsal disse...

A COORDENAÇÃO do bilingue informou aos pais, através de comunicado que pode ser acessado na página principal do site da escola sob o título CIRCULAR 02 - INFORMATIVO AOS PAIS (LINK http://colegiojoaopauloii.edt.com.br/wp-content/uploads/sites/162/2016/05/Informativo_022016.pdf ) que não mais entregariam as provas feitas pelos alunos.

Questionada, a coordenadora do projeto bilingue PATRÍCIA CRISTINA LINDOLPHO CAMPOS, disse que assim agia e que os pais que quiserem podem consultar as provas NAS DEPENDENCIAS DA ESCOLA, para verificar como se saíram os alunos.

Com isso, a coordenadora supra citada e a escola ferem o Estatuto da Criança e do Adolescente, ECA, dentre outros, no seu artigo 53, III. Além disso, age de modo inconstitucional, sonegando a educação aos seus clientes da forma plena como deve ser uma vez que a AVALIAÇÃO É ATIVIDADE INERENTE AO PROCESSO ENSINO APRENDIZAGEM.

Os pais dos alunos pedem socorro ao MINISTÉRIO PÚBLICO, já que se trata de interesse coletivo, de menores, com ataque ao ECA.

Obrigar os pais a irem todos os meses até a escola olhar sob a vigilancia da coordenadora as provas que seus filhos fizeram é desarrazoado e atinge a dignidade, o decoro, a legalidade.

Muitos pais já procuraram a escola a fim de pedir as provas e foram sempre rechaçados.

Estamos anônimos porque tememos que nossos filhos sejam vítimas de perseguição pela professora e/ou coordenação.

Pedimos ajuda, pedimos socorro.

ESSA MESMA DENUNCA FIZEMOS AO MP-RJ E AO CONSELHO TUTELAR, NA ESPERANÇA DE SUCESSO.

Gleison Pardim disse...

Olá, parabéns pelo Blog!
Sou da empresa Portal das Gramas, conte conosco para informações sobre:
Grama
Como plantar Grama
Gramas para Jardim
Grama para campo de Futebol
Gramas para Paisagismo
Tipos de Grama
Grama Esmeralda Preço
Grama São Carlos Preço
Grama Batatais Preço
Grama Bermudas Preço
Grama Santo Agostinho Preço
Grama Coreana Preço
Grama Preço
Grama em Campinas
Grama em Minas Gerais
Grama em São Paulo
Grama no Rio de Janeiro
Um grande abraço!
Cordialmente, Gleison Pardim.